Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Receba diretamente no seu email os artigos da Aleteia.
Cadastrar-se

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia
Festividade do dia

segunda-feira 18 novembro
Bem-aventurada Maria do Refúgio (Maria Gabriela)

Virgem e mártir (†1936)

HILL
Compartilhar

A Ordem da Visitação de Santa Maria – fundada por São Francisco de Sales – deu seu sangue no triste episódio da Guerra Civil Espanhola, ocorrido em 1936. Sete religiosas dessa Ordem pertenciam ao primeiro mosteiro fundado em Madrid e eram oriundas de várias regiões da Espanha. Com o perigo da guerra iminente, boa parte da comunidade das religiosas buscou refúgio na região de Navarra, mas não sete delas não intencionavam abandonar totalmente o mosteiro de Madrid, permanecendo escondidas num pequeno local nas proximidades do mosteiro. Durante esse período procuravam seguir a regra da comunidade e a vida de oração da melhor maneira possível. Mas o inevitável acabou ocorrendo: no dia 18 de julho de 1936 começaram as violentas lutas; o mosteiro acabou incendiado e, depois, transformado em centro militar das milícias revolucionárias. Apesar de as irmãs poderem fugir, permaneceram firmes, oferecendo suas vidas pela paz. No mês de agosto, no auge do verão, uma mulher denunciou a presença das irmãs para os milicianos: invadiram o local onde estavam escondidas as irmãs e, mesmo não encontrando nenhuma prova contra elas, resolveram levá-las na carroceria de um caminhão. Todas fizeram o sinal da cruz, certas de que o fim havia chegado. Expostas no caminhão, sofreram as injúrias da multidão ensandecida: foram conduzidas para fora da cidade. A certo momento o caminhão para. As irmãs descem e são colocadas diante de uma parede. Ouve-se uma saraivada de tiros… os corpos caídos no chão, regaram com seu sangue a terra de Espanha. A mais jovem delas, Maria Cecília, milagrosamente sobreviveu ao fuzilamento. Em meio à escuridão da noite fugiu sem destino, cheia de medo… encontrando outro grupo de milicianos, confessou ser uma freira. Foi levada para a prisão e fuzilada no dia 23 de novembro, diante do muro do cemitério de Madrid. As sete irmãs mártires eram guiadas pela Irmã Maria Gabriela, nascida em Granada, Espanha em 1872. Foi superiora das irmãs de 1929 até 1936, quando encontrou o divino esposo no martírio. Sua presença foi de grande reforço e infundia coragem nas demais irmãs: companheiras de claustro, encontraram-se unidas no martírio…

Descubra outros santos clicando aqui

Ao Senhor, Rei dos Apóstolos, vinde adoremos!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo
como era no princípio, agora e sempre.
Amém
Hino
Clarão da glória do Pai,
ó Luz, que a Luz origina,
sois Luz da Luz, fonte viva,
sois Luz que ao dia ilumina.

Brilhai, ó Sol verdadeiro,
com vosso imenso esplendor,
e dentro em nós derramai
do Santo Espírito o fulgor.

Também ao Pai suplicamos,
ao Pai a glória imortal,
ao Pai da graça potente,
que a nós preserve do mal.

Na luta fortes nos guarde
vencendo o anjo inimigo.
Nas quedas, dê-nos a graça,
de nós afaste o perigo.

As nossas mentes governe
num corpo casto e sadio.
A nossa fé seja ardente,
e não conheça desvio.

O nosso pão seja o Cristo,
e a fé nos seja a bebida.
O Santo Espírito bebamos
nas fontes puras da vida.

Alegre passe este dia,
tão puro quanto o arrebol.
A fé, qual luz cintilante,
refulja em nós como o sol.

A aurora em si traz o dia.
Vós, como aurora, brilhai:
ó Pai, vós todo no Filho,
e vós, ó Verbo, no Pai.

Salmo 28(29)

Do céu veio uma voz que dizia: 'Este é o meu Filho amado, no qual eu pus o meu agrado' (Mt 3,17).

Filhos de Deus, tributai ao Senhor,
tributai-lhe a glória e o poder!
Dai-lhe a glória devida ao seu nome;
adorai-o com santo ornamento!

Eis a voz do Senhor sobre as águas,
sua voz sobre as águas imensas!
Eis a voz do Senhor com poder!
Eis a voz do Senhor majestosa,
sua voz no trovão reboando!

Eis que a voz do Senhor quebra os cedros,
o Senhor quebra os cedros do Líbano.
Faz o Líbano saltar qual novilho,
e o Sarion como um touro selvagem!

Eis que a voz do Senhor lança raios,
8 a voz de Deus faz tremer o deserto,
faz tremer o deserto de Cades.
Voz de Deus que contorce os carvalhos,
voz de Deus que devasta as florestas!
No seu templo os fiéis bradam: 'Glória!'

É o Senhor que domina os dilúvios,
o Senhor reinará para sempre.
Que o Senhor fortaleça o seu povo,
e abençoe com paz o seu povo!

Glória ao Pai...

