Aleteia

11 pensamentos consoladores sobre o Purgatório

HOLY SOULS IN PURGATORY
Compartilhar

As almas do Purgatório vivem uma contínua união com Deus

O grande doutor da Igreja, São Francisco Sales (1567-1655,) tem um ensinamento maravilhoso sobre o Purgatório. Ele ensinava, já na Idade Média, que “é preciso tirar mais consolação do que temor do pensamento do Purgatório”.

Eis o que ele nos diria:

1. As almas ali vivem uma contínua união com Deus.

2. Estão perfeitamente conformadas com a vontade de Deus. Só querem o que Deus quer. Se lhes fosse aberto o Paraíso, prefeririam precipitar-se no inferno a apresentar-se manchadas diante de Deus.

3. Purificam-se voluntariamente, amorosamente, porque assim o quer Deus.

4. Querem permanecer na forma que agrada a Deus e por todo o tempo que for da vontade Dele.

5. São invencíveis na prova e não podem ter um movimento sequer de impaciência, nem cometer qualquer imperfeição.

6. Amam mais a Deus do que a si próprias, com amor simples, puro e desinteressado.

7. São consoladas pelos anjos.

8. Estão certas da sua salvação, com uma esperança inigualável.

9. As suas amarguras são aliviadas por uma paz profunda.

10. Se é infernal a dor que sofrem, a caridade derrama-lhes no coração inefável ternura, a caridade que é mais forte do que a morte e mais poderosa que o inferno.

11. O purgatório é um feliz estado, mais desejável que temível, porque as chamas que lá existem são chamas de amor.

Retirado do livro: “O Breviário da Confiança”. Mons. Ascânio Brandão. Ed. Cléofas.

Boletim
Receba Aleteia todo dia