Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Alimente o seu espírito. Receba grátis os artigos da Aleteia toda manhã.
Inscreva-se

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

1/11

Veja o lado postivo

A quarentena é uma mudança de planos de que certamente não gostamos porque restringe nosso ir e vir. Aproveite a oportunidade para dedicar tempo ao que você sempre quis fazer e não pôde por falta de tempo: arrumar a casa, artesanato, leitura, longas conversas com a família ou amigos (use videoconferência).

Transforme o comum em extraordinário (um prato diferente, por exemplo) e o extraordinário em comum (reduza o medo do coronavírus pacificando seu coração, sem se alarmar).
2/11

Alimentos e medicamentos

Antes da quarentena, você certamente fará uma compra de alimentos. Não é uma guerra que vem, no entanto, é bom organizar uma pequena despensa em casa.

Aproveite o congelador.

Pense no que sua família e pessoas com necessidades especiais (alergias ou doenças) precisam.

Verifique as prescrições médicas para não ficar sem medicação. Verifique também o armário de remédios e adicione, se você não tiver, um termômetro.

Em relação às máscaras, na farmácia, elas informam qual é a melhor qualidade para se proteger em caso de poder sair com limitações.
3/11

Seja você a liderar este momento

Não deixe que a quarentena "aconteça com você", pegando-o de surpresa. Em vez de ficar parado e vê-la se aproximar, seja proativo.

Não deixe que a passividade ou a preguiça mental e física o dominem.

Faça planos, organize por semanas, dias e horas. Não se trata de "fazer" coisas, mas de "crescer" como pessoa nessa situação, cada um de acordo com as circunstâncias.

No final da quarentena, você pode ver como usou o tempo e fazer um balanço. Certamente você tomou medidas positivas.
4/11

Coloque ordem

A quarentena é um "momento Marie Kondo" perfeito. Qual a melhor ocasião para arrumar a casa, começando pelo cômodo que mais precisa? Considere, antes de iniciar a quarentena, e caso você precise ficar isolado, se vai precisar de material de armazenamento, como caixas ou sacolas.

Também podemos fazer uma limpeza digital. Organize os e-mails. Organize as milhares de fotografias. E, acima de tudo, apague o que é para apagar. É uma maneira de ser ecológico na internet e você nunca terá mais facilidade.
5/11

A leitura dos seus sonhos

A quarentena nos oferece uma oportunidade de ouro para ler. Nunca teremos tanto tempo e calma para fazê-lo!

Quais livros você escolheria? Sugiro algumas opções:

A Bíblia: é hora de ler a Bíblia como um livro, isto é, não uma passagem, mas muitas páginas: livros completos do Antigo e do Novo Testamentos. Certamente seremos surpreendidos por uma leitura profunda de Gênesis, Êxodo, Salmos, livros de personagens como Rute ou Ester, livros dos profetas.

Ao ler com calma a Bíblia, você pode meditar mais no sentido das palavras, ler as notas de rodapé (que sempre devem estar em uma Bíblia Católica), tomar notas e rezar.

O Evangelho (dentro da Bíblia): os quatro evangelhos narram a vida de Jesus. É hora de lê-los como Sua biografia e conhecer melhor Sua vida.

Como literatura, a Bíblia é uma obra de referência universal. Como texto sagrado, é a palavra de Deus que toca cada pessoa mais profundamente. A quarentena pode nos dar um passo importante na fé.

Clássicos da literatura universal: o autor que você ouve falar e sempre achou que deveria ler. Algumas sugestões: Tolstoi, Cervantes, Shakespeare, Dante, Dostoiévski (além dos clássicos da literatura em língua portuguesa).

Outras sugestões: uma biografia, um livro de história sobre um episódio que lhe interessa em particular, poemas, livros para reler do seu escritor favorito.

Um livro de espiritualidade: além da Bíblia, procure a leitura que o enriquece espiritualmente, que pode ser um clássico como Santa Teresa ou as Confissões de Santo Agostinho, ou uma obra atual.
6/11

Chegou a hora de escrever

Pode ser papel e caneta ou o computador. A quarentena é o momento ideal para redigir algo de sua autoria, por exemplo, suas memórias (de sua vida ou de algum momento especial). Se isso não lhe permitir escrever um livro completo, pelo menos elabore o plano do que você gostaria e comece a escrever um capítulo.

Você também terá tempo para escrever para alguém. A quarentena permitirá que você reflita e expresse melhor seus pensamentos, seja para você ou para outras pessoas lerem no futuro.

Escrever nos ajuda a registrar ideias, colocar ordem em pensamentos e esclarecer memórias. Podemos curar feridas, reconsiderar ou sublinhar os motivos de agradecimento a outras pessoas que fizeram (ou fazem) parte de nossas vidas.
7/11

Silêncio e reflexão

A quarentena favorece a desconexão. Mas, como estamos conectados à Internet, o ruído externo também pode estar em nossas vidas diárias. Não faltam atrações: de jogos a séries em streaming, tutoriais no YouTube ou música 24 horas. Tudo isso é muito bom, desde que tenhamos decidido previamente qual será o nosso grau de conexão a cada momento.

O silêncio e a reflexão fazem parte do seu plano ou você tem medo de ficar com nada além de si mesmo? Você pode precisar recuperar as rédeas da sua vida e mudar algumas coisas: sua hierarquia de valores, por exemplo.

É um bom espaço para o exame: faça uma varredura da sua vida, repare os problemas e faça propósitos para um futuro imediato ou a longo prazo.
8/11

Trabalhe de casa

Para muitos, a quarentena pode ser um antes e um depois na organização do trabalho. Por que não explorar novas maneiras de trabalhar de casa agora?

Inicie com os recursos oferecidos pela tecnologia para reuniões de equipe e monitoramento de trabalhos: videochamadas via WhatsApp, Skype, Hangouts, etc.

Pode ser um momento ideal para as empresas, dentro da estrutura da globalização, considerar a flexibilidade de horários e também a localização de seus trabalhadores. Essa é uma medida que ajudaria na reconciliação trabalho-família. Agora, talvez por obrigação, não há escolha a não ser tentar, especialmente em profissões liberais.

Por sua parte, crie um espaço de trabalho provisório em casa e estude as possibilidades de se tornar permanente.
9/11

Que faço com as crianças em casa?

Grande questão. O que fazer com as crianças tantos dias sem poder sair? Na Aleteia, especialmente na seção Estilo de Vida, você tem vários recursos para tornar esse tempo produtivo e ser feliz com sua família.

Pode haver momentos para o estudo e, portanto, dar seguimento às disciplinas da escola. Siga a programação habitual, porque a estabilidade é importante para as crianças.

Reorganize a casa para que haja espaço adequado para cada idade: local de leitura, brincadeiras, etc.

Tire o positivo das telas, mas limite as horas de uso.

Dê-lhes uma função: pode ser uma ocasião extraordinária para elas crescerem no conhecimento do trabalho doméstico, se envolverem e se divertirem com eles, cada criança de acordo com a idade. Faça deles "donos da sua casa".
10/11

Cuide da relação com o seu cônjuge

A coexistência é alterada no caso de uma quarentena e há quem não gosta de ficar trancado em casa. Lembre-se da personalidade de seu cônjuge. Evite o que possa produzir faíscas e reforce o que é bom para vocês.
11/11

Não se esqueça dos outros

Na quarentena, não negligencie sua família, seus amigos e vizinhos. Pense no que as pessoas podem precisar de ajuda. Por exemplo, você pode se lembrar da medicação de um avô ligando para ele nos horários indicados. Ou faça ligações simplesmente para que saibam que não estão sozinhas e que podem contar com você.