Aleteia
Festividade do dia

Terça-feira 4 Agosto
Bem-aventurada Cecília Cesarini

Virgem (†1290?)

Antoine Mekary / ALETEIA
Compartilhar

Nasceu em Roma no início do século XIII e morreu em Bolonha por volta de 1290. Não há muitas informações sobre sua família. Sabe-se que ela, juntamente com outras monjas, foi enviada pelo Papa Honório III para Bolonha para visitar as freiras do mosteiro de Santa Inês, mosteiro fundado havia pouco pela Bem-aventurada Diana de Andaló e pelo Bem-aventurado Jordano de Saxônia. Após algum tempo, Cecília foi eleita priora desse mosteiro. Levou uma vida exemplar inspirando as demais coirmãs e faleceu com uma idade avançada, sendo sepultada no mosteiro de Santa Inês. Antes de falecer, a bem-aventurada teve seus relatos sobre o período em que São Domingos esteve em Roma compilados por outra monja e receberam o título em latim de Miracula Beati Dominici.

Descubra outros santos clicando aqui

Ao Senhor, o grande Deus, vinde todos, adoremos!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo
como era no princípio, agora e sempre.
Amém

Hino
Da luz Criador,
vós mesmo sois luz
e dia sem fim.
Vós nunca da noite
provastes as trevas:
Só Deus é assim.

A noite já foge
e o dia enfraquece
dos astros a luz.
A estrela da aurora,
surgindo formosa,
no céu já reluz.

Os leitos deixando,
a vós damos graças
com muita alegria,
porque novamente,
por vossa bondade,
o sol traz o dia.

Ó Santo, pedimos
que os laços do Espírito
nos prendam a vós,
e, assim, não ouçamos
as vozes da carne
que clamam em nós.

Às almas não fira
a flecha da ira
que traz divisões.
Livrai vossos filhos
da própria malícia
dos seus corações.

Que firmes na mente
e castos no corpo,
de espírito fiel,
sigamos a Cristo,
Caminho e Verdade,
doçura do céu.

O Pai piedoso
nos ouça, bondoso,
e o Filho também.
No laço do Espírito
unidos, dominam
os tempos. Amém.

Cântico Is 38,10-14.17-20

Eu sou aquele que vive. Estive morto. Eu tenho a chave da morte (Ap 1,18).

Eu dizia: "É necessário que eu me vá
no apogeu de minha vida e de meus dias;
para a mansão triste dos mortos descerei,
sem viver o que me resta dos meus anos".

Eu dizia: "Não verei o Senhor Deus
sobre a terra dos viventes nunca mais;
nunca mais verei um homem neste mundo!"

Minha morada foi à força arrebatada,
desarmada como a tenda de um pastor.
Qual tecelão, eu ia tecendo a minha vida,
mas agora foi cortada a sua trama.

Vou me acabando de manhã até à tarde,
passo a noite a gemer até a aurora.
Como um leão que me tritura os ossos todos,
assim eu vou me consumindo dia e noite.

O meu grito é semelhante ao da andorinha,
o meu gemido se parece ao da rolinha.
Os meus olhos já se cansam de elevar-se,
de pedir-vos: "Socorrei-me, Senhor Deus!

Mas vós livrastes minha vida do sepulcro,
e lançastes para trás os meus pecados.
Pois a mansão triste dos mortos não vos louva,
nem a morte poderá agradecer-vos;

para quem desce à sepultura é terminada
a esperança em vosso amor sempre fiel.
Só os vivos é que podem vos louvar,
como hoje eu vos louvo agradecido.

O pai há de contar para seus filhos
vossa verdade e vosso amor sempre fiel.
Senhor, salvai-me! Vinde logo em meu auxílio,
e a vida inteira cantaremos nossos salmos,
agradecendo ao Senhor em sua casa.

Glória ao Pai...

Leitura breve 1Ts 5,4-5
Vós, meus irmãos, não estais nas trevas, de modo que esse dia vos surpreenda como um ladrão. Todos vós sois filhos da luz e filhos do dia. Não somos da noite, nem das trevas.

Por vosso amor, ó Senhor, ouvi minha voz, confiante eu confio na vossa palavra.
Chego antes que a aurora e clamo a vós.

BENEDICTUS
Ide ao mundo e ensinai a todos os povos, batizando-os em nome do
Pai e do Filho e do Espírito Santo. Aleluia.

