Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Receba diretamente no seu email os artigos da Aleteia.
Cadastrar-se

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia
Festividade do dia

segunda-feira 11 fevereiro
Santo Ardano

Abade (†1056)

LIGHTS
Compartilhar
Santo do dia

Foi o décimo terceiro abade de Tournus, um mosteiro localizado no sul da França. Ficou à frente da abadia por um período de vinte e oito anos. Logo no início de seu governo, uma carestia se abateu sobre toda a região, durante cerca de dois anos. Com todas as suas forças, Ardano procurou diminuir os sofrimentos dos camponeses que viviam em torno ao mosteiro, já que pela miséria, haviam sido tomados pelo desespero. Logo ficou famoso por sua generosidade e por sua caridade, virtudes que em pouco tempo se tornaram lendárias. Durante seu governo, o mosteiro recebeu em doação as igrejas de São Júlio na diocese de Genebra e a de São Ferreolo, na diocese de Vienne. Morreu no ano 1056, e seu corpo foi sepultado no claustro do mosteiro. Em 11 de fevereiro de 1140 o abade Pedro II mandou exumar os restos mortais para coloca-los numa capela dedicada a Santo Ardano. Aí suas relíquias permaneceram até o ano de 1562, quando os huguenotes invadiram a igreja e colocaram fogo nas relíquias do santo. Sua memória é celebrada no dia da transladação de suas relíquias.

Descubra outros santos clicando aqui

Oração para esta manhã

Caminhemos com louvores ao encontro do Senhor!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém
Hino
Clarão da glória do Pai,
ó Luz, que a Luz origina,
sois Luz da Luz, fonte viva,
sois Luz que ao dia ilumina.

Brilhai, ó Sol verdadeiro,
com vosso imenso esplendor,
e dentro em nós derramai
do Santo Espírito o fulgor.

Também ao Pai suplicamos,
ao Pai a glória imortal,
ao Pai da graça potente,
que a nós preserve do mal.

Na luta fortes nos guarde
vencendo o anjo inimigo.
Nas quedas, dê-nos a graça,
de nós afaste o perigo.

As nossas mentes governe
num corpo casto e sadio.
A nossa fé seja ardente,
e não conheça desvio.

O nosso pão seja o Cristo,
e a fé nos seja a bebida.
O Santo Espírito bebamos
nas fontes puras da vida.

Alegre passe este dia,
tão puro quanto o arrebol.
A fé, qual luz cintilante,
refulja em nós como o sol.

A aurora em si traz o dia.
Vós, como aurora, brilhai:
ó Pai, vós todo no Filho,
e vós, ó Verbo, no Pai.

Salmo 28(29)

Do céu veio uma voz que dizia: 'Este é o meu Filho amado, no qual eu pus o meu agrado' (Mt 3,17).

Filhos de Deus, tributai ao Senhor,
tributai-lhe a glória e o poder!
Dai-lhe a glória devida ao seu nome;
adorai-o com santo ornamento!

Eis a voz do Senhor sobre as águas,
sua voz sobre as águas imensas!
Eis a voz do Senhor com poder!
Eis a voz do Senhor majestosa,
sua voz no trovão reboando!

Eis que a voz do Senhor quebra os cedros,
o Senhor quebra os cedros do Líbano.
Faz o Líbano saltar qual novilho,
e o Sarion como um touro selvagem!

Eis que a voz do Senhor lança raios,
a voz de Deus faz tremer o deserto,
faz tremer o deserto de Cades.
Voz de Deus que contorce os carvalhos,
voz de Deus que devasta as florestas!
No seu templo os fiéis bradam: 'Glória!'

É o Senhor que domina os dilúvios,
o Senhor reinará para sempre.
Que o Senhor fortaleça o seu povo,
e abençoe com paz o seu povo!

Glória ao Pai...

Leitura breve 2Ts 3,10b-13
Quem não quer trabalhar, também não deve comer. Ora, ouvimos dizer que entre vós há alguns que vivem à toa, muito ocupados em não fazer nada. Em nome do Senhor Jesus Cristo, ordenamos e exortamos a estas pessoas que, trabalhando, comam na tranquilidade o seu próprio pão. E vós mesmos, irmãos, não vos canseis de fazer o bem.

O Senhor seja bendito, bendito seja eternamente!
Só o Senhor faz maravilhas.

BENEDICTUS
Aurora luminosa da nossa salvação, de vós, Virgem Maria, nasceu o Sol da justiça,
Que nos veio visitar lá do alto, como luz, que ilumina todo homem.

Bendito seja o Senhor Deus de Israel,
porque a seu povo visitou e libertou;

e fez surgir um poderoso Salvador
na casa de Davi, seu servidor,

como falara pela boca de seus santos,
os profetas desde os tempos mais antigos,

para salvar-nos do poder dos inimigos
e da mão de todos quantos nos odeiam.

