Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quinta-feira 29 Outubro |
São Sálvio
home iconEstilo de vida
line break icon

Por que é necessária a educação sexual?

Aleteia Brasil - publicado em 25/01/13

Quais as diretrizes para uma boa educação dos filhos no campo da sexualidade?

A educação sexual pressupõe um educador (pais, professores) com um papel ativo e corresponsável, porque aponta e convoca para os valores. A educação sexual faz parte da educação integral da pessoa, em todas as suas dimensões. Implica um trabalho em três âmbitos: a responsabilidade, a consciência e a aspiração ao valor. É necessário educar as consciências para que os adolescentes saibam descobrir o sentido e o valor das coisas e dos próprios atos.

A educação não pode se ocupar somente da informação, da transmissão de conhecimento, pois a grande exigência hoje é “afinar a consciência” para perceber o sentido inerente a cada situação que se nos apresenta e, de modo extensivo, o sentido da sexualidade na vida pessoal. A educação para a sexualidade implica um trabalho em três âmbitos: a responsabilidade, a consciência e a aspiração ao valor. A responsabilidade é uma característica fundamental do homem. Mesmo uma criança já pode pressupor o valor de uma ação.

Educar as consciências torna-se hoje um imperativo para que os adolescentes saibam descobrir o sentido e o valor das coisas e dos próprios atos. Caso contrário, a mídia, as pseudociências ou outras instâncias mediadoras da cultura – ou da subcultura – se tornam o critério ético da conduta. Diante da enxurrada de informações e mensagens contraditórias e desorientadoras, o grande desafio para a educação é aprender a discernir – saber o que é e o que não é importante, o que é e o que não é essencial – em uma palavra: o que tem sentido e o que não tem.

A dinâmica da educação em seu aspecto formativo não é um processo de fora para dentro; ao contrário: acontece num espaço existencial entre o ser que sou e o ser que devo ser ou que aspiro a ser.

Os fundamentos da disposição pedagógica do homem são: a responsabilidade, a consciência e a aspiração ao valor.

A educação sempre supõe liberdade, mas concretamente liberdade para transformar-se, para ser-de-outra-maneira. E isso não se dá por uma vontade dos pais ou professores, mas sim por uma intuição do dever vivido pela criança como algo próprio.

Assim, se o estado adulto se caracteriza pela autonomia e pela capacidade de ser responsável, pressupõe-se já na infância tal capacidade. Isso não significa que a criança seja um ser incompleto e não deva ser respeitada por ser ela mesma, isto é, uma criança; pelo contrário, o fato de ser um ser completo é que possibilita a ela vir-a-ser o que é – um ser responsável.

Nessa visão, se a finalidade da educação sexual é chegar a viver uma sexualidade madura, plena, esta pressupõe um caminho a percorrer, pois o estado adulto não irrompe de uma só vez: vai se estruturando em correspondência com cada um dos estágios do desenvolvimento, sobre a base infantil.

O processo de “adolescer” (crescer) também não se dá como mero desenvolvimento espontâneo de um potencial já presente, ou por simples influência do meio, mas traz consigo uma exigência: é um processo de decisão responsável – parte de uma instância espiritual que é o ser que decide (pessoa) e assume o projeto de tornar-se uma personalidade adulta e responsável pela própria existência.

Além da responsabilidade, a consciência é outro elemento estruturador da disposição pedagógica do homem. A consciência é uma capacidade intuitiva, pré-lógica, uma vez que tem sua raiz plantada no “inconsciente espiritual”. Este fundo inconsciente se manifesta em todas as etapas da vida, antes de se manifestar no plano do entendimento consciente, e é o fator que fundamenta o desenvolvimento da personalidade.

Desde cedo a criança pode ter uma consciência pré-lógica de si mesma (intuir quem é, perceber-se como alguém único) e uma consciência pré-moral do valor (intuir o que vale em dada situação ou o que tem sentido para ela naquele momento).

  • 1
  • 2
  • 3
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
Sexualidade
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
OLD WOMAN, WRITING
Cerith Gardiner
A carta de uma irlandesa de 107 anos sobre co...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia