Aleteia

Apresentamos o mais novo religioso de um mosteiro da Bolívia

Compartilhar
Comentar

Cãozinho foi adotado pelos monges e está fazendo o maior sucesso dentro e fora do mosteiro

Ele foi um presente de Deus, ou melhor, de alguns fiéis  a um mosteiro franciscano da cidade de Cochabamba, na Bolívia. O cãozinho da raça schnauzer foi adotado pelos monges há quatro meses e mudou a rotina rígida do local de paz e oração. De acordo com o canal de TV boliviano, ATB Notícias, ele é muito arteiro, corre para lá e para cá, morde tudo, destroça sandálias, bebe água na fonte do jardim e leva tudo para a grama. Nem São Francisco consegue acalmar o bichinho!

O cachorro foi batizado de Carmelo e ganhou até um hábito parecido com o dos monges para ser usado em ocasiões especiais. A foto do pet caiu nas redes sociais e está fazendo o maior sucesso. Os internautas apelidaram o mascote de “frei Bigode”.

Apesar das peraltices, os monges parecem estar contagiados pela alegria do novo companheiro religioso, que também adora uma foto!

Temas deste artigo:
animais de estimacaomonges
Boletim
Receba Aleteia todo dia