Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia
Festividade do dia

segunda-feira 18 março
Bem-aventurada Celestina Donati

Fundadora (†1925)

MAN
Compartilhar
Santo do dia

Descendente de uma antiga e rica família da cidade de Florença, Itália, Maria Ana é a filha caçula da família. Nascida em 1848, seu pai e funcionário de uma casa da nobreza italiana e exerce a função de Juiz. Em virtude da profissão, a família se vê obrigada a contínuas transferências por várias localidades da Itália. Maria Ana, apesar das contínuas mudanças de casa, cresce amparada por uma piedade extraordinariamente madura. Aos poucos vai percebendo que, apesar de possuir tudo – amor, carinho da família, bens materiais, boa educação etc. – sente um vazio muito grande, e esse vazio, é na verdade um chamado que Deus vai fazendo ao seu coração. Após um período de reflexão e discernimento sente que sua vocação é a vida religiosa, mas diante da contrariedade de seu pai, decide obedecer a vontade paterna. É assim que até a idade de 41 anos Maria Ana cumprirá fielmente seus deveres de filha. Nada é por acaso. Durante esse longo tempo de espera, pôde ser acompanhada pelo Padre Celestino Zini – religioso escolápio – que, por sua vez, lhe inculcou o carisma do fundador de sua congregação: São José de Calazans, considerado o padroeiro das escolas cristãs. É assim que, agora livre para seguir sua vocação, Maria Ana percebe que deve se lançar no âmbito da educação: começa abrindo uma escola gratuita para moças pobres, pois percebe claramente que a ignorância era uma arma que deveria ser combatida para que as moças não caíssem prisioneiras da exploração. Diante das necessidades de seu tempo, se vê impelida a fundar as “Filhas pobres de São José de Calazans” um projeto nascido da necessidade que contará com a aprovação eclesiástica. Com a fundação do pequeno grupo de religiosas Maria Ana emitirá os votos e receberá o novo nome de Irmã Celestina. A atenção de Irmã Celestina logo se voltará às mais moças mais necessitadas de seu tempo: as filhas dos detentos que, além da miséria financeira, sofriam todo tipo de abuso, experimentando uma grande miséria moral. Sua atividade, no entanto, surtiu num primeiro momento escândalo na sociedade, que não via o porque de uma congregação se dedicar a gente como essa, excluída totalmente da sociedade. Aos poucos, e com muita paciência, Irmã Celestina vai convencendo personagens importantes que, com seus bens, vão colaborando à obra dessa incansável irmã. Para ela, filha de um juiz, era um golpe duro ficar muitas vezes “fora da regra”: contas para serem saldadas eram uma constante em sua vida, tudo em favor dos pobres. Apesar da falta de dinheiro crônica Irmã Celestina não cessa de lutar pelos seus pobres. No dia 18 de março de 1925, Madre Celestina Donati, após não medir esforços em prol dos pobres entregou sua alma a Deus. Sua obra, no entanto, continua viva para além das fronteiras italianas: suas irmãs estão presentes também no Brasil e na Romênia, sempre trabalhando em favor da educação daqueles que nada tem.

Descubra outros santos clicando aqui

Oração para esta manhã

Hoje não fecheis o vosso coração, mas ouvi a voz do Senhor!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre. Amém
Hino
Ó Cristo, sol de justiça,
brilhai nas trevas da mente.
Com força e luz, reparai
a criação novamente.

Dai-nos, no tempo aceitável,
um coração penitente,
que se converta e acolha
o vosso amor paciente.

A penitência transforme
tudo o que em nós há de mal.
É bem maior que o pecado
o vosso dom sem igual.

Um dia vem, vosso dia,
e tudo então refloresce.
Nós, renascidos na graça,
exultaremos em prece.

A vós, Trindade clemente,
com toda a terra adoramos,
e no perdão renovados
um canto novo cantamos.

Salmo 41(42)

Quem tem sede, venha, e quem quiser, receba, de graça, a água da vida (Ap 22,17).

Assim como a corça suspira
pelas águas correntes,
suspira igualmente minh'alma
por vós, ó meu Deus!

Minha alma tem sede de Deus,
e deseja o Deus vivo.
Quando terei a alegria de ver
a face de Deus?

O meu pranto é o meu alimento
de dia e de noite,
enquanto insistentes repetem:
"Onde está o teu Deus?"

Recordo saudoso o tempo
em que ia com o povo.
Peregrino e feliz caminhando
para a casa de Deus,
entre gritos, louvor e alegria
da multidão jubilosa.

Por que te entristeces, minh'alma,
a gemer no meu peito?
Espera em Deus! Louvarei novamente
o meu Deus Salvador!

Minh'alma está agora abatida,
e então penso em vós,
do Jordão e das terras do Hermon
e do monte Misar.

