Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sábado 02 Julho |
Bem-aventurado Pedro de Luxemburgo
Aleteia logo
Oração do dia
Festividade do diaHistórias de Santos

Beato Tiago Ghazir Haddad

Presbítero capuchinho († 1954)

shutterstock_717976345.jpg

Shutterstock I Nattapat.J

Abuna Yaaqub El-Haddad nasceu em 1° de fevereiro de 1875, em Ghazir, no Líbano, o terceiro de cinco filhos. Frequentou a escola em Ghazir e depois o College de la Sagesse, em Beirute, onde estudou árabe, francês e siríaco.
Em 1892 foi para Alexandria, no Egito, ensinar árabe no Christian Brothers’ College, onde sentiu o chamado ao sacerdócio. No ano seguinte, ingressou no convento dos capuchinhos, em Khashbau, onde adotou o nome religioso de Tuago. Foi ordenado sacerdote em 1º de novembro de 1901, em Beirute, Líbano.
Como pregador itinerante de 1903 a 1914, percorreu o Líbano anunciando a Palavra de Deus e recebeu o nome de ”Apóstolo do Líbano”. Também foi visto pregando na Síria, Palestina, Iraque e Turquia.
Em 1919 comprou um terreno na colina de Jall-Eddib, a norte de Beirute, onde construiu uma capela dedicada à Nossa Senhora do Mar. Ali perto ele ergueu uma grande cruz.
Padre Tiago foi incansável na ajuda aos necessitados, seguindo os passos de São Francisco de Assis. Em 1920, para ajudá-lo nesta missão de ajudar os enfermos e os pobres, fundou as Irmãs Franciscanas da Santa Cruz do Líbano.
O modesto trabalho padre Tiago despertou a admiração do povo e muitos pobres e doentes começaram a ir à “cruz” e padre Tiago acolhia a todos. Em 1950, a “Cruz” tornou-se exclusivamente um hospital psiquiátrico, um dos mais modernos do Oriente Próximo. O movimento de caridade começou a se espalhar pelo Líbano e o padre e suas irmãs multiplicaram suas obras de assistência social.
Em 1933, ele abriu a Casa do Sagrado Coração, em Deir el-Kamar, um orfanato para meninas, que mais tarde se tornou um asilo para doentes crônicos. Em 1948, ele abriu o Hospital de Nossa Senhora para idosos, doentes crônicos e paralíticos. Em 1949, o Hospital São José tornou-se um dos centros médicos mais importantes da capital.
Em 1950, veio a Casa de Santo Antônio, em Beirute, para mendigos e vagabundos que a polícia encontrava nas ruas e a Casa da Providência para meninas sem-teto.
Apesar de o padre Tiago ficar muito ocupado com a missão hospitalar, ele e as suas Irmãs deram continuidade ao importante trabalho educativo e abriram várias escolas e um orfanato para 200 meninas.
Padre Tiago ficava esgotado pelas vigílias, pelo cansaço e pelas viagens. Embora sofresse de várias doenças e tivesse ficado quase cego e com leucemia, ele não parou de louvar a Deus e de trabalhar. Ficou lúcido até o fim, suas últimas horas foram uma série ininterrupta de orações invocando a Cruz e a Virgem Maria até que faleceu, em 26 de junho de 1954, no Líbano.
Sua causa de beatificação foi apresentada em fevereiro de 1979 e em 24 de fevereiro de 1979, São João Paulo II assinou o Decreto de Introdução da Causa de Beatificação.
No domingo, 22 de junho de 2008, durante uma missa celebrada em Beirute e presidida pelo Cardeal José Saraiva Martins, CMF, Prefeito da Congregação para as Causas dos Santos padre Tiago Ghazir Haddad foi beatificado.

Descubra outros santos clicando aqui
PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais