Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sexta-feira 30 Outubro |
Santo Angelo de Acri
Oração do dia
Festividade do diaHistórias de Santos

Bem-aventurado Boaventura de Forli

Presbítero da Ordem dos Servos de Maria (†1491)

LIGHTS

Public Domain

Boaventura nasceu em Forli, Itália, em 1410, provavelmente em uma família nobre. Grande devoto de Nossa Senhora, sentiu cedo o chamado à vida religiosa, entrando no convento dos Servos de Maria de Forli. Por ser intelectualmente dotado e, para ser melhor aproveitado, foi enviado a Veneza para continuar seus estudos, em 1448.

Em 1454, completou o curso com o mestrado em Teologia.

Um relato antigo o descreve como um rapaz “pequeno e magro e abatido, mas muito eloquente em ciências”; sabe-se que desenvolveu extraordinária atividade como pregador, inspirando-se em São Paulo. Atraía pelas cidades em que passava uma vasta audiência, recomendando a participação frequente nos sacramentos e caridade para com os doentes e necessitados.

Apesar de sua austeridade e do conteúdo direto, e às vezes corajoso, de suas homilias, conquistou confiança e simpatia, tanto que recebeu o apelido de “Frei barbudo”. Talvez por essa razão sua mensagem fosse mais incisiva, incitando à penitência a muitos fiéis que, para ouvi-lo, vinham de longe. Dentre suas famosas pregações recorda-se as realizadas em frente ao Senado da República de Veneza, em 25 de março de 1468 e em 1482, e a da Basílica de São Marcos, em 1488.

A atividade do Bem-aventurado na Ordem foi frutífera. Procurador em 1482, adquiriu o convento de Piobbico (Urbino) e o de Forlimpopoli. Em 31 de maio de 1483, quando era prior de São Marcelo, em Roma, o Papa Sisto IV deu-lhe a permissão para se retirar a um eremitério com seis companheiros, mantendo o posto de pregador apostólico, que lhe permitia viajar por toda a Itália. Boaventura amava a oração pessoal e contemplativa, pela qual frequentemente se retirava para Montesenario, seguindo os passos dos sete santos fundadores, e para Montegranaro.

O incansável frade idoso passou mal durante uma pregação de Quaresma, em Údine, no convento de Santa Maria delle Grazie e faleceu na Quinta-feira Santa, em 31 de março de 1491, com cerca de oitenta anos de idade.

O culto em torno dele nasceu espontaneamente e ocorreram alguns milagres que foram registrados em cartório.

Em 1507, o Padre Geral de Veneza, Andrea Loredan, que fora transferido para Údine, foi curado milagrosamente. Dois anos depois, ao retornar para casa, quis levar o corpo do santo com ele.

Foi colocado no altar da sacristia da Igreja dos Servos, onde era comemorado, especialmente, na quinta-feira santa. Durante a supressão napoleônica, em 1810, os frades tiveram que deixar o convento e as relíquias foram trazidas, primeiro para a casa particular de um frade e depois para a igreja de Santa Ermagora e Fortunato. Em 1908, foi deixado na igreja do Sagrado Coração, antiga Abadia da Misericórdia e finalmente, em 1971, seus restos mortais retornaram definitivamente ao Santuário das Graças, em Údine.

A beatificação de Boaventura de Forli recebeu a aprovação do Papa São Pio X em um decreto emitido em 6 de setembro de 1911.

Descubra outros santos clicando aqui
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
OLD WOMAN, WRITING
Cerith Gardiner
A carta de uma irlandesa de 107 anos sobre co...
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Ver mais