Aleteia
Quarta-feira 21 Outubro |
São Bertoldo de Parma
Oração do dia
Festividade do diaHistórias de Santos

Beato Afonso Maria Mazurek

Mártir (†1944)

DOG

Public Domain

Jozef Mazurek nasceu em 1º de março de 1891 em Baranówka, no leste da Polônia.

Entrou para a Ordem dos Carmelitas Descalços, em Wadowice, no ano de 1908. Em 1912, fez sua profissão solene, onde recebeu o hábito religioso juntamente com o nome de Afonso Maria do Espírito Santo.

Depois de completar seus estudos filosóficos e teológicos primeiro em Wadowice e depois em Viena, ele recebeu a ordenação sacerdotal na capital austríaca em 16 de julho de 1916. Conhecido por suas habilidades organizacionais e estimado educador de jovens, até 1930 foi prefeito e professor no Seminário Menor de Wadowice, conseguindo obter todos os direitos devidos às escolas particulares e depois também às escolas públicas, com um exame reconhecido civilmente.

Em 1930 foi eleito prior do convento carmelita de Czerna e exerceu esta função até ao fim da sua vida, com exceção do triênio de 1936-1939, durante o qual foi tesoureiro do mesmo convento. Dedicou toda a sua força física e espiritual à sua comunidade. Reanimou a atividade pastoral na igreja do convento, situada num bosque infelizmente muito afastado da vila.

Toda a sua vida espiritual foi baseada numa fé profunda, expressa no fiel cumprimento dos deveres religiosos e no serviço sacerdotal, antes de tudo na celebração consciente e digna da Eucaristia, no cuidado da beleza do culto divino e na fidelidade à vida de oração contemplativa. Costumava permanecer em oração diante do Santíssimo Sacramento para buscar luz e força. Uma testemunha ocular afirmou que o Padre Alfonso “era um homem de fé profunda e prática quando o conheci. Ele viu a sua Ordem com o espírito da Fé e também os seus deveres e o ministério sacramental. Ele sempre celebrou a Santa Missa com devoção, sua devoção não era artificial”.

Próximo ao final da Segunda Guerra Mundial, a hostilidade nazista contra os Carmelitas Descalços de Czerna cresceu consideravelmente, em agosto de 1944, e o comando militar nazista entrou no convento, obrigando os religiosos a irem à aldeia de Rudawa, a mais de dez quilômetros de distância, para cavar trincheiras. Padre Afonso foi separado à força da comunidade e, forçado a entrar numa viatura militar, sendo brutalmente maltratado e torturado. Três quilômetros antes de chegar a Krzeszowice, o carro fez um desvio para uma estrada secundária, nas imediações do povoado de Nawojowa Góra. O automóvel parou em um campo e o Padre foi obrigado a descer e a caminhar. Em seguida dois soldados chamaram-no aos gritos. Quando ele voltou-se para atendê-los dispararam sobre ele. Pe. Afonso caiu ao chão. Os assassinos aproximaram-se dele e ao constatarem que ainda vivia encheram sua boca de terra. Ferido e desfalecido foi conduzido numa carroça ao cemitério de Rudawa, distante a 3 quilômetros. Os Carmelitas, que se dirigiam para as escavações em Czerna, encontraram a carroça no caminho e descobriram o Pe. Afonso moribundo. Um dos sacerdotes ainda pôde-se ministrar-lhe a absolvição. Era o dia 28 de agosto, vigília da memória litúrgica do martírio de São João Batista, de quem o Carmelita era grande devoto.

Algumas frases de seus escritos revelam ainda hoje sua profunda devoção à Virgem Maria: “Nas aflições, tribulações, angústias e tentações, sempre me refugiarei perto de minha querida Mãe, Maria. Para Ela eu me ofereço e todas as minhas coisas. Fielmente, juntamente com a minha Santíssima Mãe Maria, quero estar perto da cruz de Jesus ”.

No dia 13 de junho de 1999, o papa São João Paulo II, quando de sua viagem apostólica à Polônia, beatificou 108 mártires poloneses da segunda guerra mundial, vítimas da perseguição nazista. No grupo, no qual se encontram 3 bispos, 52 sacerdotes diocesanos, 26 religiosos sacerdotes, 8 irmãos religiosos, 8 religiosas, 9 leigos e 2 seminaristas, encontrava-se um Carmelita Descalço, o Pe. Afonso Maria do Espírito Santo (Mazurek).

Descubra outros santos clicando aqui
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
CARLO ACUTIS
John Burger
Como foram os últimos dias de vida de Carlo A...
violência contra padres no Brasil
Francisco Vêneto
Outubro de cruz para padres no Brasil: um per...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
SAINT JOSEPH SLEEPS
Philip Kosloski
Durma em paz com esta breve oração a São José
Pe. Gilmar
Reportagem local
Padre é encontrado após três dias desaparecid...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Ver mais