Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Cadastre-se e receba Aleteia diretamente em seu email. É de graça.
Receber

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

velhice

Por que você deve ter pelo menos um amigo mais velho

A amizade entre Santo Ambrósio e Santo Agostinho nos mostra o porquê

Como unir o casal no momento da aposentadoria?

Na aposentadoria, começa uma nova vida como casal. Entre a autonomia de cada um e o tempo passado juntos, como encontrar um novo equilíbrio e tornar a vida do casal ainda mais enriquecedora?

Não, a velhice não é um naufrágio!  

Hoje em dia não são só as mulheres que querem parecer mais jovens. Os homens também estão tentando manter a ilusão da juventude ao custo de plásticas e cremes rejuvenescedores. E se, ao invés …

Quer ser mais feliz na velhice? Então adote este hábito a partir de hoje

Pesquisa revela que os efeitos positivos dos exercícios físicos duram décadas

Por que você deveria considerar o “co-housing” nos últimos anos de vida

Esta nova tendência oferece aos idosos a chance de ter seus últimos anos como um momento emocionante da vida

5 coisas que você deve fazer agora para ajudar seu corpo, mente e alma

Estas ideias para envelhecer bem vão te surpreender

Objetos perdidos

Um vídeo emocionante sobre o Alzheimer e sobre o que realmente importa

A velha amiga

Uma crônica de Rachel de Queiroz para pensar no ontem, no hoje e no amanhã

Como enfrentar a difícil tarefa de sermos pais dos nossos pais

Estamos preparados para administrar a educação de nossos filhos. Mas é difícil para nós acompanhar a velhice e a deterioração daqueles que nos deram a vida

Por que 65 anos não significam mais “velhice”

60 pode não ser o novo 50, mas talvez seja hora de repensar nossas categorias de estágios de vida