Aleteia
Festividade do dia

Sábado 1 Agosto
Bem-aventurado Gerhard Hirschfelder

Presbítero e mártir (†1972)

Santo Afonso Maria de Ligório
Creative Commons
Compartilhar

Padre Gerhard nasceu no dia 17 de fevereiro de 1907 em Glatz na Silésia, uma região da Alemanha. Foi ordenado padre em 1932 e desempenhou a função de capelão em Grenzeck até o ano de 1939. Em seguida foi transferido para Habelschwerdt para assumir o cargo de responsável pela pastoral de jovens da Diocese. Ao perceber os efeitos nocivos da ideologia nazista, Padre Gerhard tentou sempre dissuadir os jovens desse movimento político. Em muitos casos conseguiu manter os jovens afastados por meio de sua direção espiritual e de conselhos. Frequentemente denunciava em suas pregações a violência e os excessos cometidos pelos membros do partido nazista. Logo a polícia secreta, a Gestapo, começou a ficar de olho em padre Gerhard. De fato, em 1941 ele foi preso. Por quatro meses ficou numa prisão em Glatz; depois disso foi levado para o temível campo de concentração de Dachau. Em menos de um ano de prisão, Padre Gerhard faleceu vítima da fome e de uma pneumonia no dia 1 de agosto de 1942, com apenas 35 anos de idade. É importante dizer que ele fez parte do primeiro grupo de padres de Schönstatt no campo de Dachau. Foi beatificado pelo Papa Bento XVI.

Descubra outros santos clicando aqui

Ao Senhor pertence a terra e tudo o que contém: vinde todos, adoremos!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.

Hino
No céu refulge a aurora
e nasce um novo dia.
As trevas se dissipem:
a luz nos alumia.

Bem longe os fantasmas,
os sonhos e ilusões!
Do mal que vem das trevas
quebremos os grilhões.

Na aurora derradeira
possamos, preparados,
cantar de Deus a glória,
na sua luz banhados.

Louvor e glória ao Pai,
ao Filho seu também,
e ao Divino Espírito
agora e sempre. Amém.

Salmo 118(119),145-152 XIX (Coph)

Este é o meu mandamento: Amai-vos uns aos outros, assim como eu vos amei (Jo 15,12).

Clamo de todo o coração: Senhor, ouvi-me!
Quero cumprir vossa vontade fielmente!
Clamo a vós: Senhor, salvai-me, eu vos suplico,
e então eu guardarei vossa Aliança!

Chego antes que a aurora e vos imploro,
e espero confiante em vossa lei.
Os meus olhos antecipam as vigílias,
para de noite meditar vossa palavra.

Por vosso amor ouvi atento a minha voz
e dai-me a vida, como é vossa decisão!
Meus opressores se aproximam com maldade;
como estão longe, ó Senhor, de vossa lei!

Vós estais perto, ó Senhor, perto de mim;
todos os vossos mandamentos são verdade!
Desde criança aprendi vossa Aliança
que firmastes para sempre, eternamente.

Glória ao Pai...

Leitura breve 2Pd 1,10-11
Irmãos, cuidai cada vez mais de confirmar a vossa vocação e eleição. Procedendo assim, jamais tropeçareis. Desta maneira vos será largamente proporcionado o acesso ao reino eterno de nosso Senhor e Salvador, Jesus Cristo.

A vós grito, ó Senhor, a vós clamo e vos digo: Sois vós meu abrigo!
Minha herança na terra dos vivos.

BENEDICTUS
Não sois vós que falareis,
é o Espírito do Pai que em vós há de falar.

Bendito seja o Senhor Deus de Israel,
porque a seu povo visitou e libertou;

e fez surgir um poderoso Salvador
na casa de Davi, seu servidor,

como falara pela boca de seus santos,
os profetas desde os tempos mais antigos,

para salvar-nos do poder dos inimigos
e da mão de todos quantos nos odeiam.

Assim mostrou misericórdia a nossos pais,
recordando a sua santa Aliança

e o juramento a Abraão, o nosso pai,
de conceder-nos que, libertos do inimigo,

a ele nós sirvamos sem temor
em santidade e em justiça diante dele,
enquanto perdurarem nossos dias.

Serás profeta do Altíssimo, ó menino,
pois irás andando à frente do Senhor
para aplainar e preparar os seus caminhos,

anunciando ao seu povo a salvação,
que está na remissão de seus pecados;

pela bondade e compaixão de nosso Deus,
que sobre nós fará brilhar o Sol nascente,

para iluminar a quantos jazem entre as trevas
e na sombra da morte estão sentados

e para dirigir os nossos passos,
guiando-os no caminho da paz.

