Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Newsletter Aleteia: uma seleção de conteúdos para uma vida plena e com valor. Cadastre-se e receba nosso boletim direto em seu email.
Registrar

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia
Festividade do dia

sabado 9 novembro
Bem-aventurado Gabriel Ferretti

Franciscano (†1456)

VIOLIN
Compartilhar

Entre este bem-aventurado possui uma ligação de parentesco com outro bem-aventurado famoso: Gabriel Ferretti era um dos antepassados de João Maria Mastai-Ferretti, o futuro Papa Pio IX. Gabriel nasceu no seio de uma família nobre na cidade italiana de Ancona. Era o ano de 1385 quando ele veio à luz numa família de dez irmãos, todos homens. Um verdadeiro “time de futebol” como se diria nos dias de hoje. A família era muito religiosa, mas apesar disso, não aceitou muito bem o desejo de Gabriel se tornar um Frade Franciscano; a motivação dessa incompreensão parece advir da nobreza da família: assumir a pobreza franciscana parecia, na visão da família, diminuir o prestígio dos títulos nobiliárquicos. Mas sua intenção era forte e, por isso, ingressa na Ordem dos Franciscanos e se trona sacerdote. Logo se distingue pela inteligência particular que o leva a receber os mais variados encargos: Mestre de noviços, Vigário Provincial da Ordem. Junto a esses trabalhos cultiva uma verdadeira piedade e um amor por Nossa Senhora a toda prova. Suas pregações chegam a reunir centenas de pessoas: por onde passa reaviva a fé e obtém conversões. Mas nem tudo é sucesso: em algumas ocasiões deve enfrentar o ciúme e a inveja, que trazem consigo calúnias a ponto de Frei Gabriel se ver expulso de alguma cidade. Ao contrário do que se poderia esperar, ele, num gesto de grande humildade, não se deixa abater, e volta aos poucos, até reconquistar a confiança das pessoas. Outro traço de sua personalidade era o bom humor, a capacidade de rir de si próprio e de fazer rir os outros. Com o passar dos anos e a velhice, Frei Gabriel sente o peso da idade e das várias mortificações que praticou ao longo de sua vida de oração. A morte chega em novembro de 1456. Logo seu túmulo se torna meta de peregrinações com notícias de curas milagrosas. Em 1753, o Papa Bento XIV decreta o Conde que havia se tornado Frade como Bem-aventurado da Santa Igreja.

Descubra outros santos clicando aqui

Igreja, Esposa de Cristo, aclama e louva o Senhor.
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre. Amém
Hino
Do Pai eterno talhado,
Jesus, à terra baixado
tornou-se pedra angular;
na qual o povo escolhido
e o das nações convertido
vão afinal se encontrar.

Eis que a Deus é consagrada
para ser sua morada
triunfal Jerusalém,
onde em louvor ao Deus trino
sobem dos homens o hino,
os Aleluias e o Amém.

No vosso altar reluzente
permanecei Deus, presente,
sempre a escutar nossa voz;
acolhei todo pedido,
acalmai todo gemido
dos que recorrem a vós.

Sejamos nós pedras vivas,
umas das outras cativas,
que ninguém possa abalar;
com vossos santos um dia,
a exultar de alegria
no céu possamos reinar.

Salmo 149

Os filhos da Igreja, novo povo de Deus, se alegrem no seu Rei Cristo Jesus (Hesíquio)

Cantai ao Senhor Deus um canto novo,
e o seu louvor na assembleia dos fiéis!
Alegre-se Israel em quem o fez,
e Sião se rejubile no seu Rei!
Com danças glorifiquem o seu nome,
toquem harpa e tambor em sua honra!

Porque, de fato, o Senhor ama seu povo
e coroa com vitória os seus humildes.
Exultem os fiéis por sua glória,
e cantando se levantem de seus leitos,
com louvores do Senhor em sua boca
e espadas de dois gumes em sua mão,

para exercer sua vingança entre as nações,
e infligir o seu castigo entre os povos,
colocando nas algemas os seus reis,
e seus nobres entre ferros e correntes,
para aplicar-lhes a sentença já escrita:
Eis a glória para todos os seus santos.

Glória ao Pai...

Leitura breve Is 56,7
Eu os conduzirei ao meu santo monte e os alegrarei em minha casa de oração; aceitarei com agrado em meu altar seus holocaustos e vítimas, pois minha casa será chamada casa de oração para todos os povos.

Grande é o Senhor, e muito digno de louvor.
No Monte santo, na cidade onde ele mora.

BENEDICTUS
Zaqueu, desce depressa, porque hoje vou ficar em tua casa!
Ele desceu rapidamente e o recebeu com alegria em sua casa.
Hoje entrou a salvação nesta casa.

Bendito seja o Senhor Deus de Israel,
porque a seu povo visitou e libertou;

e fez surgir um poderoso Salvador
na casa de Davi, seu servidor,

como falara pela boca de seus santos,
os profetas desde os tempos mais antigos,

para salvar-nos do poder dos inimigos
e da mão de todos quantos nos odeiam.