Assim mostrou misericórdia a nossos pais,
recordando a sua santa Aliança

e o juramento a Abraão, o nosso pai,
de conceder-nos que, libertos do inimigo,

a ele nós sirvamos sem temor
em santidade e em justiça diante dele,
enquanto perdurarem nossos dias.

Serás profeta do Altíssimo, ó menino,
pois irás andando à frente do Senhor
para aplainar e preparar os seus caminhos,

anunciando ao seu povo a salvação,
que está na remissão de seus pecados;

pela bondade e compaixão de nosso Deus,
que sobre nós fará brilhar o Sol nascente,

para iluminar a quantos jazem entre as trevas
e na sombra da morte estão sentados

e para dirigir os nossos passos,
guiando-os no caminho da paz.

Glória ao Pai...

Preces
Glorifiquemos a Cristo, em quem habita toda a plenitude da graça e do Espírito Santo; e imploremos com amor e confiança:

R. Dai-nos, Senhor, o vosso Espírito!

Concedei-nos que este dia seja agradável, pacífico e sem mancha,
– para que, ao chegar a noite, vos possamos louvar com alegria e pureza de coração. R.

Brilhe hoje sobre nós a vossa luz,
– e dirigi o trabalho de nossas mãos. R.

Mostrai-nos vosso rosto de bondade, para vivermos este dia em paz,
– e que a vossa mão poderosa nos proteja. R.

Olhai com benignidade aqueles que se confiaram às nossas orações,
– e enriquecei-os com todos os bens da alma e do corpo. R.

(Intenções livres)

Pai nosso ...

Oração
Ó Deus de misericórdia, socorrei a nossa fraqueza para que, ao celebrarmos a memória da Virgem Imaculada, Mãe de Deus, possamos, por sua intercessão, ressurgir de nossos pecados. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Meditação do dia

E todos quantos o tocavam ficavam curados.

Os sofrimentos e doenças dos homens sempre foram consideradas entre as maiores dificuldades que atormentam as suas consciências. Mas aqueles que professam a fé cristã, embora as sintam e experimentem, são ajudados pela luz da fé a compreender melhor o mistério da dor e a suportar com a maior fortaleza os próprios sofrimentos. Pois não só conhecem, pela palavra de Cristo, o valor e significado da doença para a salvação própria e do mundo, como não ignoram a predileção que por eles teve Cristo, que tantas vezes visitou e curou os doentes. A doença, ainda que intimamente ligada à condição do homem pecador, não se pode considerar, de modo geral, como castigo infligido a cada um pelos próprios pecados (cf. Jo 9,3). Além disso, o próprio Cristo, não tendo pecado, e cumprindo o que está escrito no profeta Isaías, suportou na sua paixão toda a espécie e sofrimentos e tomou parte em todas as dores dos homens (cf. Is 53,4-5). Mais ainda, Cristo é crucificado e sofre nos membros configurados com Ele, quando nós suportamos tribulações. Estes sofrimentos, no entanto, tornam-se leves e momentâneos, comparados com o grau de glória eterna que em nós produzem (cf. 2 Cor 4, 17). Faz parte do plano divino da Providência que o homem lute arduamente contra todas as enfermidades e busque também solicitamente o bem da saúde, para desempenhar, na sociedade humana e na Igreja, o seu papel, disposto a completar o que falta à paixão de Cristo para a salvação do mundo, esperando a libertação das criaturas na glória dos filhos de Deus (cf. Col 1, 24; Rom 8,19-21).
Ritual da Unção dos enfermos
Reformado pelo Concílio Vaticano II (1972).

Oração para esta tarde

Caminhemos com louvores ao encontro do Senhor!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém.

Hino
Ó Deus, organizando
o líquido elemento,
as águas dividistes
firmando o firmamento.

As nuvens fazem sombra,
os rios dão frescor;
assim tempera a água,
dos astros o calor.

Em nós vertei a graça,
a água benfazeja;
do fogo das paixões,
constante, nos proteja.

Que a fé encontre a luz
e espalhe o seu clarão;
que nada impeça a alma
no impulso da ascensão!

Ao Pai e ao Filho, glória;
ao Espírito também:
louvor, honra e vitória
agora e sempre. Amém.
Cântico Ef 1,3-10

Bendito e louvado seja Deus,
o Pai de Jesus Cristo, Senhor nosso,
que do alto céu nos abençoou em Jesus Cristo
com bênção espiritual de toda sorte!

Foi em Cristo que Deus Pai nos escolheu,
já bem antes de o mundo ser criado,
para que fôssemos, perante a sua face,
sem mácula e santos pelo amor.

