1/8
A basílica é alcançada a partir da estação de metrô A, Cavour, passando por uma escadaria íngreme chamada escadaria Borgia, que anexava anteriormente a morada de Lucrecia e César Borgia.
2/8
Atravessando esta escada, você chega à praça de São Pedro in Vincoli, onde está localizada a basílica. É verdade que, em comparação com as outras basílicas luxuosas de Roma, pode passar despercebida, mas tem grandes surpresas por dentro.
3/8
Mais importante ainda, foi construída em meados do século V para abrigar a relíquia das correntes com as quais, segundo a tradição, amarraram São Pedro durante sua prisão em Jerusalém.
4/8
No seu interior, do lado direito, podemos encontrar a imponente estátua de Moisés, que foi encomendada para Michelangelo em 1505 para decorar a tumba do papa Júlio II. Os chifres que deixam os cabelos meticulosos de Moisés chamam a atenção de muitos turistas. Este curioso chifre é devido a uma tradução errada (na época) da Bíblia Hebraica.
5/8
Em Éxodo 34, 35 está escrito: "e os Filhos de Israel viram então que raios de luz emanavam da tez do rosto de Moisés". Neste texto, Moisés se caracteriza por ter karan ohr panav ("um rosto que emanava raios de luz"), o que foi traduzido erroneamente por ("su rostro era cornudo").
El error en la traducción es posible debido a que la raíz trilítera hebrea krn (en hebreo las vocales no se escriben) puede ser interpretada como "keren", luminosidad, resplandor, o "karan", cuerno.
6/8
Além dos chifres, que Michelangelo preferiu manter para não remover a expressão de raiva no rosto, este trabalho nos deixa maravilhados por seu enorme realismo, um realismo que parece ser meticulosamente expresso em uma pintura e não em uma escultura de mármore: a protuberância dos músculos, o inchaço das veias, as pernas grandes, pesadas, como quando começam a se mover.
7/8
Michelangelo leva a ira sagrada de Moisés ao seu ponto mais alto. O sangue flui intenso, parece que está prestes a explodir e começar a gritar, franze a testa, expressa uma profundidade imensa... é um trabalho de gênio.
8/8
Esse trabalho maravilhoso parece tão realista que dizem que Michelangelo, ao terminá-lo, bateu no joelho direito da estátua e disse "por que você não fala comigo?" No joelho, você pode encontrar a marca de Michelangelo batendo em seu Moisés.