Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sábado 31 Outubro |
Beato Domingos Collins
Oração do dia
Festividade do diaHistórias de Santos

Santo Anatólio

Bispo (†sec. II )

MAN

Public Domain

A arquidiocese da cidade de Milão, Itália, é mundialmente conhecida como “Igreja Ambrosiana”, devido ao seu mais famoso bispo e doutor da Igreja, Santo Ambrósio, que ocupou a cátedra na segunda metade do século IV. No entanto, não muitos sabem que nesta diocese venera-se também um certo Santo Anatólio, personagem um tanto lendário, que como Ambrósio e São Carlos Borromeu faz parte de um grupo de 143 bispos, incluindo 38 santos e 2 beatos, que estiveram à frente do episcopado milanês, no decurso de dezessete séculos.

A primeira informação hagiográfica que se tem de Santo Anatólio data do final do século VIII, na obra “Gesta episcoporum Mettensium” de Paolo Diacono, um escritor lombardo, na qual relata que Anatólio era um discípulo de São Pedro e que este o enviara a Milão como primeiro bispo da diocese.

De acordo com uma obra anônima do século XI, a “Datiana historia ecclesiae mediolanensis”, um certo “Anatelon” teria sido bispo de Milão e Brescia entre 50 e 64.

Reza a lenda que Anatólio teria construído uma igreja dedicada ao Salvador sobre um templo dedicado ao deus Mercúrio ou Apolo, no lugar onde hoje é a igreja de San Giorgio al Palazzo, em Milão.

Outra versão lendária da história do primeiro bispo de Milão é a “História da Ingaunia” escrita por Canon Navone, segundo a qual Barnabé e Caio também teriam pregado o Evangelho em Gênova e na Riviera de Ponente. Designaram, então, Anatólio para governar a Sé episcopal de Albenga e Milão. São Pedro enviou Caio como seu secretário e este o sucedeu no ano 65.

Do ponto de vista histórico, levando em consideração que Mirocle, sexto bispo de Milão, esteve presente nos Concílios de Roma, em 313, e Arles, em 314, é concebível que Anatólio tenha sido bispo no final do segundo século, na época em que que a cidade transformou-se de uma simples vila em uma colônia imperial. A versão mais autorizada, adotada oficialmente pela arquidiocese de Milão, é a que coloca os episcopados de Anatólio e seu sucessor Caio no século III. De acordo com os cálculos de Felice Savio, Anatólio foi bispo entre 256 e 259. A análise dos nomes de alguns dos primeiros bispos milaneses, como Anatalone, Calimero, Mona e Mirocle, e antigas inscrições de tumbas, relativas aos padres milaneses, confirmam claramente que a vinda do cristianismo para Milão veio do Oriente, através de mercadores e do exército.

Algumas relíquias de Santo Anatólio (essencialmente peças de roupa encontradas em seu corpo) foram trazidas para Milão, para a capela milanesa intitulada “Ad concilia Sanctorum”, provavelmente no século V.

Na “Datiana istoria”, que remonta ao século XI, o local do enterro não é citado e há uma nota de que o aniversário do “deposio” foi comemorado na basílica milanesa de San Babila.

Embora o dia da morte de Santo Anatólio seja considerado 24 de setembro, sua festa em Milão foi transferida, em 1490, para o dia seguinte,- que entre outras coisas celebra todos os primeiros santos bispos milaneses, – pois no dia 24 de setembro é a festa da patrona da catedral de Milão, Santa Tecla.

Em Milão, há uma rua dedicada a Santo Anatólio e há uma estátua dele em Carate Brianza, uma cidade provinciana.

É importante mencionar também que na terceira fileira do coro de madeira do Duomo de Milão estão representados todos os primeiros bispos milaneses de Santo Anatólio a São Galdino.

Descubra outros santos clicando aqui
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Brasileira Simone Barreto Silva é vítima de ataque terrorista na catedral de Nice
Reportagem local
Brasileira é vítima no ataque terrorista na c...
Reportagem local
França: atentado na basílica de Notre Dame em...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Pe. Robson de Oliveira
Francisco Vêneto
Defesa desmente Fantástico, da TV Globo, em n...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Ver mais