Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quarta-feira 18 Maio |
Aleteia logo
Oração do dia
Festividade do diaHistórias de Santos

São Gerardo de Toul

Bispo (†994)

WEB-MEME-JAMES-4-8

Public Domain

Gerardo nasceu em Colônia, atual Alemanha, por volta de 935, de uma família nobre e rica. Seus pais, Inframme e Emma, lhe deram boa educação cristã e o enviaram para a escola da catedral, onde ele sentiu-se atraído pela vida sacerdotal. Uma vez ordenado sacerdote, continuou seus estudos e pregou nas paróquias de Colônia. O capítulo de Toul (Lorraine), na época, cidade do Sacro Império Romano Germânico, governada por príncipes-bispos, enviou a Brunone, arcebispo de Colônia e duque de Lorena (irmão de Otto I) a petição de encontrar um sucessor para o bispo Gozelino, que havia falecido, e Gerardo foi eleito por unanimidade.
Gerardo foi ordenado bispo, em Tréveris, no dia 29 de março de 963. Uma de suas primeiras iniciativas foi concluir a construção da abadia de São Mansueto, iniciada por seu antecessor. Em sua cidade episcopal, ele fundou um mosteiro feminino em homenagem a São Gengul, um mártir da Borgonha, substituído em 986 por um capítulo de cânones.
Sua atividade em favor das paróquias não é muito conhecida, mas parece ter sido frutífera. Acima de tudo ele ligou seu nome à reconstrução de sua catedral que ele consagrou em 981. O atual edifício, construído no século XIII ou XIV, preservou o traçado da catedral de Gerardo.
Por volta de 984, ele fez uma peregrinação a Roma, seguido por clérigos e monges. Sob o seu episcopado, as relíquias de Santo Elofo, um mártir local, foram trazidas para Deutz (perto de Colônia) e, para o convento de Flavigny-sur-Moselle, as de São Firmino, bispo de Verdun.
Doente e sentindo a morte iminente, de noite, Gerardo foi, como de costume, ao escritório de sua cátedra. Ali caiu, com fortes dores de cabeça. Foi levado para sua cama, onde veio a falecer no dia 23 de abril de 994, depois de ter mais uma vez exortado e abençoado seu clero.
Foi sepultado no coro da catedral.
Em 21 de outubro de 1050, seu sucessor, Bruno de Dabo, que se tornou papa com o nome de Leão IX, procedeu ao levantamento das relíquias, pois Gerardo possuía as relíquias dos santos Mansueto e Apro, ex-bispos de Toul, levando-as para a cidade e depositou-as na igreja de São João Batista.

Descubra outros santos clicando aqui
PT300x250.gif
Top 10
Ver mais