Por livre decisão de sua vontade,
predestinou-nos, através de Jesus Cristo,
a sermos nele os seus filhos adotivos,
para o louvor e para a glória de sua graça,
que em seu Filho bem-amado nos doou.

É nele que nós temos redenção,
dos pecados remissão pelo seu sangue.
Sua graça transbordante e inesgotável
Deus derrama sobre nós com abundância,
de saber e inteligência nos dotando.

E assim, ele nos deu a conhecer
o mistério de seu plano e sua vontade,
que propusera em seu querer benevolente,
na plenitude dos tempos realizar:
o desígnio de, em Cristo, reunir
todas as coisas: as da terra e as do céu.

Glória ao Pai...

Leitura Cl 1,9b-11
Que chegueis a conhecer plenamente a vontade de Deus, com toda a sabedoria e como discernimento da luz do Espírito. Pois deveis levar uma vida digna do Senhor, para lhe serdes agradáveis em tudo. Deveis produzir frutos em toda a boa obra e crescer no conhecimento de Deus, animados de muita força, pelo poder de sua glória, de muita paciência e constância, com alegria.

Curai-me, Senhor, pois pequei contra vós.
Eu vos digo: Meu Deus, tende pena de mim!

MAGNIFICAT
Maria, alegra-te, ó cheia de graça, o Senhor é contigo!
És bendita entre todas as mulheres da terra, e bendito é o fruto que nasceu de teu ventre!

A minha alma engrandece ao Senhor
e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador;
pois ele viu a pequenez de sua serva,
desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita.

O Poderoso fez por mim maravilhas
e Santo é o seu nome!
Seu amor, de geração em geração,
chega a todos que o respeitam;

demonstrou o poder de seu braço,
dispersou os orgulhosos;
derrubou os poderosos de seus tronos
e os humildes exaltou;

De bens saciou os famintos,
e despediu, sem nada, os ricos.
Acolheu Israel, seu servidor,
fiel ao seu amor,

como havia prometido aos nossos pais,
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre.

Glória ao Pai...

Preces
Demos graças a Deus Pai que, lembrando a sua aliança, não cessa de nos fazer o bem. Cheios de confiança, elevemos a ele nossa oração, dizendo:

R. Dai-nos, Senhor, vossos bens com fartura!

Salvai, Senhor, o vosso povo,
– abençoai a vossa herança. R.

Congregai na unidade os que têm o nome de cristãos,
– para que o mundo acredite em Cristo, o Salvador que nos enviastes. R.

Concedei a vossa graça a todos os nossos amigos e conhecidos,
– para que em toda parte dêem o testemunho de Cristo. R.

Manifestai o vosso amor aos agonizantes,
– e dai-lhes a vossa salvação. R.

(Intenções livres)

Sede misericordioso para com os nossos irmãos e irmãs falecidos,
– e abri-lhes as portas do paraíso. R.

Pai nosso...

ANTÍFONA MARIANA
Salve, Regina, mater misericordiae
Vita, dulcedo, et spes nostra, salve.
Ad te clamamus, exsules, filii evae.
Ad te suspiramus, gementes et flentes
in hac lacrimarum valle.

Eia ergo, Advocata nostra,
illos tuos misericordes oculos
ad nos converte.
Et Iesum, benedictum fructum ventris tui,
nobis post hoc exsilium ostende.
O clemens, O pia, O dulcis Virgo Maria.

Ora pro nobis sancta Dei Genetrix.
Ut digni efficiamur promissionibus Christi. Amen.
(Tradução)
Salve Rainha, Mãe de Misericórdia, vida e doçura esperança nossa salve! A vós bradamos degredados filhos de Eva.
A vós suspiramos gemendo e chorando neste vale de lágrimas.
Eia, pois advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei, e depois deste desterro, mostrai-nos Jesus, bendito fruto do vosso ventre, ó clemente, ó piedosa ó doce e sempre Virgem Maria.
Rogai por nós Santa Mãe de Deus, para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém

SEJAM SANTOS!
Na escola da santidade.

Evangelho do dia

Evangelho segundo São Marcos 6,53-56.

Naquele tempo, Jesus e os seus discípulos fizeram a travessia do lago e vieram para terra em Genesaré, onde aportaram.
Quando saíram do barco, as pessoas reconheceram logo Jesus;
então percorreram toda aquela região e começaram a trazer os doentes nos catres, para onde ouviam dizer que Ele estava.
Nas aldeias, cidades ou casais onde Jesus entrasse, colocavam os enfermos nas praças públicas e pediam que os deixasse tocar-Lhe ao menos na orla do manto. E todos os que O tocavam ficavam curados.