Bendito seja o Senhor Deus de Israel,
porque a seu povo visitou e libertou;

e fez surgir um poderoso Salvador
na casa de Davi, seu servidor,

como falara pela boca de seus santos,
os profetas desde os tempos mais antigos,

para salvar-nos do poder dos inimigos
e da mão de todos quantos nos odeiam.

Assim mostrou misericórdia a nossos pais,
recordando a sua santa Aliança

e o juramento a Abraão, o nosso pai,
de conceder-nos que, libertos do inimigo,

a ele nós sirvamos sem temor
em santidade e em justiça diante dele,
enquanto perdurarem nossos dias.

Serás profeta do Altíssimo, ó menino,
pois irás andando à frente do Senhor
para aplainar e preparar os seus caminhos,

anunciando ao seu povo a salvação,
que está na remissão de seus pecados;

pela bondade e compaixão de nosso Deus,
que sobre nós fará brilhar o Sol nascente,

para iluminar a quantos jazem entre as trevas
e na sombra da morte estão sentados

e para dirigir os nossos passos,
guiando-os no caminho da paz.

Glória ao Pai...

Preces
Bendigamos a Cristo, nosso Salvador, que pela sua ressurreição iluminou o mundo; e o invoquemos com humildade, dizendo:

R. Guardai-nos, Senhor, em vossos caminhos!

Senhor Jesus, nesta oração da manhã celebramos a vossa ressurreição,
– e vos pedimos que a esperança da vossa glória ilumine todo o nosso dia. R.

Recebei, Senhor, nossas aspirações e propósitos,
– como primícias deste dia. R.

Fazei-nos crescer hoje em vosso amor,
– a fim de que tudo concorra para o nosso bem e de todas as pessoas. R.

Fazei, Senhor, que a nossa vida brilhe como luz diante dos homens,
– para que vejam as nossas boas obras e glorifiquem a Deus Pai. R.

Pai nosso ...

Oração
Deus de poder e misericórdia, que tornastes São João Maria Vianney um pároco admirável por sua solicitude pastoral, dai-nos, por sua intercessão e exemplo, conquistar no amor de Cristo os irmãos e irmãs para vós e alcançar com eles a glória eterna. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Abristes para vós um caminho através do mar
Deus está em toda parte, todo inteiro, imenso: “Eu sou um Deus próximo e não um Deus distante”. O Deus que buscamos está em nosso meio, se formos dignos dele. Habita em nós como alma no corpo, se formos para ele membros saudáveis, não contaminados pelo pecado. Assim, ele realmente habita em nós, assim como ele mesmo disse: “Eu colocarei minha morada entre vós e nunca vos rejeitarei. Eu viverei em meio a vós. Eu serei vosso Deus e vós sereis meu povo”. Querendo habitar em nós, pela graça, ele realmente nos vivifica, tornando-nos seus membros vivos. “Nele vivemos, nos movemos e existimos”, como diz São Paulo. Mas quem pode seguir o Altíssimo até seu ser inefável e incompreensível? Quem se gloriará de conhecer o Deus infinito que tudo penetra, que envolve tudo, que supera tudo, que abraça tudo e tudo sustenta? “A Deus, ninguém jamais o viu” como ele é. Que ninguém tenha a presunção de querer sondar as profundezas impenetráveis e Deus, o que, o como, o porquê de seu ser. Não pode ser expresso, examinado ou penetrado. Simplesmente, crê firmemente que Deus é, e que Deus sempre será como ele é, pois em Deus não há mudança.
São Columbano
Instruções Espirituais I, "A Fé" 3-5.
Monge irlandês fundador de mosteiros na França (563-615).

Vinde, adoremos o Senhor Deus de santidade!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém.

Hino
Autor e origem do tempo,
por sábia ordem nos dais
o claro dia ao trabalho,
e a noite, ao sono e à paz.

As mentes castas guardai
dentro da calma da noite
e que não venha a feri-las
do dardo mau o açoite.

Os corações libertai
de excitações persistentes.
Não quebre a chama da carne
a força viva das mentes.

Ouvi-nos, Pai piedoso,
e vós, ó Filho de Deus,
que com o Espírito Santo
reinais eterno nos céus.

Salmo 48(49)

Dificilmente um rico entrará no Reino dos Céus (Mt 19,23).

II

Este é o fim do que espera estultamente,
o fim daqueles que se alegram com sua sorte;
são um rebanho recolhido ao cemitério,
e a própria morte é o pastor que os apascenta;
são empurrados e deslizam para o abismo.

