Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Alimente o seu espírito. Receba grátis os artigos da Aleteia toda manhã.
Inscreva-se

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

1/8

Chiara

Ao longo de sua curta vida, a Beata Chiara Badano foi o símbolo da alegria, que pode ser vista em seu sorriso radiante e em seu amor por Jesus. Desportiva e amante da música pop, ela descobriu que tinha um câncer ósseo agressivo no final da adolescência. Ela abraçou seu sofrimento, oferecendo sua dor a Cristo. Pediu para ser enterrada com um vestido de noiva para simbolizar que ela seria a eterna noiva de Jesus. Morreu pouco antes de seu aniversário de 19 anos.
2/8

Martina

Como tantos outros santos italianos, Martina de Roma doou seus bens mundanos em busca de uma vida de oração. A santa do século III foi martirizada por se recusar a adorar deuses pagãos.
3/8

Fabiola

Santa Fabiola iniciou um segundo relacionamento antes da morte de seu marido, o que é contra os ensinamentos da Igreja. Com a morte desse segundo homem, Fabiola procurou publicamente a penitência. Ela abandonou sua extrema riqueza e se entregou ao serviço dos necessitados e da Igreja, sob a orientação de São Jerônimo. Sua vida demonstrou como podemos compensar nossos erros passados, oferecendo um exemplo de esperança e coragem para qualquer mini-Fabiola.
4/8

Clara

Como uma das primeiras seguidoras de Francisco de Asssis, Clara de Assis fundou a Ordem das Clarissas. Ao escrever a Regra da ordem, ela se tornou a primeira mulher a elaborar um conjunto de diretrizes monásticas. Vivendo em estrita pobreza e relativo silêncio, a vida de Clara foi dedicada a servir a Cristo.
5/8

Caterina (ou Catarina)

Mais conhecida como Catarina de Siena, Caterina foi uma santa popular no século 14. Foi a 25ª criança da família! Depois de uma experiência mística, ela se dedicou a servir os pobres e os doentes. Também se tornou instrumental na manutenção da paz durante um período conturbado para a Igreja em Roma. Nomeada Doutora da Igreja por seus prolíficos escritos, ela morreu aos 33 anos, pois seu corpo estava enfraquecido pelo jejum constante.
6/8

Zita

Quando jovem, Zita de Lucca entrou no mundo difícil do serviço doméstico. Ela era abusada por seus empregadores, mas continuou a trabalhar diligentemente como um serviço a Deus. Sempre pensando nos outros, ela dava comida para os necessitados e procurava tempo para orar.
7/8

Lea (ou Léia)

Léia de Roma foi uma nobre que ficou viúva cedo e abandonou toda a sua riqueza para entrar em um convento. Ela viveu uma vida virtuosa, de acordo com os escritos de São Jerônimo. Espero que sua pequena Léia siga os passos dela, colocando a vida eterna acima da mundana.
8/8

Margarida

Margarida de Cortona fugiu de casa ainda jovem e teve um filho fora do casamento com um homem chamado Arsenio, que foi assassinado. Depois de encontrar o corpo dele, a vida de Margarida mudou completamente. Tornou-se terciária franciscana e passou a vida em oração e penitência. Seu amor pela Eucaristia a levou a levar uma vida de caridade.
São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.