Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sábado 25 Junho |
São Guilherme de Vercelas  
Aleteia logo
Oração do dia
Festividade do diaHistórias de Santos

Santo Estevão da Hungria

Rei, confessor da fé (†1038)

NAVETTE-ET-ENCENS-FR146460A.jpg

© Pascal Deloche / Godong

No ano 985 missionários cristãos chegam às terras da Hungria e batizam o príncipe Geza e seu filho, Vajk, que por essa ocasião, receberá o nome cristão de Estevão; ele terá uma importância fundamental para a evangelização de toda a nação húngara. No ano 997, de fato, Estevão sucede a seu pai no trono da Hungria, mas a sucessão não estava garantida: após uma luta contra outros pretendentes ao trono, somente no ano 1000, Estevão recebe no papa Silvestre II as insígnias reais e, no natal desse mesmo ano, é coroado Rei da Hungria. Uma vez que se senta sobre o trono, Santo Estevão começou a tomar diversas providências para a estruturação da Igreja na Hungria, fundando dioceses e numerosos mosteiros. Além disso, permitiu que numerosos missionários viessem do estrangeiro para ajudar na evangelização do povo húngaro. Enquanto Rei, foi famoso pelo seu senso de justiça e retidão, de modo que não haviam se passado ainda 50 anos de sua morte, quando foi canonizado (no ano 1083) por ordem do papa Gregório VII, em virtude de seus muitos méritos e de sua vida santa. Na figura de Santo Estevão, um santo de mais de mil anos atrás, se verifica uma mensagem atualíssima: que é possível ser um governante e ser, ao mesmo tempo, santo. Oxalá, seu exemplo possa inspirar os nossos modernos governantes a adotarem as virtudes da justiça, sabedoria e retidão.

Descubra outros santos clicando aqui
PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais