Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sexta-feira 28 Janeiro |
São Tomás de Aquino
Aleteia logo
Oração do dia
Festividade do diaHistórias de Santos

São Paulino de Tréveris

Mártir (†358)

WEB-AM083121-POPE-AUDIENCE-Antoine-Mekary-ALETEIA-AM_3546.jpg

Antoine Mekary | ALETEIA

Pouco se sabe sobre o início da vida de Paulino. Há registros de que tenha nascido numa família nobre da Aquitânia, no que é conhecido como Gasconha, na França. Foi educado na escola da catedral em Poitiers.
Paulino acompanhou São Maximinus a Tréveris, na atual Alemanha. Naquela época, Tréveris, também era a sede do governo do imperador ocidental do Império Romano. Lá, ele aparentemente foi consagrado bispo por Maximinus e o sucedeu como bispo de Tréveris por volta de 346.
Em 351, Paulino participou do Concílio de Sirmio onde defendeu corajosamente a posição ortodoxa. Quando a carta de condenação de Santo Atanásio foi oferecida para ele assinar, ele foi o único bispo a rejeitá-la e exclamou que assinaria a condenação de Fotino e Marcelo, mas não de Atanásio.
Em 353, no Concílio de Arles, o destino de Paulino foi decidido. Neste Concílio ele foi alvo dos arianos e do imperador Constâncio II, amigo dos arianos. O imperador condenou ao exílio todos os bispos que se recusaram a subscrever a condenação de Atanásio. Paulino permaneceu firme e, após ser condenado pelos bispos, foi levado ao exílio na Frígia, na Ásia Menor, para áreas habitadas por pagãos e hereges.
Suportou longos sofrimentos no exílio e acabou por falecer cinco anos depois, em 358 ou 359, consumando o martírio.
Suas relíquias foram devolvidas a Tréveris em 395, onde foi sepultado na cripta da Igreja de São Paulino, que foi dedicada a ele. A igreja, assim chamada em sua homenagem, ficava fora dos muros da cidade e foi uma das primeiras igrejas de Tréveris.

Descubra outros santos clicando aqui
PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Ver mais