Glória ao Pai...

Preces
Bendigamos a Cristo que se fez em tudo semelhante a seus irmãos para ser um sumo-sacerdote fiel e misericordioso junto de Deus, em nosso favor. Peçamos-lhe, dizendo:

R. Dai-nos, Senhor, as riquezas da vossa graça!

Sol de justiça, que no batismo nos destes a luz da vida,
– nós vos consagramos este novo dia. R.

Nós vos bendiremos em cada momento deste dia,
– e glorificaremos vosso nome em todas as nossas ações. R.

Vós, que tivestes por mãe a Virgem Maria, sempre dócil à vossa palavra,
– dirigi hoje os nossos passos segundo a vossa vontade. R.

Concedei-nos que, enquanto peregrinamos em meio às coisas deste mundo passageiro, aspiremos à imortalidade celeste,
– e que, pela fé, esperança e caridade, saboreemos desde já as alegrias do vosso reino. R.

(Intenções livres)

Pai nosso ...

Oração
Ó Deus, que suscitais continuamente em vossa Igreja novos exemplos de virtude, dai-nos seguir de tal modo os passos do bispo Santo Afonso no zelo pela salvação de todos, que alcancemos com ele a recompensa celeste. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Precursor com sua vida e morte
João foi o Precursor de Cristo por seu nascimento, por sua pregação, por seu batismo e por sua morte. Existe uma única virtude, um gênero de santidade, que o Precursor não tenha tido em seu mais alto grau? Entre os santos eremitas, alguns renunciam ao mundo e fogem dos homens para viver santamente, mas João ainda é uma criança quando entra no deserto e escolhe viver em solidão. Ele renuncia ao direito de sucessão ao sacerdócio de seu pai para poder anunciar, com total liberdade, o verdadeiro e soberano sacerdote. Os profetas anunciaram a vinda do Salvador, os apóstolos testemunharam sua vinda, mas João o mostra já presente entre os homens.
Muitos guardaram a virgindade, mas João renuncia a toda companhia humana a fim de extrair os apetites da carne até suas próprias raízes e, cheio de fervor espiritual, habita entre os animais selvagens. Juan, no centro do coro escarlate dos mártires, o preside como mestre de todos: ele combateu bravamente e morreu pela verdade. Ele se tornou o chefe de todos aqueles que combatem pelo Cristo e foi o primeiro de todos a plantar no céu a bandeira triunfante de mártir.
São Pedro Damião
Sermões 24-25: PL 144,857.
Eremita e mais tarde bispo; é Doutor da Igreja (1007-1072).

Vinde, adoremos o Deus da vida!!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém.

Hino
Ó Deus, fonte de todas as coisas,
vós enchestes o mundo de dons
e, depois de criar o universo,
concluístes que tudo era bom.

Terminando tão grande trabalho,
decidistes entrar em repouso,
ensinando aos que cansam na luta,
que o descanso é também dom precioso.

Concedei aos mortais que suplicam,
os seus erros lavarem no pranto
e andarem nos vossos caminhos,
descobrindo da vida o encanto.

Deste modo, ao chegar para a terra
a aflição do temível Juiz,
possam todos, repletos de paz,
se alegrar pela vida feliz.

Esse dom concedei-nos, Deus Pai,
pelo Filho Jesus, Sumo Bem,
no Espírito Santo Paráclito,
que reinais para sempre. Amém.

Salmo 15(16)

Deus ressuscitou a Jesus, libertando-o das angústias da morte (At 2,24).

Guardai-me, ó Deus, porque em vós me refugio!
Digo ao Senhor: 'Somente vós sois meu Senhor:
nenhum bem eu posso achar fora de vós!'

Deus me inspirou uma admirável afeição
pelos santos que habitam sua terra.

Multiplicam, no entanto, suas dores
os que correm para os deuses estrangeiros;
seus sacrifícios sanguinários não partilho,
nem seus nomes passarão pelos meus lábios.

Ó Senhor, sois minha herança e minha taça,
meu destino está seguro em vossas mãos!
Foi demarcada para mim a melhor terra,
e eu exulto de alegria em minha herança!

Eu bendigo o Senhor, que me aconselha,
e até de noite me adverte o coração.
Tenho sempre o Senhor ante meus olhos,
pois se o tenho a meu lado não vacilo.