Leitura breve 2Ts 3,10b-13
Quem não quer trabalhar, também não deve comer. Ora, ouvimos dizer que entre vós há alguns que vivem à toa, muito ocupados em não fazer nada. Em nome do Senhor Jesus Cristo, ordenamos e exortamos a estas pessoas que, trabalhando, comam na tranquilidade o seu próprio pão. E vós mesmos, irmãos, não vos canseis de fazer o bem.

O Senhor seja bendito, bendito seja eternamente!
Só o Senhor faz maravilhas.

BENEDICTUS
Senhor, o apóstolo Pedro, e Paulo, o doutor das nações,
transmitiram a nós vossa lei.

Bendito seja o Senhor Deus de Israel,
porque a seu povo visitou e libertou;

e fez surgir um poderoso Salvador
na casa de Davi, seu servidor,

como falara pela boca de seus santos,
os profetas desde os tempos mais antigos,

para salvar-nos do poder dos inimigos
e da mão de todos quantos nos odeiam.

Assim mostrou misericórdia a nossos pais,
recordando a sua santa Aliança

e o juramento a Abraão, o nosso pai,
de conceder-nos que, libertos do inimigo,

a ele nós sirvamos sem temor
em santidade e em justiça diante dele,
enquanto perdurarem nossos dias.

Serás profeta do Altíssimo, ó menino,
pois irás andando à frente do Senhor
para aplainar e preparar os seus caminhos,

anunciando ao seu povo a salvação,
que está na remissão de seus pecados;

pela bondade e compaixão de nosso Deus,
que sobre nós fará brilhar o Sol nascente,

para iluminar a quantos jazem entre as trevas
e na sombra da morte estão sentados

e para dirigir os nossos passos,
guiando-os no caminho da paz.

Glória ao Pai...

Preces
Glorifiquemos a Cristo, em quem habita toda a plenitude da graça e do Espírito Santo; e imploremos com amor e confiança:

R. Dai-nos, Senhor, o vosso Espírito!

Concedei-nos que este dia seja agradável, pacífico e sem mancha,
– para que, ao chegar a noite, vos possamos louvar com alegria e pureza de coração. R.

Brilhe hoje sobre nós a vossa luz,
– e dirigi o trabalho de nossas mãos. R.

Mostrai-nos vosso rosto de bondade, para vivermos este dia em paz,
– e que a vossa mão poderosa nos proteja. R.

Olhai com benignidade aqueles que se confiaram às nossas orações,
– e enriquecei-os com todos os bens da alma e do corpo. R.

(Intenções livres)

Pai nosso ...

Oração
Ó Deus, guardai sob a proteção dos apóstolos Pedro e Paulo a vossa Igreja, que deles recebeu a primeira semente do Evangelho, e concedei que por eles receba até o fim dos tempos a graça que a faz crescer. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Senhor Jesus! Tende compaixão de mim!

Porque os discípulos ainda eram carnais, não podiam compreender as palavras misteriosas. Por isso se realiza um milagre. Um cego recebe a vista na presença deles, para que este divino prodígio os confirme na fé. Por isso segue: “E aconteceu que se aproximando de Jericó, estava um cego sentado pedindo esmola...”. Esse cego representa todo o gênero humano, que, desde o primeiro pai, desconhecendo a claridade da verdadeira luz, sofre as trevas de sua condenação. Jericó quer dizer lua, que quando míngua a cada mês, representa o defeito de nossa mortalidade. Por isso, enquanto o criador se aproxima de Jericó, o cego recobra a vista; porque quando a divindade assumiu a debilidade de nossa carne, o gênero humano recebeu a luz que tinha perdido. Assim pois, aquele que desconhece a claridade da luz eterna, está cego, mas se crer em seu Redentor, que disse: “Eu sou a vida”, está sentado junto do caminho. E se crê nele e lhe roga para que possa ver a luz eterna, então está sentado e mendiga junto ao caminho. Ademais, aqueles que precedem Jesus, quando ele vem, representam a multidão dos desejos carnais e os tumultos dos vícios, que dissipam todo nosso pensamento antes que Jesus venha a nosso coração e nos perturbam em nossa oração. “Mas ele gritava mais ainda”; porque quanto mais grave é o tumulto de nossos pensamentos, mais devemos insistir na oração.

São Gregório Magno
In Evang. Hom. 21, 35-43
Papa e Doutor da Igreja (540-604).

Oração da tarde

Ao Senhor, Rei dos Apóstolos, vinde adoremos!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém.

Hino
Ó Deus, organizando
o líquido elemento,
as águas dividistes
firmando o firmamento.

As nuvens fazem sombra,
os rios dão frescor;
assim tempera a água,
dos astros o calor.

Em nós vertei a graça,
a água benfazeja;
do fogo das paixões,
constante, nos proteja.

Que a fé encontre a luz
e espalhe o seu clarão;
que nada impeça a alma
no impulso da ascensão!

Ao Pai e ao Filho, glória;
ao Espírito também:
louvor, honra e vitória
agora e sempre. Amém.

Cântico Ef 1,3-10

Bendito e louvado seja Deus,
o Pai de Jesus Cristo, Senhor nosso,
que do alto céu nos abençoou em Jesus Cristo
com bênção espiritual de toda sorte!

