Aleteia logoAleteia logoAleteia
Domingo 21 Abril |
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

50 padres da Nicarágua pedem refúgio em países vizinhos

Ditadura da Nicarágua persegue padres e bispos

Diócesis de Matagalpa

Dom Rolando Álvarez antes de ficar preso na cúria residencial

Francisco Vêneto - publicado em 16/09/22

Ditadura de Daniel Ortega intensificou perseguição à Igreja Católica

Pelo menos 50 padres da Nicarágua pediram refúgio em países vizinhos devido à intensificação da perseguição promovida pela ditadura de Daniel Ortega contra a Igreja Católica no país centro-americano.

As dioceses procuradas para a obtenção de refúgio se localizam na Costa Rica e em Honduras.

Segundo o bispo dom José Canales, da diocese de Danlí, em Honduras, os sacerdotes nicaraguenses denunciam “situações de injustiça e desrespeito aos direitos humanos em seu país”. De fato, são clérigos católicos que não se sujeitaram à ideologia do regime sandinista, que, em represália, os tem perseguido de modo sistemático.

O caso de maior repercussão mundial é o da perseguição ao bispo de Matagalpa, dom Rolando Álvarez, que, junto com um grupo de mais sete pessoas, entre sacerdotes, seminaristas e leigos católicos, foi preso pelo regime de Ortega em 19 de agosto, após 15 dias de cerco à casa episcopal em que haviam sido mantidos praticamente como reféns, impedidos de sair à rua. O grupo segue até hoje sob detenção, gerando indignação e preocupação internacional.

Além das prisões arbitrárias e das vexações cotidianas a padres, freiras e leigos católicos engajados em atividades paroquiais, o ditador tem tomado outras medidas persecutórias contra a Igreja, como o fechamento forçado de estabelecimentos católicos.

Mesmo os padres que ainda não sofreram agressões físicas relatam a presença constante de policiais nas portas das igrejas para intimidá-los, assim como ligações telefônicas que, notoriamente, tentam desestabilizá-los e amedrontá-los.

Sobre as solicitações de refúgio apresentadas por sacerdotes da Nicarágua, o bispo hondurenho dom Canales afirma que a sua diocese está disposta a “receber os sacerdotes que em circunstâncias extremas precisam deixar a Nicarágua” para que possam “ser integrados na vida da Igreja” local.

Tags:
IdeologiaPadresPerseguiçãoPolítica
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia