Aleteia
Quinta-feira 22 Outubro |
São Moderano
Oração do dia
Festividade do diaHistórias de Santos

São Cucufate

Mártir († s. IV)

CHILDREN

Public Domain

Cucufate nasceu numa família nobre e rica de Scillium (província romana de Cartago), África, por volta de 270.

Começou a estudar Cultura Literária em Cesareia, mas ao saber das perseguições de Diocleciano, que eclodiram nas províncias do Leste, fugiu para o Ocidente embarcando em alguns navios, alegando razões comerciais. Ao chegar em Barcelona, porém, percebeu que também lá a perseguição aos cristãos estava presente. Assim, como cristão, ele ofereceu seus bens aos cristãos mais necessitados e passou a dedicar-se às obras de misericórdia e à difusão da fé cristã. Pregou o cristianismo na Catalunha (onde é conhecido como Sant Cugat) na companhia de São Félix. Entre outras, esteve na cidade de Ampúrias, até que o império romano o condenou à morte.

Foi preso por ordem do procônsul Galério e foi torturado com tanta selvageria que seu intestino extravasou seu abdômen, enquanto invocava Deus. Há registros descrevendo que os doze soldados que o torturaram foram cegados por um flash de fogo, enquanto Galério foi queimado junto com os ídolos e Cucufate encontrou-se subitamente curado. O substituto de Galério, Maximiano, prosseguindo na perseguição aos cristãos o prendeu e lhe infligiu vários tormentos inéditos, mas ainda assim Cucufate milagrosamente sobreviveu. Então, um oficial do prefeito Daciano resolveu intervir, certamente Rufino, que acabou por decapitá-lo.

Seu corpo foi coletado pelos cristãos e enterrado em 25 de julho. Em seu nome a localidade foi chamada de Sant Cugat del Vallès (na província de Barcelona, Catalunha), onde se crê que foi executado e onde foi construído o Mosteiro de São Cucufate, na mesma localidade.

São Cucufate ou Cugat é um dos santos mais reverenciados da Espanha, mas toda a história que o preservou está contida em um poema de Aurélio Prudêncio (poeta cristão latino de origem espanhola, 348-405).

O abade Fulrado († 784), do Mosteiro de São Dionísio, perto de Paris, conseguiu obter as relíquias de São Cucufate, levando-as para o convento de Lièvre, na Alsácia (França), onde foram colocadas, juntamente com as de Santo Alessandro.

Em 835, as relíquias ou parte delas foram trazidas do Mosteiro São Dionísio, por ordem do abade Ilduino, e colocadas na cripta da igreja de sua abadia. No início do século IX, a famosa abadia beneditina de San Cugat del Vallés foi construída perto de Barcelona, em um lugar chamado Ottaviano.

Na Espanha e na França várias igrejas são dedicadas a São Cucufate. Os vários Martirológios, incluindo o romano, o celebram no dia 25 de julho. Em Barcelona, devido à coincidência com a celebração da Festa de São Tiago Maior, no mesmo dia, o dia de São Cucufate foi transferido para 27 de julho.

No Museu de Arte Catalã, em Barcelona, há uma pintura do pintor Ajna Brù, representando a cena muito dramática e violenta da decapitação de São Cucufate, dando ênfase particular à expressão perversa e maligna do carrasco usando uma faca.

Descubra outros santos clicando aqui
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
CARLO ACUTIS
John Burger
Como foram os últimos dias de vida de Carlo A...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
nuvens sinais
Reportagem local
Estão sendo fotografados "sinais do céu"?
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
st charbel
Reportagem local
Por acaso não está acontecendo o que São Char...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Ver mais