Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quarta-feira 04 Agosto |
São João Maria Vianney
home iconPara Ela
line break icon

Medicina confirma: casar faz bem para o coração

Por S_L/Shutterstock

Sempre Família - publicado em 23/04/18

Um estudo de pesquisadores norte-americanos concluiu que solteiros têm mais chances de morrer de algum problema cardíaco do que as pessoas casadas

Ao mesmo tempo em que o casamento é uma união entre um homem e uma mulher que se comprometem a amar-se, é também o início de uma nova etapa na vida dos dois.

Os benefícios são muitos, sejamos ou não conscientes disso. Por exemplo, o fato de contar com um apoio emocional ao qual recorrer nos momentos mais difíceis. Mas não é só isso: pesquisadores norte-americanos descobriram que o casamento está diretamente relacionado a um coração mais saudável.

A pesquisa do setor de cardiologia da Faculdade de Medicina da Universidade de Emory, em Atlanta, analisou mais de 6 mil pacientes em distintos períodos de tempo para entender se o casamento beneficiava de alguma forma a sua saúde.

estudo, publicado no periódico Journal of the American Heart Association, mostrou que quem não havia se casado tinha 52% mais chances de morrer de algum problema cardíaco do que as pessoas casadas.

Para chegar a esse valor, foram descartados outros fatores como o consumo de álcool ou remédios. Entre os motivos que poderiam explicar essa diferença, os pesquisadores elencaram a melhor saúde financeira dos casais e a maior atividade física de pais e mães nas brincadeiras com seus filhos.

Não é o primeiro estudo que trata dos efeitos benéficos do casamento sobre a saúde. Uma pesquisa do University College de Londres que analisou os dados de mais de 812 mil pessoas em 15 estudos anteriores concluiu que o casamento ajuda a prevenir a demência. Solteiros apresentaram 42% mais chances de contrair demência a longo prazo.

De novo, os pesquisadores hipotetizaram que a razão está no estilo de vida diverso. Pessoas casadas têm horários de sono mais regulares e atividades menos nocivas à saúde, além de um convívio social mais intenso – algo importante para manter uma boa saúde mental.

(via Sempre Família)

Tags:
Casamento
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Reportagem local
Gritos levam polícia à casa de dois idosos, que choravam copiosam...
2
Sintomas da depressão
Reportagem local
8 sintomas físicos da depressão: fique atento a si mesmo e ao seu...
3
Philip Kosloski
Mesmo com ouro e glória, Michael Phelps foi ao fundo do poço – ma...
4
MAN
Reportagem local
Oração da noite para serenar o espírito e pacificar a ansiedade
5
Pe. Edward Looney
Padre revela: por que sempre levo água benta comigo ao viajar
6
sacerdotes
Reportagem local
Suicídio de sacerdotes: desabafo de padre brasileiro comove as re...
7
Aleteia Brasil
Sorrisão e joelhos: 2 pais brasileiros e seus bebês que emocionar...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia