Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sábado 28 Maio |
Aleteia logo
Oração do dia
Festividade do diaHistórias de Santos

Bem-aventurado Tadeu Dulny

Seminarista e mártir (†1942)

CHIQUINQUIRA

Rjcastillo-(CC BY-SA 3.0)

Santo do dia

Agostinho Kazotich nasceu numa família de posses em Traú, na Dalmácia. Com quinze anos de idade entrou na Ordem dos Dominicanos sendo enviado, após alguns anos, para Paris, a fim de aprofundar seus estudos. Retornando em sua pátria, se dedicou a combater heresias e fez amizade com Nicolau Boccasini, ex-Mestre da Ordem e futuro Papa Bento XI. De fato, quando Papa, Bento XI nomeou e ordenou pessoalmente Agostinho como Bispo da Zagábria onde prestou serviços durante um período difícil da história da região: havia lutas internas entre os nobres para a sucessão ao trono. Durante vinte anos Agostinho manteve-se a frente da diocese com um zelo pastoral que o levava muitas vezes a esquecer de si próprio, indo em socorro dos mais pobres e daqueles que eram assolados pela violência. Sua ação pastoral gerou uma série de intrigas que visavam minar a confiança que o Rei Caroberto depositava no bispo Agostinho. Em função dessas intrigas, Papa João XXII transferiu Agostinho para a cidade de Lucera de Santa Maria: uma cidade envolvida numa luta renhida contra os sarracenos que aí buscavam se instalar. Com a força da persuasão de suas palavras e exemplos, Agostinho conseguiu a proeza de reaviva toda a cidade, conferindo-lhe um rosto cristão. Após tantos esforços, o Bem-aventurado Agostinho morria em Lucera no dia 3 de agosto de 1323. A catedral da cidade conserva com muita devoção o corpo de Agostinho; no dia 17 de julho de 1700, o Papa Inocêncio XII confirmou o culto, reconhecendo Agostinho como Bem-aventurado.

Descubra outros santos clicando aqui
PT300x250.gif
Top 10
Ver mais