Eis por que meu coração está em festa,
minha alma rejubila de alegria,
e até meu corpo no repouso está tranquilo;

pois não haveis de me deixar entregue à morte,
nem vosso amigo conhecer a corrupção.

Vós me ensinais vosso caminho para a vida;
junto a vós, felicidade sem limites,
delícia eterna e alegria ao vosso lado!

Glória ao Pai...

Leitura Cl 1,2b-6a
A vós, graça e paz da parte de Deus nosso Pai. Damos graças a Deus, Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, sempre rezando por vós, pois ouvimos acerca da vossa fé em Cristo Jesus e do amor que mostrais para com todos os santos, animados pela esperança na posse do céu. Disso já ouvistes falar no Evangelho, cuja palavra de verdade chegou até vós. E como no mundo inteiro, assim também entre vós ela está produzindo frutos e se desenvolve.

Do nascer do sol até o seu ocaso, louvado seja o nome do Senhor!
Sua glória vai além dos altos céus.

MAGNIFICAT
Uma grande multidão estava com Jesus, e não tinha o que comer.
Ele disse aos seus discípulos: Tenho pena deste povo!

A minha alma engrandece ao Senhor
e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador;
pois ele viu a pequenez de sua serva,
desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita.

O Poderoso fez por mim maravilhas
e Santo é o seu nome!
Seu amor, de geração em geração,
chega a todos que o respeitam;

demonstrou o poder de seu braço,
dispersou os orgulhosos;
derrubou os poderosos de seus tronos
e os humildes exaltou;

De bens saciou os famintos,
e despediu, sem nada, os ricos.
Acolheu Israel, seu servidor,
fiel ao seu amor,

como havia prometido aos nossos pais,
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre.

Glória ao Pai...

Preces

Demos graças a Deus que auxilia e protege o povo que escolheu como sua herança para que viva feliz. Recordando seu amor, aclamemos dizendo:

R. Senhor, nós confiamos em vós!

Deus de bondade, nós vos pedimos pelo nosso Papa N. e pelo nosso bispo N.;
– protegei-os com o vosso poder e santificai-os com a vossa graça. R.

Confortai os doentes e tornai-os participantes da paixão de Cristo por seus sofrimentos,
– para que sintam continuamente a sua consolação. R.

Olhai com amor para os que não têm onde morar,
– e fazei que encontrem uma digna habitação. R.

Dignai-vos multiplicar e conservar os frutos da terra,
– para que a ninguém falte o pão de cada dia. R.

(Intenções livres)

Envolvei com vossa misericórdia os que morreram,
– e dai-lhes um lugar no céu. R.

Pai nosso...

ANTÍFONA MARIANA
Sub tuum praesidium
Sub tuum praesidium confúgimus
sancta Dei Genetrix.
nostras deprecationes ne despicias in necessitatibus,
sed a periculis cunctis libera nos semper,
Virgo gloriosa et benedicta

(Tradução:)
À vossa proteção recorremos,
Santa Mãe de Deus;
não desprezeis as nossas súplicas em nossas necessidades;
mas livrai-nos sempre de todos os perigos,
ó, Virgem gloriosa e bendita.

SEJAM SANTOS!
Na escola da santidade.

Evangelho segundo São Mateus 14,1-12.
Naquele tempo, o tetrarca Herodes ouviu falar da fama de Jesus
e disse aos seus familiares: «Esse homem é João Batista, que ressuscitou dos mortos. Por isso é que nele se exercem tais poderes miraculosos».
De facto, Herodes tinha mandado prender João e algemá-lo no cárcere, por causa de Herodíades, a mulher de seu irmão Filipe.
Porque João dizia constantemente a Herodes: «Não te é permitido tê-la por mulher».
E, embora quisesse dar-lhe a morte, tinha receio da multidão, que o considerava como profeta.
Ocorreu entretanto o aniversário de Herodes e a filha de Herodíades dançou diante dos convidados. Agradou de tal maneira a Herodes,
que este lhe prometeu com juramento dar-lhe o que ela pedisse.
Instigada pela mãe, ela respondeu: «Dá-me agora mesmo num prato a cabeça de João Batista».
O rei ficou consternado, mas, por causa do juramento e dos convidados, ordenou que lha dessem
e mandou decapitar João no cárcere.
A cabeça foi trazida num prato e entregue à jovem, que a levou a sua mãe.
Os discípulos de João vieram buscar o seu cadáver e deram-lhe sepultura. Depois foram dar a notícia a Jesus.

Boletim
Receba Aleteia todo dia