Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Receba diretamente no seu email os artigos da Aleteia.
Cadastrar-se

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia
Festividade do dia

sexta-feira 22 maio
Bem-aventurado João Forest

Presbítero mártir (†1538)

Compartilhar

João Forest nasceu em 1471, provavelmente em Oxford, na Inglaterra.
Aos dezessete anos vestiu o hábito dos Frades Menores, em Greenwich. Nove anos mais tarde, foi estudar Teologia na Universidade de Oxford e, depois de ordenado sacerdote, voltou para o convento de Greenwich, anexo ao palácio real. Recebeu do cardeal Wolsey a incumbência de pregar na igreja de São Paulo, em Londres e, ao mesmo tempo, foi indicado como primeiro capelão da corte, escolhido pela rainha Catarina de Aragão. Em pouco tempo tornou-se seu confessor. Gozava da estima e amizade do rei Henrique VIII até seu divórcio com Catarina.
Em novembro de 1532, João Forest, num capítulo da fraternidade, anunciou a seus confrades que o rei queria suprimir a Ordem Franciscana da Inglaterra.
Do púlpito da igreja de São Paulo pregou vigorosamente contra o divórcio do rei, defendendo a validade do casamento em discussão e se pronunciou contra o segundo capelão Thomas Cromwell e indiretamente contra o rei.
A condenação papal de 1534 enfureceu de tal forma Henrique VIII que ele mandou suprimir os conventos dos Franciscanos da Inglaterra e ordenou aos Frades que se dispersassem por outros conventos europeus. Em 1533, João foi levado à prisão de Newgate, onde ficou até 1534. Nesse confinamento, ele pôde corresponder-se com a rainha e escreveu um tratado contra Henrique, intitulado De auctoritate Ecclesiae et Pontificis maximi (“Sobre a autoridade da Igreja e o Sumo Pontífice”), defendendo a primazia do Papa na Igreja. Foi denunciado ao rei por esse tratado e por se recusar a prestar o juramento de lealdade que fora exigido por Cromwell.
Em 1538, João estava no convento dos Frades Conventuais de Smithfield. Naquela espécie de confinamento pôde manter uma correspondência (que ainda está preservada, pelo menos em parte) com a rainha Catarina, com a sua dama de companhia Elisabeth Hammon e com o Bem-aventurado Tomás Abeckl.
Thomas Cranmer e Hugh Latimer atuaram como uma equipe em nome de Cromwell no processo que levou à morte do Frade. Forest foi condenado por traição e heresia, esta acusação, em função de ter enfatizado a supremacia espiritual reivindicada pela coroa.
Sua execução ocorreu em Smithfield, em 22 de maio de 1538. No local do suplício, de acordo com o costume da época, o bispo Latimer foi selecionado para pregar um sermão final convidando O Bem-aventurado Frei João a se desculpar com o rei e fazer juramento de fidelidade, mas o mártir resistiu impávido e fez uma belíssima profissão de fé. Foi amarrado e jogado às chamas. Morreu rezando e invocando o nome do Senhor. Estava com 67 anos de idade.
O Bem-aventurado João Forest, juntamente com outros 53 mártires ingleses, foi beatificado pelo Papa Leão XIII, no dia 9 de dezembro de 1886.

Descubra outros santos clicando aqui

O Senhor ressurgiu realmente, aleluia!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém

Hino
A fiel Jerusalém
canta um hino triunfal,
celebrando, jubilosa,
Jesus Cristo, a Luz Pascal.

A serpente é esmagada
pelo Cristo, leão forte,
que ressurge e chama à vida
os cativos pela morte.

Ele vence, refulgindo
de grandeza e majestade.
Ele faz de céus e terra
uma pátria de unidade.

Nosso canto suplicante
pede ao Rei ressuscitado
que receba no seu Reino
o seu povo consagrado.

Ó Jesus, do vosso povo
sede o júbilo pascal.
Dai aos novos pela graça
a vitória triunfal.

Glória a vós, Jesus invicto,
sobre a morte triunfante.
Com o Pai e o Santo Espírito
sois luz nova e radiante.

Salmo 147(147 B)
Vem! Vou mostrar-te a noiva, a esposa do Cordeiro! (Ap 21,9).

Glorifica o Senhor, Jerusalém!
Ó Sião, canta louvores ao teu Deus!

Pois reforçou com segurança as tuas portas,
e os teus filhos em teu seio abençoou;
a paz em teus limites garantiu
e te dá como alimento a flor do trigo.

Ele envia suas ordens para a terra,
e a palavra que ele diz corre veloz;
ele faz cair a neve como lã
e espalha a geada como cinza.

Como de pão lança as migalhas do granizo,
a seu frio as águas ficam congeladas.
Ele envia sua palavra e as derrete,
sopra o vento e de novo as águas correm.

Anuncia a Jacó sua palavra,
seus preceitos e suas leis a Israel.
Nenhum povo recebeu tanto carinho,
nenhum outro revelou os seus preceitos.

Glória ao Pai...

