Aleteia logoAleteia logoAleteia
Terça-feira 24 Maio |
Bem-aventurado Felipe de Piacenza
Aleteia logo
Oração do dia
Festividade do diaHistórias de Santos

Santos Timóteo e Maura

Esposos e mártires (†286, aprox.)

chris-liu-WcbKNaqug6A-unsplash.jpg

chris liu | Unsplash | CC0

Embora haja poucas notícias sobre a história desse casal, a devoção que as igrejas do Oriente cultivaram em torno de sua memória é bastante grande. A menção a esse casal no calendário dos santos é de particular importância: embora não sejam o único caso de um matrimônio canonizado, sua memória no dia de hoje comprova o que o papa Francisco afirmou recentemente em sua exortação Gaudete et exsultate sobre o chamado universal à santidade: “Não pensemos apenas em quantos já estão beatificados ou canonizados. O Espírito Santo derrama a santidade, por toda a parte, no santo povo fiel de Deus […] Gosto de ver a santidade no povo paciente de Deus: nos pais que criam os seus filhos com tanto amor, nos homens e mulheres que trabalham a fim de trazer o pão para casa, nos doentes, nas consagradas idosas que continuam a sorrir. Nesta constância de continuar a caminhar dia após dia, vejo a santidade da Igreja militante. Esta é muitas vezes a santidade “da porta ao lado” daqueles que vivem perto de nós e são um reflexo da presença de Deus, ou – por outras palavras – da “classe média da santidade” (GE, nn. 6 e 7)”. Nesse sentido, ser santo não é exclusividade de padres ou religiosos, ou ainda, de pessoas particularmente dotadas. Como bem afirmou o papa, também as pessoas comuns, na vida do seu dia a dia, são chamadas à santidade. É o que aconteceu com a vida deste jovem casal. Consta que Timóteo desempenhasse o ministério de leitor na igreja de Panapeis, sua mulher, por sua vez, era uma apaixonada pela Sagrada Escritura. Após terem celebrado seu matrimônio, cerca de vinte dias depois, no contexto de perseguição ao cristianismo, Timóteo e Maura foram levados perante o Governador que lhe ordenou de entregar as Escrituras da comunidade cristã. Tanto Timóteo quanto Maura não aceitaram essa ordem, mesmo sabendo do perigo que corriam. Instados mais uma vez a entregar os livros da comunidade, ambos se declararam dispostos a ir ao encontro da morte do que entregar as Sagradas Escrituras. Diante da recusa obstinada, Timóteo e Maura foram enviados para as torturas: ele teve suas orelhas queimadas com objetos incandescentes, enquanto Maura teve seus cabelos arrancados. Após essas torturas, ambos foram pregados ao muro da cidade, permanecendo assim, lado a lado, durante bem nove dias, até que a morte os colheu.

Descubra outros santos clicando aqui
PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais