Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia
Festividade do dia

sabado 12 janeiro
Bem-aventurado Pedro Francisco Jamet

Fundador (†1845)

FINISTERRE
Mathia Coco - Shutterstock
Compartilhar
Santo do dia

Nascido em 12 de setembro de 1762 em Fresnes (atualmente pertencente à diocese de Séez, França), era filho de uma família de agricultores que possuíam relativamente muitos bens. Realizou seus estudos no colégio de Vire e, aos 20 anos de idade sentiu-se chamado à vida sacerdotal. Dirigiu-se, portanto, para a renomada Universidade de Caen e aí frequentou os cursos de Filosofia e Teologia, necessários para a ordenação presbiteral. Em 1784 entrou no seminário e três anos depois foi ordenado sacerdote. Deveria ter continuado a aprofundar seus estudos, mas a eclosão da Revolução Francesa impediu-lhe de prosseguir nos estudos. Nesse triste período, Padre Pedro Francisco foi nomeado capelão e confessor da comunidade das Filhas do Bom Salvador. Com o recrudescimento da Revolução e a perseguição aos religiosos, Padre Pedro Francisco corajosamente rejeitou fazer o juramento imposto pelos revolucionários de abjurar da própria fé: foi preso e constantemente ameaçado de morte, mas quase que por milagre foi libertado. Seguiu-se à prisão um período heroico: celebrava a missa secretamente e buscava com todas suas forças dar assistência aos fiéis perseguidos, aos doentes, àqueles que vacilavam na fé e, principalmente, às Filhas do Bom Salvador, que se encontravam dispersas. Uma vez terminado o período de perseguição aberta por parte da Revolução francesa, Padre Pedro Francisco se dedicou à restauração e ao incremento da Congregação do Bom Salvador. Também nesse período se dedica à assistência dos surdos-mudos, chegando ele mesmo a aprender a linguagem dos sinais e a criar novas metodologias educativas. Durante o período de 1822 a 1830 desempenhou o papel de reitor da Universidade de Caen, cultivando entre o corpo docente e os alunos um verdadeiro espírito cristão. Após 83 anos de uma vida vivida intensamente, Padre Pedro Francisco Jamet morreu no dia 12 de janeiro de 1845. Infelizmente, por razões políticas, seu processo de canonização só pôde ser iniciado em 1930. O Papa São João Paulo II o beatificou no dia 10 de maio de 1987.

Descubra outros santos clicando aqui

Oração para esta manhã

A Jesus que se revela, vinde todos, adoremos.
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre. Amém
Hino
Elevai o olhar aos céus
vós que a Cristo procurais.
E da sua eterna glória
podereis ver os sinais.

Essa estrela vence o sol
em fulgor e em beleza,
e nos diz ter vindo à terra
Deus, em nossa natureza.

Da região do mundo persa,
onde o sol tem seu portal,
sábios Magos reconhecem
do Rei novo o sinal.

Quem será tão grande Rei,
a quem astros obedecem,
a quem servem luz e céus
e suas forças estremecem?

Percebemos algo novo,
imortal, superior,
que domina céus e caos
e lhes é anterior.

Rei do povo de Israel,
este é o Rei das gentes,
prometido a Abraão
e à sua raça eternamente.

Ó Jesus, louvor a vós
que às nações vos revelais.
Glória ao Pai e ao Espírito
pelos tempos eternais.

Cântico Dt 32,1-12

Quantas vezes quis reunir teus filhos, como a galinha reúne os pintinhos debaixo de suas asas! ( Mt23,27).

Ó céus, vinde, escutai; eu vou falar,
ouça a terra as palavras de meus lábios!
Minha doutrina se derrame como chuva,
minha palavra se espalhe como orvalho,
como torrentes que transbordam sobre a relva
e aguaceiros a cair por sobre as plantas.

O nome do Senhor vou invocar;
vinde todos e dai glória ao nosso Deus!
Ele é a Rocha: suas obras são perfeitas,
seus caminhos todos eles são justiça;
é ele o Deus fiel, sem falsidade,
o Deus justo, sempre reto em seu agir.

Os filhos seus degenerados o ofenderam,
esta raça corrompida e depravada!
É assim que agradeceis ao Senhor Deus,
povo louco, povo estulto e insensato?
Não é ele o teu Pai que te gerou,
o Criador que te formou e te sustenta?

Recorda-te dos dias do passado
e relembra as antigas gerações;
pergunta, e teu pai te contará,
interroga, e teus avós te ensinarão.

Quando o Altíssimo os povos dividiu
e pela terra espalhou os filhos de Adão,
as fronteiras das nações ele marcou
de acordo com o número de seus filhos;
mas a parte do Senhor foi o seu povo,
e Jacó foi a porção de sua herança.

Foi num deserto que o Senhor achou seu povo,
num lugar de solidão desoladora;
cercou-o de cuidados e carinhos
e o guardou como a pupila de seus olhos.

Como a águia, esvoaçando sobre o ninho,
incita os seus filhotes a voar,
ele estendeu as suas asas e o tomou,
e levou-o carregado sobre elas.
O Senhor, somente ele, foi seu guia,
e jamais um outro deus com ele estava.

