Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quarta-feira 28 Outubro |
São Sálvio
Oração do dia
Festividade do diaHistórias de Santos

São Siro de Gênova

Bispo († c. 381)

CANONIZATION

Antoine Mekary | ALETEIA

Sabe-se bem pouco sobre as origens de São Siro.

Segundo estudos mais acurados, ele nasceu na região episcopal de Molliciana (hoje Molassana, no Val Bisagno), em Struppa, Itália, onde hoje existe uma grande e antiga basílica a ele dedicada. Por essa razão, muitas vezes, também é conhecido como São Siro de Struppa.

Uma tradição diz que ele era filho de Emiliano Dolcino – discípulo do bispo Félix –, casado com uma fervorosa cristã, originária da região do Rio Nervia, na Ligúria, Itália. O casal confiou o filho ao bispo Félix para que recebesse boa educação.

Depois de ordenado diácono, o bispo Félix o enviou para Villa Matutia (hoje São Remo). Siro teria sido enviado para ajudar o padre Ormisda, na função de bispo-auxiliar, ou seja, representante do bispo ou colaborador do mesmo.

Em Tabia (Taggia), ele teria realizado um exorcismo na filha de um certo Galião, um rico coletor de impostos, que se converteria ao cristianismo e daria à Igreja vastas porções de terra, perto de um riacho que se chamava Argentina.

Depois de alguns anos, Siro foi chamado de volta a Gênova pelo bispo Félix e, após morte deste foi aclamado bispo da cidade.

Durante o período de seu episcopado, que as fontes concordam em indicar que teve trinta anos de duração, aproximadamente entre 349 e 381, a vida cristã da cidade de Gênova progrediu a tal ponto que seus contemporâneos transmitiram o nome de Siro à posteridade, lembrando-o merecidamente como um pastor santo e vigilante.

Em idade avançada e com uma reputação de indiscutível santidade, Siro faleceu no dia 29 de junho de um ano não especificado, talvez em 381, que é considerado o último de seu episcopado. Foi sepultado na basílica genovesa dos Doze Apóstolos, que mais tarde recebeu seu nome e foi mencionada por São Gregório Magno.

O nome de Siro é relatado pelo bem-aventurado Jacopo da Varagine (Varazze), bispo genovês do século XIII, em sua história da diocese. Ele registra os seguintes nomes dos bispos do século IV em Gênova: Valentino, Félix, Siro e Rômulo.

Posteriormente, seus restos mortais foram transferidos para a Catedral da cidade pelo bispo Landolfo e, neste dia 7 de julho, a arquidiocese de Gênova celebra sua festa.

O martirológio romano, que lembra os santos e beatos no aniversário de seu nascimento no céu, optou pelo dia 29 de junho.

Descubra outros santos clicando aqui
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Pe. Zezinho
Francisco Vêneto
Duas emissoras brasileiras deturpam fatos em ...
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
Ver mais