Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia
Festividade do dia

sexta 16 novembro
Santa Margarida da Escócia

Rainha e viúva (†1093)

MARGARET OF SCOTLAND
Compartilhar
Santo do dia

Santa Margarida nasceu em 1046 e em suas veias corria sangue real. Seu pai era Eduardo, o herdeiro exilado da Inglaterra e sua mãe, Ágata, era irmã da rainha da Hungria, descendendo diretamente do rei Santo Estêvão. A família teve que se refugiar na Escócia e aí, o rei Malcom III, pediu a mão de Margarida em casamento: com 24 anos Margarida se tornava rainha da Escócia. Teve ao todo oito filhos e os educou com esmero na fé cristã. Seu marido, considerado uma pessoa rude e sem instrução, tinha um grande respeito pela mulher que tinha instrução. Ele sempre beijava os livros de oração que ela lia com devoção. Constantemente pedia conselho à esposa, mesmo em questões de Estado. Margarida viveu uma vida devotada à família e aos pobres do reino, que procurava ajudar da melhor maneira possível. Sua vida transcorreu sem muitos percalços até o final, quando, já no leito de morte, teve uma notícia triste: seu marido e um de seus filhos haviam morrido em combate. O mensageiro tentou dar a notícia à rainha com todo o cuidado possível, procurando não a entristecer ainda mais. Diante da chegada do mensageiro, ela teria dito já ter recebido em seu ânimo a notícia da morte do filho e do marido, e agradecia a Deus que essa dor da perda a ajudaria a expiar os pecados de toda sua vida. Essa constatação da Santa fora formulada na convicção que ela, Margarida, estaria com seu marido e seu filho dali a pouco. Sua vida virtuosa e seus exemplos a tornaram alguém a ser venerado e estimado pela comunidade cristã; de fato, desde 1691 seu culto continua firme e forte não apenas na Escócia.

Descubra outros santos clicando aqui

Oração para esta manhã

É suave o Senhor: Bendizei o seu nome!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém
Hino
Deus, que criastes a luz,
sois luz do céu radiosa.
O firmamento estendestes
com vossa mão poderosa.

A aurora esconde as estrelas,
e o seu clarão vos bendiz.
A brisa espalha o orvalho,
a terra acorda feliz.

A noite escura se afasta,
as trevas fogem da luz.
A estrela d'alva fulgura,
sinal de Cristo Jesus.

Ó Deus, sois dia dos dias,
sois luz da luz, na Unidade,
num só poder sobre os seres,
numa só glória, Trindade.

Perante vós, Salvador,
a nossa fronte inclinamos.
A vós, ao Pai e ao Espírito
louvor eterno cantamos.
Salmo 147(147 B)

Vou mostrar-te a noiva, a esposa do Cordeiro (Ap 21,9).

Glorifica o Senhor, Jerusalém!
Ó Sião, canta louvores ao teu Deus!

Pois reforçou com segurança as tuas portas,
e os teus filhos em teu seio abençoou;
a paz em teus limites garantiu
e te dá como alimento a flor do trigo.

Ele envia suas ordens para a terra,
e a palavra que ele diz corre veloz;
ele faz cair a neve como lã
e espalha a geada como cinza.

Como de pão lança as migalhas do granizo,
a seu frio as águas ficam congeladas.
Ele envia sua palavra e as derrete,
sopra o vento e de novo as águas correm.

Anuncia a Jacó sua palavra,
seus preceitos e suas leis a Israel.
Nenhum povo recebeu tanto carinho,
a nenhum outro revelou os seus preceitos.

Leitura breve Gl 2,19b-20
Com Cristo, eu fui pregado na cruz. Eu vivo, mas não eu, é Cristo que vive em mim. Esta minha vida presente, na carne, eu a vivo na fé, crendo no Filho de Deus, que me amou e por mim se entregou.

Lanço um grito ao Senhor, Deus Altíssimo, este Deus que me dá todo bem.
Que me envie do céu sua ajuda!

BENEDICTUS
Pelo amor do coração de nosso Deus,
o Sol nascente nos veio visitar.

Bendito seja o Senhor Deus de Israel,
porque a seu povo visitou e libertou;

e fez surgir um poderoso Salvador
na casa de Davi, seu servidor,

como falara pela boca de seus santos,
os profetas desde os tempos mais antigos,

para salvar-nos do poder dos inimigos
e da mão de todos quantos nos odeiam.

