Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sábado 31 Outubro |
Beato Domingos Collins
Oração do dia
Festividade do diaHistórias de Santos

São Francisco de Jerônimo

Sacerdote (†1716)

FRANCIS DE GERONIMO

MICHI abba

São Francisco de Jerônimo

Nascido na região de Taranto, no Sul da Itália, aos 17 de dezembro de 1642, Francisco era o primogênito de uma família de onze filhos. Sua família tinha algumas posses e por isso Francisco pôde ter uma excelente educação. Desde a tenra idade foi endereçado para a vida eclesiástica. Durante sua adolescência, quando recebeu a primeira tonsura, começou a frequentar o Colégio dos Jesuítas, onde estudou os cursos de retórica, ciências e filosofia. Mais tarde, logo após sua ordenação ao sacerdócio, ele decidiu ingressar na Companhia de Jesus e se tornar jesuíta. Para completar os estudos de teologia ele será mandado para Nápoles e aí permanecerá por toda sua vida, dedicado às missões populares que o tornarão conhecido como o apóstolo da cidade. De fato, embora desejasse ardentemente ser missionário no Oriente, suas terras de missão seriam os bairros pobres da cidade e as diversas realidades de miséria humana. Sua atuação pastoral se deu em três frentes: nas missões populares ele preparava as pregações que deviam ocorrer na praça pública e pelas estradas, atingindo assim as multidões que por aí se transitavam por ocasião das festas; a Comunhão geral feita a cada terceiro domingo do mês, que era também preparada por meio de pregações feitas ao ar livre e a confissão que ocorria na igreja del Gesù por meio de vários sacerdotes; última linha de ação, e não menos importante, era o resgate de mulheres que caiam prisioneiras da prostituição. Os seus biógrafos narram que por ocasião dessas pregações voltadas às prostitutas, numerosos milagres ocorriam: era comum ocorrerem conversões sinceras em meio a essas mulheres. Dentre tantas outras atividades na cidade, Francisco ministrou também vários exercícios espirituais para tantíssimas pessoas, até mesmo para os encarcerados. A todos ele tinha sempre uma palavra amorosa e cheia de ardor pelo ressuscitado. Consta que Francisco tivesse uma devoção por São Ciro, médico e mártir, chegando mesmo a ter uma relíquia desse santo. Durante suas pregações, quando ocorria algum milagre patente, Francisco imediatamente atribuía-o à relíquia de São Ciro que sempre levava consigo. Poucos anos após sua morte, ocorrida em 11 de maio de 1716, um processo de canonização foi aberto. Logo se apresentaram centenas de testemunhas, todas concordes em afirmar que Francisco era um santo já em vida. Em 1806, o papa Pio VII o beatificou e o papa Gregório XVI o canonizou no dia 26 de maio de 1839.

Descubra outros santos clicando aqui
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Brasileira Simone Barreto Silva é vítima de ataque terrorista na catedral de Nice
Reportagem local
Brasileira é vítima no ataque terrorista na c...
Reportagem local
França: atentado na basílica de Notre Dame em...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Pe. Robson de Oliveira
Francisco Vêneto
Defesa desmente Fantástico, da TV Globo, em n...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Ver mais