Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quinta-feira 29 Outubro |
São Colmano
Oração do dia
Festividade do diaHistórias de Santos

Bem-aventurado Oto de Freising

Monge Cisterciense e Bispo (†1158)

BASILICA DEL VOTO NACIONAL

Aaron-(CC BY-NC 2.0)

Santo do dia

Oto nasceu em Klosterneuburg, um município da Áustria localizado no distrito de Wien-Umgebung, no estado de Baixa Áustria. Era o quinto filho de Leopoldo III e Agnes, filha do imperador Henrique IV. Por seu primeiro marido, Frederico I de Hohenstaufen, duque da Suábia, Agnes era a mãe do rei alemão Conrado III e avó da irmã do imperador Frederico I. A irmã de Oto, Judith de Ita, era casada com o marquês Guilherme V de Montserrat. Oto, portanto, era parente das famílias mais poderosas da Alemanha e do norte da Itália.

Os registros de sua vida são escassos e as datas um pouco incertas. Sabe-se que ele estudou em Paris, onde desenvolveu interesse especial pela filosofia. Dizem que ele foi um dos primeiros a introduzir a filosofia de Aristóteles na Alemanha e serviu como reitor de uma nova fundação na Áustria.

Ao entrar na ordem cisterciense, Oto convenceu seu pai a fundar a Abadia Heiligenkreuz em 1133, trazendo assim alfabetização e agricultura sofisticada (incluindo a produção de vinho) para a região que se tornaria Viena. Tornou-se abade do mosteiro cisterciense de Morimond, na Borgonha, por volta de 1136, e logo depois foi eleito bispo de Freising. Esta diocese, e na verdade toda a Baviera, foi então perturbada pela disputa entre os Welfs e os Hohenstaufen, e a igreja ficou numa condição deplorável; mas uma grande melhora foi trazida pelo novo bispo tanto em assuntos eclesiásticos quanto em assuntos seculares.

Em 1147, Oto participou da desastrosa Segunda Cruzada. A seção do exército cruzado liderada pelo bispo foi dizimada, mas Oto conseguiu chegar a Jerusalém e retornou à Baviera em 1148 ou 1149. Ele desfrutou dos favores do sucessor de Conrad, Frederico I, provavelmente foi fundamental na resolução da disputa sobre o ducado da Baviera em 1156.

Oto é mais lembrado por dois importantes trabalhos históricos: a primeira delas é sua Chronica de Duabus Civitatibus (Crônica ou história das duas cidades), uma obra histórica e filosófica em oito livros, que segue em certa medida as linhas estabelecidas por Agostinho e Orósio. Escrita durante o tempo da guerra civil na Alemanha (1143-1145), nela ele contrasta Jerusalém e Babel, os reinos celestes e terrestres, e descreve muitas informações valiosas sobre a história de seu próprio tempo. A crônica, que foi mantida em alta consideração pelos contemporâneos, abrange um período que vai até os anos 1146; e a partir desta data, até 1209, foi continuada por outro Oto, o abade de São Blasius (†1223). A outra obra, mais conhecida, é Gesta Friderici imperatoris (Gestas do Imperador Frederico), escrito a pedido de Frederico I e precedido por uma carta do imperador ao autor. A Gesta compreende quatro livros, sendo os dois primeiros foram escritos por Oto; os outros dois, ou partes deles, foram compostos por seu aluno Ragewin ou Rahewin. Alguns, no entanto, argumentam que o terceiro livro e a primeira parte do quarto também foram obra do próprio Oto. Começando com a disputa entre o papa Gregório VII e o imperador Henrique IV, o primeiro livro narra a história até a morte de Conrado III, em 1152. Não se limita aos assuntos alemães, já que o autor discorre também sobre a pregação de Bernardo de Claraval, do seu zelo contra os hereges e da condenação de Pedro Abelardo. O segundo livro se abre com a eleição de Frederico I em 1152 e trata da história dos primeiros cinco anos de seu reinado, especialmente na Itália, com algum detalhe. A partir deste ponto (1156) o trabalho é continuado por Ragewin. O latim de Oto era excelente, e mesmo com algumas pequenas imprecisões, a Gesta foi descrita como um “modelo de composição histórica”.

Mesmo sendo bispo, manteve o hábito de monge cisterciense; morreu em Morimond dia 22 de setembro de 1158.

Em 1857, uma estátua do bispo foi erguida em Freising.

Descubra outros santos clicando aqui
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
OLD WOMAN, WRITING
Cerith Gardiner
A carta de uma irlandesa de 107 anos sobre co...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Ver mais