Aleteia
Festividade do dia

Sábado, 19 de agosto

São João Eudes

Presbítero, fundador (†1680)

Compartilhar

São João Eudes nasceu na França em 1601. Em 1625, após cumprir seu programa de estudos, é ordenado presbítero e enviado na Normandia. Ao chegar aí, é surpreendido por uma epidemia: torna-se enfermeiro e confortador dos moribundos, enquanto que seus amigos têm medo de se aproximar e se contagiar com a doença. Passado algum tempo, ele próprio cairá doente, mas se recuperará para se dedicar às missões populares, que em seu tempo se traduziam em visitas às aldeias com reuniões e pregações ao povo. As narrativas sobre sua vida confirmam seus dotes de grande pregador: por onde passava eram abundantes os frutos de conversão. Em 1643, preocupado com a má qualidade do clero na França, São João Eudes funda a Congregação de Jesus e Maria, formada por sacerdotes que professavam o voto de obediência, com a finalidade de abrir e dirigir seminários que dessem aos futuros sacerdotes uma adequada formação intelectual e espiritual. Fundará também a Ordem feminina de Nossa Senhora da Caridade, congregação voltada para mulheres cuja vida cristã corria perigo. Após uma intensa vida de apostolado, faleceu no ano de 1680 na cidade de Caen.

Descubra outros santos clicando aqui

Oração da manhã

Ao Senhor pertence a terra e tudo o que ela encerra:
Adoremos o Senhor!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém
Hino
No céu refulge a aurora
e nasce um novo dia.
As trevas se dissipem:
a luz nos alumia.

Bem longe os fantasmas,
os sonhos e ilusões!
Do mal que vem das trevas
quebremos os grilhões.

Na aurora derradeira
possamos, preparados,
cantar de Deus a glória,
na sua luz banhados.

Louvor e glória ao Pai,
ao Filho seu também,
e ao Divino Espírito
agora e sempre. Amém.
Cântico ......................... Sb 9,1-6.9-11

Eu vos darei palavras tão acertadas que nenhum dos inimigos vos poderá resistir (Lc 21,15).

Deus de meus pais, Senhor bondoso e compassivo,
vossa Palavra poderosa criou tudo,
vosso saber o ser humano modelou
para ser rei da criação que é vossa obra,
reger o mundo com justiça, paz e ordem,
e exercer com retidão seu julgamento:

Dai-me vossa sabedoria, ó Senhor,
sabedoria que partilha o vosso trono.
Não me excluais de vossos filhos como indigno:
sou vosso servo e minha mãe é vossa serva;

sou homem fraco e de existência muito breve,
incapaz de discernir o que é justo.
Até mesmo o mais perfeito dentre os homens
não é nada, se não tem vosso saber.

Mas junto a vós, Senhor, está a sabedoria.
que conhece as vossas obras desde sempre;
convosco estava ao criardes o universo,
ela sabe o que agrada a vossos olhos,
o que é reto e conforme às vossas ordens.

Enviai-a lá de cima, do alto céu,
mandai-a vir de vosso trono glorioso,
para que esteja junto a mim no meu trabalho
e me ensine o que agrada a vossos olhos!
Ela, que tudo compreende e tudo sabe,
há de guiar meus passos todos com prudência,
com seu poder há de guardar a minha vida.

Glória ao Pai...

Leitura breve Fl 2,14-15
Fazei tudo sem reclamar ou murmurar, para que sejais livres de repreensão e ambiguidade, filhos de Deus sem defeito, no meio desta geração depravada e pervertida, na qual brilhais como os astros no universo.

A vós grito, ó Senhor, a vós clamo e vos digo: Sois vós meu abrigo!
Minha herança na terra dos vivos.

BENEDICTUS
Iluminai, ó Senhor, os que jazem nas trevas
e na sombra da morte.

Bendito seja o Senhor Deus de Israel,
porque a seu povo visitou e libertou;

e fez surgir um poderoso Salvador
na casa de Davi, seu servidor,

como falara pela boca de seus santos,
os profetas desde os tempos mais antigos,

para salvar-nos do poder dos inimigos
e da mão de todos quantos nos odeiam.

