Aleteia

Forças iraquianas limpam bairros tomados do EI em Mossul

AFP PHOTO / SAFIN HAMED
Members of the Iraqi Christian forces Kataeb Babylon (Babylon Brigades) detain blindfolded suspected Islamic State group (IS) jihadists in the courtyard of the Mar Benham Syriac Catholic monastery in the town of Khidr Ilyas, southeast of Mosul, on November 22, 2016. Iraqi fighters battling to oust the Islamic State group from Mosul captured the Catholic Mar Benham monastery on November 20, allowing its priests to return. Dating back to the fourth century AD, the monastery lies just 30 kilometres south of Iraq's second city which became a bastion of the jihadist group which swept across northern Iraq in 2014. / AFP PHOTO / SAFIN HAMED
Compartilhar
Comentar

Limpeza do centro da cidade é um início e uma etapa muito importante para iniciar a libertação da parte antiga

As forças iraquianas se esforçavam nesta quarta-feira (8) para desativar as bombas deixadas pelos extremistas nas zonas recuperadas do oeste de Mossul para preparar novas operações.

“O primeiro é a limpeza das zonas liberadas (terça-feira) e a desativação (de bombas) nas casas”, declarou à AFP o coronel Abdel Amir al Mohammedawi das Forças de Intervenção Rápida, unidade de elite do ministério do Interior.

“A limpeza do centro da cidade é um início e uma etapa muito importante para iniciar a libertação da parte antiga”, acrescentou, em referência a uma zona próxima ao centro que as forças iraquianas recuperaram nos últimos dias.

Apoiadas pela coalizão internacional liderada pelos Estados Unidos, as forças iraquianas dirigem desde 19 de fevereiro uma operação de grande porte para retomar o oeste de Mossul, último grande reduto do grupo extremista Estado Islâmico (EI) no país.

(AFP)

Compartilhar
Comentar
Boletim
Receba Aleteia todo dia