Aleteia
Sábado 24 Outubro |
São Maglório
Oração do dia
Festividade do diaHistórias de Santos

São Calógero

Eremita (†561, aprox.)

CALOGERUS THE ANCHORITE

Public Domain

O termo “calógero” é de origem grega e significa “belo velho”. Para os antigos gregos, em geral tudo o que é belo é igualmente justo e bom. Por esse motivo era comum – tanto no Oriente quanto no Sul da Itália, que recebeu uma forte influência do mundo grego – que esse termo fosse empregado para os monges eremitas, homens justos e bons. Conforme a tradição, São Calógero teria nascido por volta do ano 466 em Calcedônia, no Bósforo. Desde menino praticava jejuns, rezava e estudava a Sagrada Escritura. Mais tarde ele foi até Roma em peregrinação e recebeu do Papa Félix (483-492) a permissão para viver na solidão. Durante sua reclusão teve uma visão de anjos – ou uma inspiração divina – que lhe indicou a ilha da Sicília como um local que demandava evangelização. Tendo recebido autorização, se dirigiu para a ilha com alguns companheiros, com a finalidade de anunciar o evangelho, expulsar os demônios e tirar do povo a prática de adoração de divindades pagãs. Durante sua permanência na cidade de Lipari teve a visão da morte do rei Teodorico, que havia começado uma perseguição aos cristãos latinos. De Lipari, São Calógero partiu para a Sicília onde foi habitar junto ao monte que hoje traz seu nome. Vivia em meio à grutas e rochedos, lutando contra os demônios que assolavam aquela região. Segundo uma narrativa lendária, São Calógero, já velho, e com dificuldades para se alimentar em meio aos rochedos, recebia quotidianamente a visita de uma pequena corsa que lhe fornecia leite para que se alimentasse. Um caçador, a espreita percebendo o pequeno animal desferiu uma flechada. A corsa, ferida mortalmente, conseguiu se arrastar e entrar na caverna do santo. Ali chegando morreu entre os braços do pobre monge. O caçador, ao perceber o que havia feito, pediu perdão a São Calógero e se tornou seu discípulo, ao se despedir de São Calógero, o caçador prometeu eu o visitaria com frequência. Quarenta dias após a morte da pequena corsa, numa de suas visitas, o caçador encontrou o santo morto: estava de joelhos diante do pequeno altar em que ele oferecia o santo sacrifício. Era o dia 18 de junho do ano 561. São Calógero é um dos santos mais venerados na ilha da Sicília.

Descubra outros santos clicando aqui
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
SAINT MICHAEL
Philip Kosloski
Oração a São Miguel por proteção contra inimi...
Rosário
Philip Kosloski
Benefícios do Rosário: 3 virtudes que aprende...
Papa Pedro João Paulo II Bento XVI Francisco
Reportagem local
Pedro, João Paulo, Bento e Francisco: 4 Papas...
Ver mais