Assim mostrou misericórdia a nossos pais,
recordando a sua santa Aliança

e o juramento a Abraão, o nosso pai,
de conceder-nos que, libertos do inimigo,

a ele nós sirvamos sem temor
em santidade e em justiça diante dele,
enquanto perdurarem nossos dias.

Serás profeta do Altíssimo, ó menino,
pois irás andando à frente do Senhor
para aplainar e preparar os seus caminhos,

anunciando ao seu povo a salvação,
que está na remissão de seus pecados;

pela bondade e compaixão de nosso Deus,
que sobre nós fará brilhar o Sol nascente,

para iluminar a quantos jazem entre as trevas
e na sombra da morte estão sentados

e para dirigir os nossos passos,
guiando-os no caminho da paz.

Glória ao Pai...
Preces
Cheios de confiança em Deus, que ama e protege todos aqueles que redimiu por seu Filho Jesus Cristo, façamos nossa oração; e digamos:

R. Confirmai, Senhor, o que em nós realizastes!

Deus de misericórdia, dirigi nossos passos nos caminhos da santidade,
– para pensarmos somente o que é verdadeiro, justo e digno de ser amado. R.

Por amor do vosso nome, não nos abandoneis para sempre,
– mas lembrai-vos, Senhor, da vossa aliança. R.

De coração contrito e humilde, sejamos acolhidos por vós,
– pois não serão confundidos aqueles que em vós esperam. R.

Vós, que, em Cristo, nos chamastes para uma missão profética,
– dai-nos a graça de proclamarmos sem temor as maravilhas do vosso poder. R.

(Intenções livres)

Pai nosso ...

Oração
Derramai, Senhor, sobre o povo suplicante a abundância da vossa graça, para que, seguindo os vossos mandamentos, receba estímulo e ajuda na vida presente e felicidade sem fim na pátria futura. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Meditação do dia

Deus aguarda o tempo de nossa conversão...

O amigo dos homens, vendo a maldade que reinava, disse à Noé: “Decidi acabar com toda a carne, pois a terra está cheia de violências. Tu és o único justo que vi nesta geração... Constrói uma arca; como uma matriz levará as sementes das espécies futuras. A farás como uma casa, a imagem da Igreja. Nela te colocarei, a ti que com tanta fé me gritas: ‘Pelo amor que tens para comigo, salva a todos os homens da cólera, Redentor do universo’”. O eleito levou a cabo sua obra inteligentemente, e gritava com fé para os homens sem fé: “Apressai-vos, saí de vosso pecado, rejeitai toda maldade, arrependei-vos! Lavai com lágrimas a sujeira de vossas almas, e por meio da fé, reconciliai-vos com o poder de nosso Deus”. Mas estes filhos de rebeldia não se converteram. À sua perversidade, somaram a dureza do coração. Então Noé suplicou a Deus com lágrimas: “Em outro tempo me fizeste sair do seio de minha mãe; salva-me agora nesta arca misericordiosa! Vou fechar-me nesta espécie de túmulo, mas quando me chamares, dela sairei por meio de teu poder! Vou prefigurar nela a ressurreição de todos os homens, quando salvares a teus justos do fogo, tal como me salvarás das ondas do mal, arrancando-me do meio dos ímpios, a mim, que com fé grito a ti, juiz compassivo: ‘Pelo amor que tens por nós, salva todos os homens da cólera, redentor do universo’”

São Romano o Melodista
Importante compositor bizantino de hinos religiosos (†560, aprox.).

Oração para esta tarde

A Esposa diz: Vem! O Espírito diz: Vem!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém.

Hino
Onze horas havendo passado,
chega a tarde e o dia termina;
entoemos louvores a Cristo,
que é imagem da glória divina.

Já passaram as lutas do dia,
o trabalho por vós contratado;
dai aos bons operários da vinha
dons de glória no Reino esperado.

Ó Senhor, aos que agora chamais
e que ireis premiar no futuro,
por salário, dai força na luta,
e, na paz, um repouso seguro.

Glória a vós, Cristo, Rei compassivo,
glória ao Pai e ao Espírito também.
Unidade e Trindade indivisa,
Deus e Rei pelos séculos. Amém.
Cântico Ap 15,3-4

Como são grandes e admiráveis vossas obras,
ó Senhor e nosso Deus onipotente!
Vossos caminhos são verdade, são justiça,
ó Rei dos povos todos do universo!

Quem, Senhor, não haveria de temer-vos,
e quem não honraria o vosso nome?
Pois somente vós, Senhor, é que sois santo!

As nações todas hão de vir perante vós,
e prostradas haverão de adorar-vos,
pois vossas justas decisões são manifestas!

