Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Newsletter Aleteia: uma seleção de conteúdos para uma vida plena e com valor. Cadastre-se e receba nosso boletim direto em seu email.
Registrar

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

twitter

Um herói de 700 gramas: o bebê milagre

A notícia sobre o estado de saúde do Fernando suscitou uma onda de oração movimentada no Twitter

Papa Francisco vence também no Web Marketing

O prêmio “WebRevolution 2014” foi atribuído ao Papa por levar unidade e integração através da internet

Por que os grupos gays encontram uma publicidade natural na internet?

Da campanha anti-homofóbica “If gets Better” nos EUA, a um filme e um concurso Mister Gay, muito com promoção do Google

O Papa deveria twittar?

Francisco é o pontífice mais informal e acessível da história

Uma incrível história de amor e conversão

Conheça a trajetória de Carlos, um jovem ateu que se encontrou com Deus seguindo a conta de uma garota católica no Twitter

Estudo mede a eficácia dos padres no Twitter

Conheça os padres que mais interagem com seus seguidores

Twitter: novos perfis incentivam anorexia e automutilação

Os adolescentes fazem cortes nos próprios braços, pernas, dão dicas de como perder peso e enganar os pais, espalhando suas fotos nas redes sociais

O Papa Francisco e o uso das redes sociais

Antes de ser eleito Papa, Francisco não usava nem celular, mas agora já aderiu às mídias sociais, para poder ter mais contato com as pessoas

Papa Francisco, um tweetstar?

Sua conta no Twitter superou os 10 milhões de seguidores

Jesus e o Twitter: o que disse o cardeal Ravasi e o que virou notícia no mundo

Uma série de críticas à Igreja se seguiu, especialmente por parte dos ateus e agnósticos, justo aqueles com quem a Igreja busca dialogar