Foi em Cristo que Deus Pai nos escolheu,
já bem antes de o mundo ser criado,
para que fôssemos, perante a sua face,
sem mácula e santos pelo amor.

Por livre decisão de sua vontade,
predestinou-nos, através de Jesus Cristo,
a sermos nele os seus filhos adotivos,
para o louvor e para a glória de sua graça,
que em seu Filho bem-amado nos doou.

É nele que nós temos redenção,
dos pecados remissão pelo seu sangue.
Sua graça transbordante e inesgotável
Deus derrama sobre nós com abundância,
de saber e inteligência nos dotando.

E assim, ele nos deu a conhecer
o mistério de seu plano e sua vontade,
que propusera em seu querer benevolente,
na plenitude dos tempos realizar:
o desígnio de, em Cristo, reunir
todas as coisas: as da terra e as do céu.

Glória ao Pai...

Leitura Cl 1,9b-11
Que chegueis a conhecer plenamente a vontade de Deus, com toda a sabedoria e como discernimento da luz do Espírito. Pois deveis levar uma vida digna do Senhor, para lhe serdes agradáveis em tudo. Deveis produzir frutos em toda a boa obra e crescer no conhecimento de Deus, animados de muita força, pelo poder de sua glória, de muita paciência e constância, com alegria.

Curai-me, Senhor, pois pequei contra vós.
Eu vos digo: Meu Deus, tende pena de mim!

MAGNIFICAT
A minh'alma engrandece o Senhor,
porque olhou para a minha humildade.

A minha alma engrandece ao Senhor
e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador;
pois ele viu a pequenez de sua serva,
desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita.

O Poderoso fez por mim maravilhas
e Santo é o seu nome!
Seu amor, de geração em geração,
chega a todos que o respeitam;

demonstrou o poder de seu braço,
dispersou os orgulhosos;
derrubou os poderosos de seus tronos
e os humildes exaltou;

De bens saciou os famintos,
e despediu, sem nada, os ricos.
Acolheu Israel, seu servidor,
fiel ao seu amor,

como havia prometido aos nossos pais,
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre.

Glória ao Pai...

Preces
Demos graças a Deus Pai que, lembrando a sua aliança, não cessa de nos fazer o bem. Cheios de confiança, elevemos a ele nossa oração, dizendo:

R. Dai-nos, Senhor, vossos bens com fartura!

Salvai, Senhor, o vosso povo,
– abençoai a vossa herança. R.

Congregai na unidade os que têm o nome de cristãos,
– para que o mundo acredite em Cristo, o Salvador que nos enviastes. R.

Concedei a vossa graça a todos os nossos amigos e conhecidos,
– para que em toda parte deem o testemunho de Cristo. R.

Manifestai o vosso amor aos agonizantes,
– e dai-lhes a vossa salvação. R.

(Intenções livres)

Sede misericordioso para com os nossos irmãos e irmãs falecidos,
– e abri-lhes as portas do paraíso. R.

Pai nosso...

ANTÍFONA MARIANA
Salve, Regina, Mater misericordiae, vita, dulcédo et spes nostra, salve. Ad te clamamus, éxsules filii Evae. Ad te suspirámus geméntes et flentes in hac lacrimárum valle. Eia ergo, advocáta nostra, illos tuos misericórdes óculos ad nos convérte. Et Jesum benedíctum fructum Ventris tui, nobis, post hoc exsílium, osténde. O clemens, o pia, o dulcis Virgo María!
Ora pro nobis, sancta Dei Génitrix. Ut digni efficiámur promissiónibus Christi.

Tradução:
Salve, Rainha, Mãe de misericórdia, vida, doçura e esperança nossa, salve! A vós bradamos, os degredados filhos de Eva; a vós suspiramos, gemendo e chorando neste vale de lágrimas. Eia, pois advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei; e depois deste desterro nos mostrai Jesus, bendito fruto do vosso ventre, ó clemente, ó piedosa, ó doce sempre Virgem Maria.
Rogai por nós, santa Mãe de Deus. Para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém.

SEJAM SANTOS!
Na escola da santidade.

Evangelho segundo São Lucas 18,35-43.
Naquele tempo, quando Jesus Se aproximava de Jericó, estava um cego a pedir esmola, sentado à beira do caminho.
Quando ele ouviu passar a multidão, perguntou o que era aquilo.
Disseram-lhe que era Jesus Nazareno que passava.
Então ele começou a gritar: «Jesus, filho de David, tem piedade de mim».
Os que vinham à frente repreendiam-no, para que se calasse, mas ele gritava ainda mais: «Filho de David, tem piedade de mim».
Jesus parou e mandou que Lho trouxessem. Quando ele se aproximou, perguntou-lhe:
«Que queres que Eu te faça?». Ele respondeu-Lhe: «Senhor, que eu veja».
Disse-lhe Jesus: «Vê. A tua fé te salvou».
No mesmo instante ele recuperou a vista e seguiu Jesus, glorificando a Deus. Ao ver o sucedido, todo o povo deu louvores a Deus.

Boletim
Receba Aleteia todo dia
São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.