Assim mostrou misericórdia a nossos pais,
recordando a sua santa Aliança

e o juramento a Abraão, o nosso pai,
de conceder-nos que, libertos do inimigo,

a ele nós sirvamos sem temor
em santidade e em justiça diante dele,
enquanto perdurarem nossos dias.

Serás profeta do Altíssimo, ó menino,
pois irás andando à frente do Senhor
para aplainar e preparar os seus caminhos,

anunciando ao seu povo a salvação,
que está na remissão de seus pecados;

pela bondade e compaixão de nosso Deus,
que sobre nós fará brilhar o Sol nascente,

para iluminar a quantos jazem entre as trevas
e na sombra da morte estão sentados

e para dirigir os nossos passos,
guiando-os no caminho da paz.

Glória ao Pai...

Preces
Invoquemos a Deus, que elevou a Virgem Maria, Mãe de Cristo, acima de todas as criaturas do céu e da terra; e digamos cheios de confiança:

R. Interceda por nós a Mãe do vosso Filho.

Pai de misericórdia, nós vos damos graças porque nos destes Maria como mãe e exemplo:
– por sua intercessão, santificai os nossos corações. R.

Vós, que fizestes de Maria a serva fiel e atenta à vossa Palavra,
– por sua intercessão, fazei de nós servos e discípulos de vosso Filho. R.

Vós, que fizestes de Maria a Mãe do vosso Filho por obra do Espírito Santo,
– por sua intercessão, concedei-nos os frutos do mesmo Espírito. R.

Vós, que destes força a Maria para permanecer junto da cruz, e a enchestes de alegria com a ressurreição de vosso Filho,
– por sua intercessão, confortai-nos nas tribulações e reavivai a nossa esperança. R.

Pai nosso ...

Oração
Senhor nosso Deus, fonte de salvação, fazei que o testemunho de nossa vida exalte sempre a vossa glória e mereçamos cantar nos céus vosso louvor eternamente. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Deixai as crianças virem a mim...

Eis aqui o que diz o amor cheio de confiança: entregar-se de modo absoluto, incondicional e inalterável nas mãos de Deus, nosso Pai, inclusive quando as coisas parecem condenadas ao fracasso. Não considerar nada e ninguém, fora Deus, como amparo e auxílio. Rejeitar a dúvida e o desânimo, abandonar todas nossas angústias e nossas preocupações no Senhor, e continuar nosso caminho com plena liberdade. Atrever-nos a não ter medo diante dos obstáculos, sabendo que nada é impossível para Deus. Contar em todo momento com Deus, nosso Pai do céu, num movimento espontâneo de abandono, como o da criança, convencidos de nosso nada e, ao mesmo tempo, seguros, com todo o ardor do coração, da bondade paternal de Deus

Santa Teresa de Calcutá
Fundadora das Irmãs Missionárias da Caridade (1910-1997).

Oração da tarde

Adoremos o Cristo e Louvemos Maria Mãe nossa!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém.

Hino
Nova estrela do céu, gáudio da terra,
ó Mãe do Sol, geraste o Criador:
estende a tua mão ao que ainda era,
levanta o pecador.

Deus fez de ti escada luminosa:
por ela o abismo galga o próprio céu;
dá subirmos contigo, ó gloriosa,
envolva-nos teu véu!

Os anjos apregoam-te Rainha,
e apóstolos, profetas, todos nós:
no mais alto da Igreja estás sozinha,
da Divindade após.

Louvor rendamos à Trindade eterna,
que a ti como Rainha hoje coroa.
Toma o teu cetro, pois, reina e governa,
Mãe que acolhe e perdoa!
Salmo ............................... 112(113)

Cristo Jesus subiu aos céus e preparou, no Reino eterno,
um lugar para sua Mãe, a santa Virgem, aleluia.