Assim mostrou misericórdia a nossos pais,
recordando a sua santa Aliança

e o juramento a Abraão, o nosso pai,
de conceder-nos que, libertos do inimigo,

a ele nós sirvamos sem temor
em santidade e em justiça diante dele,
enquanto perdurarem nossos dias.

Serás profeta do Altíssimo, ó menino,
pois irás andando à frente do Senhor
para aplainar e preparar os seus caminhos,

anunciando ao seu povo a salvação,
que está na remissão de seus pecados;

pela bondade e compaixão de nosso Deus,
que sobre nós fará brilhar o Sol nascente,

para iluminar a quantos jazem entre as trevas
e na sombra da morte estão sentados

e para dirigir os nossos passos,
guiando-os no caminho da paz.

Glória ao Pai...

Preces
Como pedras vivas, edificadas sobre Cristo, pedra angular, peçamos cheios de fé a Deus Pai todo-poderoso em favor de sua amada Igreja; e digamos:

R. Esta é a casa de Deus e a porta do céu!

Pai do céu, que sois o agricultor da vinha que Cristo plantou na terra, purificai, guardai e fazei crescer a vossa Igreja,
- para que, sob o vosso olhar, ela se espalhe por toda a terra. R.

Pastor eterno, protegei e aumentai o vosso rebanho,
- para que todas as ovelhas se congreguem na unidade, sob um só pastor, Jesus Cristo, vosso Filho. R.

Semeador providente, semeai a palavra em vosso campo,
- para que dê frutos abundantes para a vida eterna. R.

Sábio construtor, santificai a Igreja, vossa casa e vossa família,
- para que ela apareça no mundo como cidade celeste, Jerusalém nova e Esposa sem mancha. R.

(Intenções livres)

Pai nosso ...

Oração
Ó Deus, que edificais o vosso templo eterno com pedras vivas e escolhidas, infundi na vossa Igreja o Espírito que lhe destes, para que o vosso povo cresça sempre mais construindo a Jerusalém celeste. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo
\

Festa da dedicação de uma igreja, festa do Povo de Deus

Irmãos, estamos celebrando uma grande festa hoje. É a festa da casa do Senhor, do templo de Deus, da cidade do Eterno Rei, da Esposa de Cristo. Perguntemo-nos agora o que pode ser a casa de Deus, seu templo, sua cidade, sua Esposa. Digo com temor e respeito: somos nós. Nós o somos por sua graça, não por nossos méritos. A humilde confissão de nossas dificuldades estimula sua compaixão. Essa compaixão é a única coisa que faz Deus socorrer nossa necessidade, como um rico pai de família, e nos faz encontrar pão em abundância junto dele. Nós somos sua casa, onde nunca falta o alimento da vida.
“Sede santos, porque eu, vosso Senhor, sou santo”. Santidade será suficiente? Segundo o testemunho do apóstolo, a paz também é necessária: “buscai a paz com todos e a santidade sem a qual ninguém verá Deus”. Essa paz é o que nos leva a viver juntos, unidos como irmãos, e constrói para nosso Rei uma cidade totalmente nova chamada Jerusalém, que significa "visão de paz". O próprio Deus, finalmente, nos diz: “Eu serei vosso esposo, na fidelidade”. Portanto, sabemos por experiência que somos a casa do Pai de família pela comida tão abundante que desfrutamos, o templo de Deus por nossa santificação, a cidade do Rei supremo pela nossa comunhão da vida, a esposa do Esposo imortal pelo amor. Creio, pois, que posso dizer sem medo: essa festa é realmente a nossa festa.

San Bernardo
Sermão 5 para a Dedicação.
Nasceu em Dijon, França;
foi monge cisterciense e
grande autor espiritual.
É doutor da Igreja (1090-1153).

Igreja, Esposa de Cristo, aclama e louva o Senhor
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém.

Hino
Ó Deus, fonte de todas as coisas,
vós enchestes o mundo de dons
e, depois de criar o universo,
concluístes que tudo era bom.

Terminando tão grande trabalho,
decidistes entrar em repouso,
ensinando aos que cansam na luta,
que o descanso é também dom precioso.

Concedei aos mortais que suplicam,
os seus erros lavarem no pranto
e andarem nos vossos caminhos,
descobrindo da vida o encanto.

Deste modo, ao chegar para a terra
a aflição do temível Juiz,
possam todos, repletos de paz,
se alegrar pela vida feliz.

Esse dom concedei-nos, Deus Pai,
pelo Filho Jesus, Sumo Bem,
no Espírito Santo Paráclito,
que reinais para sempre. Amém.

Cântico Fl 2,6-11

Embora fosse de divina condição,
Cristo Jesus não se apegou ciosamente
a ser igual em natureza a Deus Pai.