Logo seu corpo e seu semblante se desfazem,
e entre os mortos fixarão sua morada.
Deus, porém, me salvará das mãos da morte
e junto a si me tomará em suas mãos.

Não te inquietes, quando um homem fica rico
e aumenta a opulência de sua casa;
pois ao morrer não levará nada consigo,
nem seu prestígio poderá acompanhá-lo.

Felicitava-se a si mesmo enquanto vivo:
"Todos te aplaudem, tudo bem, isto que é vida!
Mas vai-se ele para junto de seus pais,
que nunca mais e nunca mais verão a luz!

Não dura muito o homem rico e poderoso:
é semelhante ao gado gordo que se abate.

Glória ao Pai...

Leitura Rm 3,23-25a
Todos pecaram e estão privados da glória de Deus, e a justificação se dá gratuitamente, por sua graça, em virtude da redenção realizada em Jesus Cristo. Deus destinou Jesus Cristo a ser, por seu próprio sangue, instrumento de expiação mediante a realidade da fé. Assim Deus mostrou sua justiça.

Junto a vós, felicidade, felicidade sem limites!
Delícia eterna, ó Senhor.

MAGNIFICAT
Virão muitos do Oriente e do Ocidente
sentar-se à mesa com Abraão no Reino eterno. Aleluia.

A minha alma engrandece ao Senhor
e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador;
pois ele viu a pequenez de sua serva,
desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita.

O Poderoso fez por mim maravilhas
e Santo é o seu nome!
Seu amor, de geração em geração,
chega a todos que o respeitam;

demonstrou o poder de seu braço,
dispersou os orgulhosos;
derrubou os poderosos de seus tronos
e os humildes exaltou;

De bens saciou os famintos,
e despediu, sem nada, os ricos.
Acolheu Israel, seu servidor,
fiel ao seu amor,

como havia prometido aos nossos pais,
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre.

Glória ao Pai...

Preces
Louvemos a Cristo, pastor e guia de nossas almas, que ama e protege o seu povo; e, pondo nele toda a nossa esperança, supliquemos:

R. Senhor, protegei o vosso povo!

Pastor eterno, protegei o nosso Bispo N.,
– e todos os pastores da vossa Igreja. R.

Olhai com bondade para os que sofrem perseguição,
– e apressai-vos em libertá-los de seus sofrimentos. R.

Tende compaixão dos pobres e necessitados,
– e dai pão aos que têm fome. R.

Iluminai os que têm a responsabilidade de fazer as leis das nações,
– para que em tudo possam discernir com sabedoria e equidade. R.

(Intenções livres)

Socorrei, Senhor, os nossos irmãos e irmãs falecidos, que remistes com vosso sangue,
– para que mereçam tomar parte convosco no banquete das núpcias eternas. R.

Pai nosso...

ANTÍFONA MARIANA
Sub tuum praesidium
Sub tuum praesidium confúgimus
sancta Dei Genetrix.
nostras deprecationes ne despicias in necessitatibus,
sed a periculis cunctis libera nos semper,
Virgo gloriosa et benedicta

(Tradução:)
À vossa proteção recorremos,
Santa Mãe de Deus;
não desprezeis as nossas súplicas em nossas necessidades;
mas livrai-nos sempre de todos os perigos,
ó, Virgem gloriosa e bendita.

SEJAM SANTOS!
Na escola da santidade.

Evangelho segundo São Mateus 15,1-2.10-14.
Naquele tempo, aproximaram-se de Jesus alguns fariseus e escribas, vindos de Jerusalém, e perguntaram-Lhe:
«Porque desobedecem os teus discípulos à tradição dos antigos e não lavam as mãos antes de comer?».
Jesus chamou a multidão para junto de Si e disse-lhes: «Ouvi-Me e procurai compreender:
não é o que entra na boca que torna o homem impuro. O que sai da boca é que o torna impuro».
Então, os discípulos aproximaram-se e disseram-Lhe: «Sabes que os fariseus ficaram ofendidos ao ouvirem as tuas palavras?».
Mas Jesus respondeu-lhes: «Toda a planta que não foi plantada por meu Pai será arrancada.
Deixai-os. São cegos a guiarem cegos. E, se um cego guia outro cego, acabam por cair ambos numa cova».

Boletim
Receba Aleteia todo dia