Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quinta-feira 21 Outubro |
São Bertoldo de Parma 
Aleteia logo
Oração do dia
Festividade do diaHistórias de Santos

Santa Paulina do Coração Agonizante de Jesus

Religiosa, fundadora (†1942)

CHURCH VIETNAM

PHOTOBUAY I Shutterstock

Nascida no norte Itália aos 16 de dezembro de 1865, na cidadezinha de Vigolo Vattaro, Amabile Lúcia Visintainer era a segunda filha do casal Antônio Napoleone Visintainer e Anna Pianezzer. No ano de 1875 muitos habitantes dessa região imigraram para o Brasil em busca de melhores condições. Também a família de Amabile seguiu o caminho da imigração, fixando-se no estado de Santa Catarina, no sul do Brasil. Quando tinha 22 anos de idade, sua mãe faleceu, colocando a jovem Amabile na posição de cuidar da casa e dos irmãos mais novos, coisa que ela fez até o pai contrair novo casamento. Mesmo com todos os afazeres domésticos, Amabile encontrava tempo para se dedicar à função de catequista na paróquia e à visita aos doentes. No ano de 1890, com uma amiga – Virgínia Rosa Nicolodi – começou a cuidar de uma doente de câncer em fase terminal; nessa ocasião nasce a ideia da fundação da Congregação das Irmãzinhas da Imaculada Conceição. Após a morte da doente, elas se transferem para a cidade de Nova Trento, e o bispo diocesano as acolhe e aprova canonicamente a nova Congregação. Amabile faz os votos e recebe o nome de Paulina. Madre Paulina, como será chamada por todos aqueles que a conheceram, foi eleita pela sua comunidade a Superiora Geral. No ano de 1903 deixa Nova Trento e ruma para São Paulo, fixando-se no Bairro do Ipiranga. Aí se dedicará a cuidar de idosos que haviam sido escravos, de órfãos e das filhas de ex-escravos pobres. No período que fora Superiora Geral, sua congregação conheceu um rápido florescimento de vocações: por ocasião de sua morte, havia 45 casas da Congregação espalhadas em cinco Estados brasileiros. Madre Paulina, com sua vida de dedicação ao próximo deixou clara a mensagem de total disponibilidade à Igreja e aos mais necessitados, vivendo em grau heroico as virtudes da Fé, Esperança e Caridade. Ao morrer, com 76 anos, era grande sua fama de santidade. São João Paulo II a canonizou no dia 19 de maio de 2002.

Descubra outros santos clicando aqui
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
VENEZUELA
Ramón Antonio Pérez
Quando a vida surge do abuso atroz a uma jovem deficiente
2
Pe. Zezinho
Reportagem local
Pe. Zezinho faz alerta sobre orações de cura e libertação
3
COMMUNION
Philip Kosloski
Oração ao seu anjo da guarda antes de receber a comunhão
4
Carlo Acutis
Gelsomino Del Guercio
“Ele fechou os olhos sorrindo”: foi assim que Carlo Acutis morreu
5
Reportagem local
A bela lição que este menino deu a todos ao se aproximar do Papa
6
São José
Francisco Vêneto
Padre irmão de piloto de avião partido em dois: “São José tem mui...
7
Aleteia Brasil
O segredo da cidade bósnia onde jamais houve um divórcio
Ver mais