Como o abismo atrai outro abismo,
ao fragor das cascatas,
vossas ondas e vossas torrentes
sobre mim se lançaram.

Que o Senhor me conceda de dia
sua graça benigna
e de noite, cantando, eu bendigo
ao meu Deus, minha vida.

Digo a Deus: "Vós que sois meu amparo,
por que me esqueceis?
Por que ando tão triste e abatido
pela opressão do inimigo?"

Os meus ossos se quebram de dor,
ao insultar-me o inimigo;
ao dizer cada dia de novo:
"Onde está o teu Deus?"

Por que te entristeces, minh'alma,
a gemer no meu peito?
Espera em Deus! Louvarei novamente
o meu Deus Salvador!

Glória ao Pai...

Leitura breve Ex 19,4-6a
Vós vistes o que fiz aos egípcios, e como vos levei sobre asas de águia e vos trouxe a mim. Portanto, se ouvirdes a minha voz e guardardes a minha aliança, sereis para mim a porção escolhida dentre todos os povos, porque minha é toda a terra. E vós sereis para mim um reino de sacerdotes e uma nação santa.

Feliz o povo cujo Deus é o Senhor! Caminhemos, olhos fixos em Jesus!
Deus ama o direito e a justiça.

BENEDICTUS
Quem é sábio brilhará como a luz no firmamento; quem ensina à multidão os caminhos da justiça, fulgirá como as estrelas pelos séculos eternos

Bendito seja o Senhor Deus de Israel,
porque a seu povo visitou e libertou;

e fez surgir um poderoso Salvador
na casa de Davi, seu servidor,

como falara pela boca de seus santos,
os profetas desde os tempos mais antigos,

para salvar-nos do poder dos inimigos
e da mão de todos quantos nos odeiam.

Assim mostrou misericórdia a nossos pais,
recordando a sua santa Aliança

e o juramento a Abraão, o nosso pai,
de conceder-nos que, libertos do inimigo,

a ele nós sirvamos sem temor
em santidade e em justiça diante dele,
enquanto perdurarem nossos dias.

Serás profeta do Altíssimo, ó menino,
pois irás andando à frente do Senhor
para aplainar e preparar os seus caminhos,

anunciando ao seu povo a salvação,
que está na remissão de seus pecados;

pela bondade e compaixão de nosso Deus,
que sobre nós fará brilhar o Sol nascente,

para iluminar a quantos jazem entre as trevas
e na sombra da morte estão sentados

e para dirigir os nossos passos,
guiando-os no caminho da paz.

Glória ao Pai...

Preces

Bendigamos a Deus Pai, que nos concede a graça de oferecer-lhe o sacrifício de louvor neste dia quaresmal; e o invoquemos:

R. Iluminai-nos, Senhor, com a vossa Palavra!

Deus todo-poderoso e cheio de misericórdia, concedei-nos o espírito de oração e penitência,
– e acendei em nossos corações a chama do amor por vós e por nossos irmãos e irmãs. R.

Ensinai-nos a cooperar convosco, para restaurar todas as coisas em Cristo,
– a fim de que na terra reinem a justiça e a paz. R.

Revelai-nos a íntima natureza e o valor de todas as criaturas,
– para que nos associemos a elas no Cântico de louvor à vossa glória. R.

Perdoai-nos por termos ignorado muitas vezes a presença de Cristo nos pobres, nos infelizes e nos marginalizados,
– e porque não respeitamos vosso Filho nestes nossos irmãos e irmãs. R.

(Intenções livres)

Pai nosso ...

Oração
Ó Deus, que levastes vossa Igreja a penetrar mais profundamente nos mistérios da salvação pela catequese de São Cirilo de Jerusalém, concedei-nos, por suas preces, conhecer de tal modo o vosso Filho, que tenhamos a vida em plenitude. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Meditação do dia

...com a mesma medida com que medirdes os outros, vós também sereis medidos

Apazigua aqui a péssima paixão de nossas consciências, ou de nosso espírito, que é o princípio e a origem do soberbo desprezo, pois ainda que convenha que alguns sejam circunspectos e falem como Deus deseja, assim não o fazem, mas censuram a conduta dos outros; e quando vem que alguns fazem mal, esquecendo-se de seus próprios defeitos, deles murmuram. Que nós receberemos uma recompensa abundante de Deus – que dá com generosidade aos que o amam – é demonstrado quando diz ainda: “Uma boa medida, calcada, sacudida, transbordante será colocada em vosso colo”. Isto é explicado pelo Apóstolo quando diz: “O que pouco semeia (isto é, com uma mão mesquinha), colherá pouco (isto é, não com abundância), e o que semeia em meio à bendição, colherá também em meio à bênçãos” (isto é, em abundância).

São Cirilo de Jerusalém
Bispo e doutor da Igreja (313-386).