Leitura breve At 5,30-32
O Deus de nossos pais ressuscitou Jesus, a quem vós matastes, pregando-o numa cruz. Deus, por seu poder, o exaltou, tornando-o Guia Supremo e Salvador, para dar ao povo de Israel a conversão e o perdão dos seus pecados. E disso somos testemunhas, nós e o Espírito Santo, que Deus concedeu àqueles que lhe obedecem.

O Senhor ressurgiu do sepulcro. Aleluia, aleluia.
Foi suspenso por nós numa cruz. Aleluia, aleluia.

BENEDICTUS
Contemplamos Jesus coroado agora de honra e de glória, por ter padecido a paixão e a morte. Aleluia.

Bendito seja o Senhor Deus de Israel,
porque a seu povo visitou e libertou;

e fez surgir um poderoso Salvador
na casa de Davi, seu servidor,

como falara pela boca de seus santos,
os profetas desde os tempos mais antigos,

para salvar-nos do poder dos inimigos
e da mão de todos quantos nos odeiam.

Assim mostrou misericórdia a nossos pais,
recordando a sua santa Aliança

e o juramento a Abraão, o nosso pai,
de conceder-nos que, libertos do inimigo,

a ele nós sirvamos sem temor
em santidade e em justiça diante dele,
enquanto perdurarem nossos dias.

Serás profeta do Altíssimo, ó menino,
pois irás andando à frente do Senhor
para aplainar e preparar os seus caminhos,

anunciando ao seu povo a salvação,
que está na remissão de seus pecados;

pela bondade e compaixão de nosso Deus,
que sobre nós fará brilhar o Sol nascente,

para iluminar a quantos jazem entre as trevas
e na sombra da morte estão sentados

e para dirigir os nossos passos,
guiando-os no caminho da paz.

Glória ao Pai...

Preces
Rezemos a Deus Pai, que ressuscitou Jesus de entre os mortos e dará a vida também aos nossos corpos mortais, pelo Espírito Santo que habita em nós. Digamos com fé:

R. Senhor, por vosso Espírito Santo, dai-nos a vida!

Pai santo, que aceitastes o sacrifício de vosso Filho, ressuscitando-o de entre os mortos,
– recebei a oferenda que hoje vos apresentamos e conduzi-nos à vida eterna. R.

Abençoai, Senhor, nossos trabalhos deste dia,
– para que sirvam à vossa glória e à santificação de todos. R.

Fazei que nossas atividades de hoje contribuam para a construção de um mundo melhor,
– e que assim procedendo, possamos chegar ao vosso reino celeste. R.

Abri hoje nossos olhos e nosso coração para as necessidades de nossos irmãos e irmãs,
– a fim de que todos nos amemos e nos sirvamos uns aos outros. R.

(Intenções livres)

Pai nosso ...

Oração
Ó Deus, fazei que a pregação do Evangelho por toda a terra realize o que prometestes ao glorificar o vosso Verbo, para que possamos alcançar, vivendo plenamente como filhos e filhas, o que foi anunciado pela vossa palavra. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

O Reino de Deus ... é justiça, paz e alegria no Espírito Santo

Irmãos, qual é a verdadeira alegria senão o reino dos céus? E o que é o reino dos céus, senão Cristo, nosso Senhor? Todos os homens querem ter verdadeira alegria, mas se engana quem quer ser feliz com suas colheitas sem cultivar seu campo. Equivoca-se quem quer colher frutas sem plantar árvores. Não se pode ter verdadeira alegria sem justiça e paz. Enquanto isso, respeitando a justiça e possuindo a paz, nos cansamos por um curto espaço de tempo absorvidos num bom trabalho. Depois, porém, teremos uma alegria sem fim ao final deste trabalho.
Escutai o que o apóstolo Paulo diz sobre Cristo: “Ele é a nossa paz”. E o Senhor, falando aos seus discípulos, disse-lhes: “Eu vos verei novamente e vosso coração se alegrará, e esta alegria não vos será tirada”. Que alegria é esta que ninguém pode tirar de vós, a não ser o vosso próprio Senhor, que nada pode separar de vós? Examinai, irmãos, vossas consciências; se a justiça reina nelas, se vós desejais, desejais e ansiais pela mesma coisa para todos, saibais que o reino dos céus, isto é, Cristo, o Senhor, permanece em vós.

São Cesário de Arles
Sermão 66
Bispo de Arles (†543).

O Senhor ressurgiu realmente, aleluia!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém.

Hino
Eterno Rei e Senhor,
Filho do Pai muito amado,
à vossa imagem plasmastes
Adão, do barro formado.

Caiu o homem no mal,
pelo inimigo enganado.
Mas assumistes seu corpo
num seio virgem formado.

Unido a nós como homem,
vós nos unistes a Deus.
Pelo Batismo, nos destes
herdar o Reino dos céus.

Para salvar todo homem,
morrer na cruz aceitastes.
Preço do nosso resgate,
o vosso sangue doastes.

Mas ressurgis, recebendo
do Pai a glória devida.
Por vós, também ressurgidos,
teremos parte na vida.