Glória ao Pai...

Leitura breve Sb 7,26-27
A Sabedoria é um reflexo da luz eterna, espelho sem mancha da atividade de Deus e imagem da sua bondade. Sendo única, tudo pode: permanecendo imutável, renova tudo; e comunicando-se às almas santas de geração em geração, forma os amigos de Deus e os profetas.

Os reis de toda a terra. Hão de adorá-lo.
E todas as nações hão de servi-lo.

BENEDICTUS
Jesus deu início a seus milagres,
e mostrou a sua glória em Caná da Galiléia.

Bendito seja o Senhor Deus de Israel,
porque a seu povo visitou e libertou;

e fez surgir um poderoso Salvador
na casa de Davi, seu servidor,

como falara pela boca de seus santos,
os profetas desde os tempos mais antigos,

para salvar-nos do poder dos inimigos
e da mão de todos quantos nos odeiam.

Assim mostrou misericórdia a nossos pais,
recordando a sua santa Aliança

e o juramento a Abraão, o nosso pai,
de conceder-nos que, libertos do inimigo,

a ele nós sirvamos sem temor
em santidade e em justiça diante dele,
enquanto perdurarem nossos dias.

Serás profeta do Altíssimo, ó menino,
pois irás andando à frente do Senhor
para aplainar e preparar os seus caminhos,

anunciando ao seu povo a salvação,
que está na remissão de seus pecados;

pela bondade e compaixão de nosso Deus,
que sobre nós fará brilhar o Sol nascente,

para iluminar a quantos jazem entre as trevas
e na sombra da morte estão sentados

e para dirigir os nossos passos,
guiando-os no caminho da paz.

Glória ao Pai...

Preces
Glorifiquemos a Cristo, imagem de Deus invisível; e peçamos cheios de fé:

R. Cristo, Filho de Deus vivo, ouvi nossa oração!

Filho de Deus, que nos revelastes o amor do Pai,
– tornai-o conhecido a toda a humanidade por meio do nosso amor fraterno. R.

Vós, que aparecestes no meio de nós como Senhor da vida,

– dai-nos a plenitude de vossa vida. R.

Concedei que manifestemos em nós a vossa vida,
– trazendo em nosso corpo os sinais de vossa paixão. R.

Iluminai os nossos corações,
– para que se encham da vossa ciência e claridade. R.

(Intenções livres)

Pai nosso ...

Oração
Deus eterno e todo-poderoso, pelo vosso Filho nos fizestes nova criatura para vós. Dai-nos, pela graça, participar da divindade daquele que uniu a vós a nossa humanidade. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Meditação do dia

É necessário que ele cresça e eu diminua...

João afirmou aquilo que vós ouvistes, quando lhe disseram, para causar-lhe ciúme, que Jesus fazia muito mais discípulos. Seus amigos lhe dizem, como se ele fosse invejoso: “Jesus tem mais discípulos que tu”. Mas João tinha reconhecido o que era; e por isso, mereceu estar unido a Cristo, porque não se atreveu a atribuir para si o que era de Cristo. Ele não obtém a alegria de si próprio. Aquele que quiser encontrar a causa de sua alegria em si mesmo estará sempre triste; mas o que quiser encontrar a alegria em Deus, estará sempre alegre, pois Deus é eterno. Queres ter uma alegria eterna? Liga-te àquele que é eterno. Isto é o que fez João. A voz do esposo é o que alegra o amigo do esposo, e não sua própria voz; ele se mantém de pé e escuta. “Esta é minha alegria, e me sinto pleno. Tenho minha própria graça, não desejo nada mais por medo de perder o que recebi”. Qual é essa alegria? Enche-se de alegria ao ouvir a voz do esposo. Que os homens compreendam, pois, que não devem se regozijar de sua própria sabedoria, mas daquela que receberam de Deus. Que não procurem outra coisa, e assim não perderão o que encontraram. João reconheceu que havia recebido tudo; disse que estava alegre por causa da voz do esposo, e adicionou: “Minha alegria é plena”.

Santo Agostinho
Bispo de Hipona e doutor da Igreja (354-430).

Oração para esta tarde

A Jesus que se revela, vinde todos, adoremos
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém.

Hino
A nós vindes pela Virgem,
Unigênito do Pai.
Os que na água consagrastes
pela fé regenerai.

Vindo a nós dos altos céus,
forma humana adotastes.
Ao pagar co’a morte a conta,
vida e gáudio nos doastes.

Redentor, propício vinde
lá do alto e nos salvai.
Com a vossa luz divina
nossa mente iluminai.

Ó Senhor, ficai conosco,
apartai a noite escura,
nos lavai de toda culpa,
às doenças dai a cura.

Cristo luz, vida e verdade,
para vós todo o louvor.
Pai e Espírito revelam
vosso eterno resplendor.
Salmo 134(135),1-12

Ó Senhor, vosso nome é eterno;
para sempre é a vossa lembrança!
O Senhor faz justiça a seu povo
e é bondoso com aqueles que o servem.

