Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

1/9
Matthew McConaughey é profundamente religioso. "Quanto mais velho eu fico, mais acredito em Deus", disse ele em uma entrevista. "Eu já acreditava antes de ficar famoso. Minha fé é expressa no tipo de pessoa eu sou, nas minhas escolhas, e me ajuda a me livrar de minhas fraquezas". Ao vencer o Oscar em 2014, ele agradeceu publicamente a Deus.
© Kevin Winter / Getty Images / AFP
2/9
Mark Wahlberg. Segundo a Forbes, Mark Wahlberg é o ator mais bem pago do mundo em 2017. Este ator e produtor americano vai à missa todos os dias e não hesita em suspender a produção aos domingos para encontrar tempo para a igreja. "Como a fé está no centro da minha vida, tudo está sorrindo para mim. Não estou apenas falando sobre a vida profissional. É muito mais do que isso. Ser católico é o mais importante em minha vida".
© Carl Court / Getty Images / AFP
3/9
Gary Sinise. Conhecido, entre outros, pelos filmes "Apollo 13" e "Forest Gump", é casado, pai de família, converteu-se ao catolicismo em 2010. Conhecido pelos gestos de caridade, ele apoia especialmente a educação de crianças no Iraque e a construção de moradias para pessoas mutiladas veteranas de guerra.
© DfEE / ShutterStock
4/9
Amada Rosa Perez. Modelo colombiana e atriz, ela se converteu ao catolicismo. "Eu ainda estava procurando por algo e o mundo não me deu uma resposta. Eu ainda estava com pressa, eu estava tensa. Agora eu vivo em paz, desfruto de cada momento que Deus me concede. Frequentemente me confesso e vou à missa. Todos os dias eu rezo o terço em piedade a Deus.
© Mary's Land Movie
5/9
Pierce Brosnan, um dos mais famosos James Bond. Quando do luto após a morte de sua esposa e de sua filha, ele comentou: "A oração me ajudou e me ajuda a ser pai, ator, homem. Eu sempre lembro de rezar a Deus, no final do dia. Foi a fé que me ajudou nos momentos de maior sofrimento, dúvida e medo. O idioma da oração é algo permanente, certo ".
© Wikimedia
6/9
Al Pacino. Católico praticante, disse em uma entrevista que os únicos lugares onde ele se permite ser como uma criança são a igreja, a escola e cinema. No início da década de 1970, ele de repente se separou da religião, mas voltou para a igreja durante a realização do filme "O Poderoso Chefão".
© Featureflash Photo Agency / Shutterstock
7/9
Mel Gibson. O diretor de "A Paixão de Cristo" admite abertamente sua fé como inspiração no cinema. Participa ativamente da igreja, dedica-se a obras de caridade e ajuda outras celebridades a saírem do vício em drogas.
© Featureflash Photo Agency / Shutterstock
8/9
Antonio Banderas. O ator e diretor espanhol viaja todos os anos para a celebração da Semana Santa em Málaga. "Eu sou católico. Mas com a idade, passei a precisar ainda mais da espiritualidade".
© JORGE GUERRERO / AFP
9/9
Caterina Murino. A belíssima atriz italiana é católica praticante. "A fé é algo que todos os dias está comigo, nos bons e maus momentos. Deus está aqui. A religião é uma ponte que nos liga a Deus. Nós somos falíveis, e Jesus sabe disso".
© Wikimedia