Sede, Jesus, para nós,
gozo pascal, honra e glória.
Os que nasceram da graça,
uni à vossa vitória.

Glória a Jesus triunfante
que a própria morte venceu.
A ele, ao Pai e ao Espírito
louvor eterno no céu.

Salmo 120(121)
Nunca mais terão fome nem sede. Nem os molestará o sol nem algum calor ardente (Ap 7,16).

Eu levanto os meus olhos para os montes:
de onde pode vir o meu socorro?
Do Senhor é que me vem o meu socorro,
do Senhor que fez o céu e fez a terra!'

Ele não deixa tropeçarem os meus pés,
e não dorme quem te guarda e te vigia.
Oh! não! ele não dorme nem cochila,
aquele que é o guarda de Israel!

O Senhor é o teu guarda, o teu vigia,
é uma sombra protetora à tua direita.
Não vai ferir-te o sol durante o dia,
nem a lua através de toda a noite.

O Senhor te guardará de todo o mal,
ele mesmo vai cuidar da tua vida!
Deus te guarda na partida e na chegada.
Ele te guarda desde agora e para sempre!

Glória ao Pai...

Leitura breve Hb 5,8-10
Mesmo sendo Filho, aprendeu o que significa a obediência a Deus por aquilo que ele sofreu. Mas, na consumação de sua vida, tornou-se causa de salvação eterna para todos os que lhe obedecem. De fato, ele foi por Deus proclamado sumo-sacerdote na ordem de Melquisedec.

Os discípulos ficaram muito alegres. Aleluia, aleluia.
Quando viram o Senhor ressuscitado. Aleluia, aleluia.

MAGNIFICAT
Vosso Pai que está nos céus há de dar o bom Espírito para aqueles que lhe pedem. Aleluia.

A minha alma engrandece ao Senhor
e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador;
pois ele viu a pequenez de sua serva,
desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita.

O Poderoso fez por mim maravilhas
e Santo é o seu nome!
Seu amor, de geração em geração,
chega a todos que o respeitam;

demonstrou o poder de seu braço,
dispersou os orgulhosos;
derrubou os poderosos de seus tronos
e os humildes exaltou;

De bens saciou os famintos,
e despediu, sem nada, os ricos.
Acolheu Israel, seu servidor,
fiel ao seu amor,

como havia prometido aos nossos pais,
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre.

Glória ao Pai...

Preces
Glorifiquemos a Cristo, fonte de vida e origem de todas as virtudes; e rezemos com amor e confiança:

R. Firmai no mundo o vosso Reino, Senhor!

Jesus Salvador, que experimentastes a morte em vossa carne, mas voltastes à vida pelo Espírito,
– fazei-nos morrer para o pecado e viver a vida nova do vosso Espírito Santo. R.

Vós, que enviastes os discípulos ao mundo inteiro para pregar o evangelho a toda criatura,
– sustentai, com a força do vosso Espírito, os mensageiros de vossa palavra. R.

Vós, que recebestes todo o poder no céu e na terra para dar testemunho da verdade,
– dirigi no espírito de verdade o coração daqueles que nos governam. R.

Vós, que fazeis novas todas as coisas e nos mandais esperar, vigilantes, a vinda do vosso reino,
– concedei que, quanto mais fervorosamente esperarmos os novos céus e a nova terra, tanto
mais generosamente trabalhemos pela edificação do mundo presente. R.

(Intenções livres)

Vós, que descestes à mansão dos mortos para lhes anunciar a alegria da salvação,
– sede a alegria e a esperança de todos os que partiram desta vida. R.

Pai nosso...

ANTÍFONA MARIANA
Regina coeli, laetare, alleluia.
Quia quem meruisti portare, alleluia.
Resurrexit, sicut dixit, alleluia.
Ora pro nobis Deum, aleluia

Gaude et laetare, Virgo Maria, Alleluia.
Quia surrexit Dóminus vere, alleluia.

(Tradução)
Rainha dos céus, alegrai-vos, aleluia.
Porque aquele que merecestes trazer em vosso seio, aleluia.
Ressuscitou, como disse, aleluia.
Rogai por nós a Deus, aleluia.

Exultai e alegrai-vos, ó Virgem Maria, Aleluia!
Porque o Senhor ressuscitou verdadeiramente, Aleluia!

SEJAM SANTOS!
Na escola da santidade.

Evangelho segundo São João 16,20-23a.
Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: «Em verdade, em verdade vos digo: chorareis e lamentar-vos-eis, enquanto o mundo se alegrará. Estareis tristes, mas a vossa tristeza converter-se-á em alegria.
A mulher, quando está para ser mãe, sente angústia, porque chegou a sua hora. Mas depois que deu à luz um filho, já não se lembra do sofrimento, pela alegria de ter dado um homem ao mundo.
Também vós agora estais tristes; mas Eu hei de ver-vos de novo e o vosso coração se alegrará e ninguém vos poderá tirar a vossa alegria.
Nesse dia, não Me fareis nenhuma pergunta».

Boletim
Receba Aleteia todo dia