São os deuses pagãos ouro e prata,
todos eles são obras humanas.
Têm boca e não podem falar,
têm olhos e não podem ver;

tendo ouvidos, não podem ouvir,
nem existe respiro em sua boca.
Como eles serão seus autores,
que os fabricam e neles confiam!

Israel, bendizei o Senhor;
sacerdotes, louvai o Senhor;
levitas, cantai ao Senhor;
fiéis, bendizei o Senhor!
Bendito o Senhor de Sião,
que habita em Jerusalém!

Glória ao Pai...

Leitura At 10,37-38
Vós sabeis o que aconteceu em toda a Judéia, a começar pela Galiléia, depois do batismo pregado por João: como Jesus de Nazaré foi ungido por Deus com o Espírito Santo e com poder. Ele andou por toda parte, fazendo o bem e curando a todos os que estavam dominados pelo demônio; porque Deus estava com ele.

Ó Senhor e nosso Deus. Ouvi o clamor de vosso povo!
E abri-lhe a fonte d’água viva.

MAGNIFICAT
O Salvador foi batizado e renovou o velho homem; pela água restaurou a
natureza corrompida; revestiu-nos de uma veste incorruptível e imortal.

A minha alma engrandece ao Senhor
e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador;
pois ele viu a pequenez de sua serva,
desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita.

O Poderoso fez por mim maravilhas
e Santo é o seu nome!
Seu amor, de geração em geração,
chega a todos que o respeitam;

demonstrou o poder de seu braço,
dispersou os orgulhosos;
derrubou os poderosos de seus tronos
e os humildes exaltou;

De bens saciou os famintos,
e despediu, sem nada, os ricos.
Acolheu Israel, seu servidor,
fiel ao seu amor,

como havia prometido aos nossos pais,
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre.

Glória ao Pai...

Preces
Oremos a nosso Redentor, que quis ser batizado por João no rio Jordão; e digamos:

R. Senhor, enviai-nos vosso Espírito!

Cristo, servo de Deus, em quem o Pai põe todo o seu agrado,
– enviai sobre nós o vosso Espírito. R.

Cristo, Eleito de Deus, que não quebrais o caniço rachado nem apagais a mecha que ainda fumega,
– tende compaixão de todos os que vos procuram de coração sincero. R.

Cristo, Filho de Deus, a quem o Pai escolheu pela Nova Aliança para ser a luz das nações,
– abri, nas águas do batismo, os olhos dos que ainda não têm fé. R.

Cristo, Salvador da humanidade, a quem o Pai ungiu com o Espírito Santo para o ministério da salvação;
– fazei que todos vos conheçam e creiam em vós, para alcançarem a vida eterna. R.

(Intenções livres)

Cristo, nossa Esperança, que conduzis para a luz da salvação os povos que se acham nas trevas,
– recebei no vosso reino os nossos irmãos e irmãs falecidos. R.

Pai nosso...

ANTÍFONA MARIANA
Salve, Regina, mater misericordiae
Vita, dulcedo, et spes nostra, salve.
Ad te clamamus, exsules, filii evae.
Ad te suspiramus, gementes et flentes
in hac lacrimarum valle.

Eia ergo, Advocata nostra,
illos tuos misericordes oculos
ad nos converte.
Et Iesum, benedictum fructum ventris tui,
nobis post hoc exsilium ostende.
O clemens, O pia, O dulcis Virgo Maria.

Ora pro nobis sancta Dei Genetrix.
Ut digni efficiamur promissionibus Christi. Amen.
(Tradução)
Salve Rainha, Mãe de Misericórdia, vida e doçura esperança nossa salve! A vós bradamos degredados filhos de Eva.
A vós suspiramos gemendo e chorando neste vale de lágrimas.
Eia, pois advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei, e depois deste desterro, mostrai-nos Jesus, bendito fruto do vosso ventre, ó clemente, ó piedosa ó doce e sempre Virgem Maria.
Rogai por nós Santa Mãe de Deus, para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém

SEJAM SANTOS!
Na escola da santidade.

Evangelho do dia

Evangelho segundo São João 3,22-30.

Naquele tempo, Jesus foi com os seus discípulos para a região da Judeia e ali convivia com eles e batizava.
Também João estava a batizar em Enon, perto de Salim, porque havia ali águas abundantes e vinha gente para ser batizada.
João, de facto, ainda não tinha sido lançado na prisão.
Então levantou-se uma discussão entre os discípulos de João e um judeu, acerca dos ritos de purificação.
Foram ter com João e disseram-lhe: «Rabi, aquele que estava contigo na margem de além-Jordão, aquele de quem deste testemunho, está a batizar, e toda a gente vai ter com Ele».
João declarou: «Um homem não pode tomar nada como próprio, se isso não lhe for dado do Céu.
Vós mesmos sois testemunhas de que eu disse: "Eu não sou o Messias, mas apenas o enviado à sua frente".
O esposo é aquele a quem pertence a esposa; mas o amigo do esposo, que está ao seu lado e o escuta, sente muita alegria com a voz do esposo. Pois esta é a minha alegria! E tornou-se completa!
Ele é que deve crescer, e eu diminuir».