Oração para esta tarde

Primeiras Vésperas de São José
Esposo da Bem-Aventurada Virgem Maria

Louvemos ao Senhor festejando São José.
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém.

Hino
Celebre a José a corte celeste,
prossiga o louvor o povo cristão:
Só ele merece à Virgem se unir
em casta união.

Ao ver sua Esposa em Mãe transformar-se,
José quer deixar Maria em segredo.
Um anjo aparece: "É obra de Deus!"
Afasta-lhe o medo.

Nascido o Senhor, nos braços o estreitas.
A ti tem por guia, a Herodes fugindo.
Perdido no templo, és tu que o encontras,
chorando e sorrindo.

Convívio divino a outros, somente
após dura morte é dado gozar.
Mas tu, já em vida, abraças a Deus,
e o tens no teu lar!

Ó dai-nos, Trindade, o que hoje pedimos:
Um dia no céu, cantarmos também
o canto que canta o esposo da Virgem
sem mácula. Amém.

Salmo 112(113)

Louvai, louvai, ó servos do Senhor,
louvai, louvai o nome do Senhor!
Bendito seja o nome do Senhor,
agora e por toda a eternidade!
Do nascer do sol até o seu ocaso,
louvado seja o nome do Senhor!

O Senhor está acima das nações,
sua glória vai além dos altos céus.
Quem pode comparar-se ao nosso Deus,
ao Senhor, que no alto céu tem o seu trono
e se inclina para olhar o céu e a terra?

Levanta da poeira o indigente
e do lixo ele retira o pobrezinho,
para fazê-lo assentar-se com os nobres,
assentar-se com os nobres do seu povo.
Faz a estéril, mãe feliz em sua casa,
vivendo rodeada de seus filhos.

Glória ao Pai...

Leitura Cl 3,23-24
Tudo o que fizerdes, fazei-o de coração, como para o Senhor e não para os homens. Pois vós bem sabeis que recebereis do Senhor a herança como recompensa. Servi a Cristo, o Senhor!

O justo como o lírio brotará.
E florirá ante o Senhor eternamente.

MAGNIFICAT
Eis o servo fiel e prudente,
a quem Deus confiou a sua família.

A minha alma engrandece ao Senhor
e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador;
pois ele viu a pequenez de sua serva,
desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita.

O Poderoso fez por mim maravilhas
e Santo é o seu nome!
Seu amor, de geração em geração,
chega a todos que o respeitam;

demonstrou o poder de seu braço,
dispersou os orgulhosos;
derrubou os poderosos de seus tronos
e os humildes exaltou;

De bens saciou os famintos,
e despediu, sem nada, os ricos.
Acolheu Israel, seu servidor,
fiel ao seu amor,

como havia prometido aos nossos pais,
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre.

Glória ao Pai...

Preces
Invoquemos humildemente a Deus, fonte de toda a paternidade no céu e na terra; e digamos:

R. Pai santo, que estais nos céus, ouvi-nos!

Pai santo, que revelastes a São José o mistério de Cristo, escondido desde toda a eternidade,
– fazei-nos conhecer melhor o vosso Filho, Deus e Homem. R.

Pai celeste, que alimentais as aves do céu e vestis a erva dos campos,
– dai a todos os seres humanos o pão do corpo e da alma. R.

Criador de todas as coisas, que nos confiastes a obra de vossas mãos,
– fazei que os operários possam honestamente usufruir a recompensa dos seus trabalhos. R.

Deus de toda justiça, que amais os justos,
– dai-nos, por intercessão de São José, a graça de caminhar na vida praticando o que vos agrada. R.

(Intenções livres)

Concedei benignamente a vossa misericórdia aos agonizantes e aos que já partiram desta vida,
– por intercessão de vosso Filho, junto com sua mãe Maria e São José. R.

Pai nosso...

ANTÍFONA MARIANA
Ave, Regina Caelorum,
Ave, Domina Angelorum:
Salve, radix, salve, porta
Ex qua mundo lux est orta:
Gaude, Virgo gloriosa,
Super omnes speciosa,
Vale, o valde decora,
Et pro nobis Christum exorta.

(Tradução)
Ave, Rainha do céu;
ave, dos anjos Senhora;
ave, raiz, ave, porta;
da luz do mundo és aurora.
Exulta, ó Virgem gloriosa,
as outras seguem-te após;
nós te saudamos: adeus!
E pede a Cristo por nós!

SEJAM SANTOS!
Na escola da santidade.

Evangelho do dia

Evangelho segundo São Lucas 6,36-38.

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: «Sede misericordiosos, como o vosso Pai é misericordioso.
Não julgueis e não sereis julgados. Não condeneis e não sereis condenados. Perdoai e sereis perdoados.
Dai e dar-se-vos-á: deitar-vos-ão no regaço uma boa medida, calcada, sacudida, a transbordar. A medida que usardes com os outros será usada também convosco».