Porém esvaziou-se de sua glória
e assumiu a condição de um escravo,
fazendo-se aos homens semelhante.

Reconhecido exteriormente como homem,
humilhou-se, obedecendo até à morte,
até à morte humilhante numa cruz.

Por isso Deus o exaltou sobremaneira
e deu-lhe o nome mais excelso, mais sublime,
e elevado muito acima de outro nome.

Para que perante o nome de Jesus
se dobre reverente todo joelho,
seja nos céus, seja na terra ou nos abismos.

E toda língua reconheça, confessando,
para a glória de Deus Pai e seu louvor:
'Na verdade Jesus Cristo é o Senhor!'

Glória ao Pai...

Leitura 2Pd 1,19-21
Assim se nos tornou ainda mais firme a palavra da profecia, que fazeis bem em ter diante dos olhos, como lâmpada que brilha em lugar escuro, até clarear o dia e levantar-se a estrela da manhã em vossos corações. Pois deveis saber, antes de tudo, que nenhuma profecia da Escritura é objeto de interpretação pessoal, visto que jamais uma profecia foi proferida por vontade humana. Mas foi sob o impulso do Espírito Santo que homens falaram da parte de Deus.

Do nascer do sol até o seu ocaso, louvado seja o nome do Senhor!
Sua glória vai além dos altos céus.

MAGNIFICAT
Os que forem julgados ser dignos de ter parte no mundo futuro,
sendo filhos da ressurreição, serão semelhantes aos anjos,
serão filhos de Deus, diz Jesus.

A minha alma engrandece ao Senhor
e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador;
pois ele viu a pequenez de sua serva,
desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita.

O Poderoso fez por mim maravilhas
e Santo é o seu nome!
Seu amor, de geração em geração,
chega a todos que o respeitam;

demonstrou o poder de seu braço,
dispersou os orgulhosos;
derrubou os poderosos de seus tronos
e os humildes exaltou;

De bens saciou os famintos,
e despediu, sem nada, os ricos.
Acolheu Israel, seu servidor,
fiel ao seu amor,

como havia prometido aos nossos pais,
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre.

Glória ao Pai...

Preces
Invoquemos a Jesus Cristo, alegria de todos os que nele esperam; e digamos:

R. Ouvi-nos, Senhor, e atendei-nos!

Testemunha fiel e primogênito dentre os mortos, que nos purificastes do pecado com o vosso sangue,
– fazei-nos sempre lembrar as vossas maravilhas. R.

Aqueles que escolhestes como mensageiros do vosso evangelho,
– tornai-os fiéis e zelosos administradores dos mistérios do reino. R.

Rei da paz, mandai o vosso Espírito sobre aqueles que governam os povos,
– a fim de que olhem com mais atenção para os pobres e necessitados. R.

Socorrei os que são vítimas da discriminação por causa da raça, cor, condição, língua ou religião,
– e fazei que sejam reconhecidos os seus direitos e a sua dignidade. R.

(Intenções livres)

Aos que morreram em vosso amor, tornai participantes da felicidade eterna,
– juntamente com a Virgem Maria e todos os santos. R.

Pai nosso...

ANTÍFONA MARIANA
Sub tuum praesidium
Sub tuum praesidium confúgimus
sancta Dei Genetrix.
nostras deprecationes ne despicias in necessitatibus,
sed a periculis cunctis libera nos semper,
Virgo gloriosa et benedicta

(Tradução:)
À vossa proteção recorremos,
Santa Mãe de Deus;
não desprezeis as nossas súplicas em nossas necessidades;
mas livrai-nos sempre de todos os perigos,
ó, Virgem gloriosa e bendita.

SEJAM SANTOS!
Na escola da santidade.

Evangelho segundo São João 2,13-22.
Estava próxima a Páscoa dos judeus e Jesus subiu a Jerusalém.
Encontrou no Templo os vendedores de bois, ovelhas e pombas, e os cambistas nos seus postos.
Fez então um chicote de cordas e expulsou-os a todos do templo, com as ovelhas e os bois; deitou por terra o dinheiro dos cambistas e derrubou-lhes as mesas;
e disse aos que vendiam pombas: «Tirai tudo isto daqui; não façais da casa de meu Pai casa de comércio».
Os discípulos recordaram-se do que estava escrito: «Devora-me o zelo pela tua casa».
Então os judeus tomaram a palavra e perguntaram-Lhe: «Que sinal nos dás de que podes proceder deste modo?».
Jesus respondeu-lhes: «Destruí este templo e em três dias o levantarei».
Disseram os judeus: «Foram precisos quarenta e seis anos para construir este templo e Tu vais levantá-lo em três dias?».
Jesus, porém, falava do templo do seu Corpo.
Por isso, quando Ele ressuscitou dos mortos, os discípulos lembraram-se do que tinha dito e acreditaram na Escritura e na palavra de Jesus.

Boletim
Receba Aleteia todo dia
São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.