Louvai, louvai, ó servos do Senhor,
louvai, louvai o nome do Senhor!
Bendito seja o nome do Senhor,
agora e por toda a eternidade!
Do nascer do sol até o seu ocaso,
louvado seja o nome do Senhor!

O Senhor está acima das nações,
sua glória vai além dos altos céus.
Quem pode comparar-se ao nosso Deus,
ao Senhor, que no alto céu temo seu trono
e se inclina para olhar o céu e a terra?

Levanta da poeira o indigente
e do lixo ele retira o pobrezinho,
para fazê-lo assentar-se com os nobres,
assentar-se com os nobres do seu povo.
Faz a estéril, mãe feliz em sua casa,
vivendo rodeada de seus filhos.

Glória ao Pai...

Leitura Rm 8,30
Aqueles que Deus predestinou, também os chamou. E aos que chamou, também os tornou justos; e aos que tornou justos, também os glorificou.

Maria foi assunta ao céu, os anjos se alegram, louvando.
Bendizem o Senhor, jubilosos.

MAGNIFICAT
As gerações hão de chamar-me de bendita,
pois maravilhas fez em mim o Poderoso. Aleluia.

A minha alma engrandece ao Senhor
e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador;
pois ele viu a pequenez de sua serva,
desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita.

O Poderoso fez por mim maravilhas
e Santo é o seu nome!
Seu amor, de geração em geração,
chega a todos que o respeitam;

demonstrou o poder de seu braço,
dispersou os orgulhosos;
derrubou os poderosos de seus tronos
e os humildes exaltou;

De bens saciou os famintos,
e despediu, sem nada, os ricos.
Acolheu Israel, seu servidor,
fiel ao seu amor,

como havia prometido aos nossos pais,
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre.

Glória ao Pai...

Preces
Proclamemos a grandeza de Deus Pai todo-poderoso: Ele quis que Maria, Mãe de seu Filho, fosse celebrada por todas as gerações. Peçamos humildemente:

R. Cheia de graça, intercedei por nós!

Deus, autor de tantas maravilhas, que fizestes a Imaculada Virgem Maria participar em corpo e alma da glória celeste de Cristo,
– conduzi para a mesma glória os corações de vossos filhos e filhas. R.

Vós, que nos destes Maria por Mãe, concedei, por sua intercessão, saúde aos doentes, consolo aos tristes, perdão aos pecadores,
– e a todos a salvação e a paz. R.

Vós, que fizestes de Maria a cheia de graça,
– concedei a todos a abundância da vossa graça. R.

Fazei, Senhor, que a vossa Igreja seja, na caridade, um só coração e uma só alma,
– e que todos os fiéis perseverem unânimes na oração com Maria, Mãe de Jesus. R.

(Intenções livres)

Vós, que coroastes Maria como rainha do céu,
– fazei que nossos irmãos e irmãs falecidos se alegrem eternamente em vosso reino, na companhia dos santos. R.

Pai nosso...

ANTÍFONA MARIANA
Sub tuum praesidium
Sub tuum praesidium confúgimus
sancta Dei Genetrix.
nostras deprecationes ne despicias in necessitatibus,
sed a periculis cunctis libera nos semper,
Virgo gloriosa et benedicta

(Tradução:)
À vossa proteção recorremos,
Santa Mãe de Deus;
não desprezeis as nossas súplicas em nossas necessidades;
mas livrai-nos sempre de todos os perigos,
ó, Virgem gloriosa e bendita.

SEJAM SANTOS!
Na escola da santidade.

Evangelho

Evangelho segundo S. Mateus 19,13-15.
Naquele tempo, apresentaram umas crianças a Jesus, para que lhes impusesse as mãos e orasse sobre elas. Mas os discípulos afastavam-nas.
Então Jesus disse: «Deixai que as crianças se aproximem de Mim; não as estorveis. Dos que são como elas é o reino dos Céus».
A seguir, impôs as mãos sobre as crianças e partiu dali.

Boletim
Receba Aleteia todo dia