Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Terça-feira 28 Setembro |
Santos Alfeu, Alexandre e Zósimo
Oração do dia
Festividade do diaHistórias de Santos

São Timóteo e São Tito

Colaboradores de São Paulo (†80, †107)

WAY

Public Domain

Timóteo e Tito foram discípulos e colaboradores de São Paulo Apóstolo. Lideraram as Igrejas de Éfeso e de Creta, respectivamente. A eles foram dirigidas as Cartas chamadas “pastorais” de São Paulo, onde se encontram excelentes recomendações para a formação de pastores e fiéis. Por isso, o novo calendário os uniu, numa só comemoração, logo após a festa da conversão de São Paulo. Os dois têm páginas individuais destacando suas vidas. Timóteo nasceu em Listra, Ásia Menor. Seu pai era um pagão grego e a mãe, Eunice, era judia. Foi educado no judaísmo. Tanto sua mãe quanto sua avó, Lóide, converteram-se ao cristianismo provavelmente na primeira passagem de Paulo pela região. De sua mãe, Timóteo recebeu o espírito cristão com certa cultura judaica. Na segunda passagem de Paulo por Listra, o apóstolo levou consigo o jovem Timóteo, de vinte anos de idade. Desde então Timóteo foi o companheiro e fiel colaborador de Paulo, acompanhando-o em quase todas as suas viagens, sendo-lhes confiadas missões delicadas junto a igrejas recém-fundadas. Timóteo e Tito não eram judeus, ambos eram pagãos, e encarnaram o primeiro problema encontrado na Igreja nascente, isto é, se era lícito batizar os pagãos sem que antes passassem pela circuncisão judaica. Era uma questão candente, pois havia entre cristãos importantes de Jerusalém uma forte corrente conservadora que queria impor aos pagãos convertidos a legislação de Moisés. O problema exigiu a convocação do primeiro Concílio dos apóstolos em Jerusalém, onde venceu a tese de Paulo de que não era mais a observância da lei mosaica que salvava, mas sim a fé em Cristo. São Timóteo é considerado o primeiro bispo de Éfeso, sendo designado para o cargo pelo próprio Paulo. A tradição afirma que Timóteo morreu mártir e a Igreja o considera como tal, embora não sejam conhecidas as circunstâncias de como aconteceu este fato. Quanto a Tito, as únicas informações que se tem dele são das cartas do apóstolo Paulo. Era pagão de nascimento e, provavelmente, de Antioquia. Foi convertido ao Cristianismo quando ainda era jovem e se tornou companheiro e colaborador de Paulo. Foi encarregado por este de importantes missões, foi duas vezes a Corinto para pacificar aquela igreja, uma vez a Jerusalém para entregar a importância duma coleta em favor dos cristãos. No ano 64-65, foi com São Paulo a Creta e lá permaneceu como bispo. Mais tarde, visitou a Paulo em Nicópolis e em Roma. Voltou novamente à ilha de Creta, onde recebeu uma carta do próprio mestre, Paulo, que foi incluída no Novo Testamento. São Paulo o chama de “meu companheiro e colaborador”, e na Segunda Carta aos Coríntios, num momento de especial amargura, escreveu: “Deus me consolou com a chegada de Tito”. A tradição diz que foi bispo de Creta até a morte, que se deu em idade avançada, por causa natural e não por martírio. As três cartas, escritas por Paulo a estes seus dois discípulos, têm alto valor pelo conteúdo eminentemente pastoral, de tal modo que podem ser consideradas como o primeiro diretório pastoral dos bispos de todos os tempos.

Descubra outros santos clicando aqui
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Claudio de Castro
O Purgatório e o misterioso alarme das 3 da manhã
2
Broken Mary
Reportagem local
Nasce (e cresce) nos EUA a inspiradora devoção a “Nossa Senhora D...
3
Maria Paola Daud
O dia em que Nossa Senhora parou a lava do vulcão Etna
4
Caio Batista, jovem ex-protestante que se tornou católico
Reportagem local
Carta de jovem ex-protestante repercute nas redes: “Sim, eu me to...
5
Vulcão Cumbre Vieja
Violeta Tejera
Vulcão Cumbre Vieja obriga pároco a evacuar capela às pressas
6
Santa Missa
Reportagem local
Quanto tempo devemos chegar antes da Missa?
7
Irmã Cecilia
Reportagem local
Quem sorri assim no momento da morte?
Ver mais