Glória ao Pai...

Leitura Rm 8,1-2
Não há mais condenação para aqueles que estão em Cristo Jesus. Pois a lei do Espírito que dá a vida em Jesus Cristo te libertou da lei do pecado e da morte.

O Cristo morreu pelos nossos pecados; pelos ímpios, o justo e conduziu-nos a Deus.
Foi morto na carne, mas vive no Espírito.

MAGNIFICAT
Ó Senhor, sede fiel ao vosso amor,
como havíeis prometido a nossos pais!

A minha alma engrandece ao Senhor
e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador;
pois ele viu a pequenez de sua serva,
desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita.

O Poderoso fez por mim maravilhas
e Santo é o seu nome!
Seu amor, de geração em geração,
chega a todos que o respeitam;

demonstrou o poder de seu braço,
dispersou os orgulhosos;
derrubou os poderosos de seus tronos
e os humildes exaltou;

De bens saciou os famintos,
e despediu, sem nada, os ricos.
Acolheu Israel, seu servidor,
fiel ao seu amor,

como havia prometido aos nossos pais,
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre.

Glória ao Pai...

Preces
Aclamemos a Cristo Jesus, esperança daqueles que conhecem o seu nome; e peçamos confiantes:

R. Kyrie, eleison!

Cristo Jesus, vós conheceis a fragilidade da nossa natureza, sempre inclinada para o pecado;
– fortalecei-a com a vossa graça. R.

Tende compaixão da nossa fraqueza humana, sempre propensa ao mal;
– por vossa misericórdia, dai-nos o vosso perdão. R.

Vós aceitais, benigno, a penitência para reparar a ofensa;
– afastai de nós os castigos que merecemos pelos nossos pecados. R.

Vós, que perdoastes a pecadora arrependida e carregastes nos ombros a ovelha desgarrada,
– não nos recuseis a vossa misericórdia. R.

(Intenções livres)

Vós, que, pelo sacrifício da cruz, abristes as portas do céu,
– acolhei na eternidade todos aqueles que nesta vida esperaram em vós. R.

Pai nosso...

ANTÍFONA MARIANA
Salve, Regina, mater misericordiae
Vita, dulcedo, et spes nostra, salve.
Ad te clamamus, exsules, filii evae.
Ad te suspiramus, gementes et flentes
in hac lacrimarum valle.

Eia ergo, Advocata nostra,
illos tuos misericordes oculos
ad nos converte.
Et Iesum, benedictum fructum ventris tui,
nobis post hoc exsilium ostende.
O clemens, O pia, O dulcis Virgo Maria.

Ora pro nobis sancta Dei Genetrix.
Ut digni efficiamur promissionibus Christi. Amen.
(Tradução)
Salve Rainha, Mãe de Misericórdia, vida e doçura esperança nossa salve! A vós bradamos degredados filhos de Eva.
A vós suspiramos gemendo e chorando neste vale de lágrimas.
Eia, pois advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei, e depois deste desterro, mostrai-nos Jesus, bendito fruto do vosso ventre, ó clemente, ó piedosa ó doce e sempre Virgem Maria.
Rogai por nós Santa Mãe de Deus, para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém

SEJAM SANTOS!
Na escola da santidade.

Evangelho do dia

Evangelho segundo São Lucas 17,26-37.

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: «Como sucedeu nos dias de Noé, assim será também nos dias do Filho do homem:
Comiam e bebiam, casavam e davam-se em casamento, até ao dia em que Noé entrou na arca. Então veio o dilúvio, que os fez perecer a todos.
Do mesmo modo sucedeu nos dias de Lot: Comiam e bebiam, compravam e vendiam, plantavam e construíam.
Mas no dia em que Lot saiu de Sodoma, Deus mandou do céu uma chuva de fogo e enxofre, que os fez perecer a todos.
Assim será no dia em que Se manifestar o Filho do homem.
Nesse dia, quem estiver no terraço e tiver coisas em casa não desça para as tirar; e quem estiver no campo não volte atrás.
Lembrai-vos da mulher de Lot.
Quem procurar salvar a vida há de perdê-la e quem a perder há de salvá-la.
Eu vos digo que, nessa noite, estarão dois num leito: um será tomado e o outro deixado;
estarão duas mulheres a moer juntamente: uma será tomada e a outra deixada.
Dois homens estarão no campo: um será tomado e outro será deixado».
Então os discípulos perguntaram a Jesus: «Senhor, onde será isto?». Ele respondeu-lhes: «Onde estiver o corpo, aí se juntarão os abutres».