Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sexta-feira 24 Setembro |
home iconAtualidade
line break icon

Cardeal Christoph Schönborn, o “filho espiritual” de Ratzinger

.

Aleteia Vaticano - publicado em 08/03/13

De pais aristocratas alemães, é culto e poliglota

Um dos detalhes fascinantes que surge quando consideramos os cardeais da Igreja Católica é a ampla gama não só de nacionalidades, mas também de bagagem socioeducativa. O filho de um caminhoneiro aqui, o de um fazendeiro lá. De um lado, o filho de uma família burguesa de um país desenvolvido; de outro, o filho de operários de um país em desenvolvimento. Aqui, o filho de um agricultor dos EUA; lá, o herdeiro de uma dinastia aristocrática europeia.

O cardeal Christoph Schönborn pertence à nobre e venerável família dos Schönborn-Buchheim-Bohemian-Wolfstahl. Ao longo dos anos, sua família ofereceu à Igreja 2 cardeais, 19 arcebispos, bispos, padres e freiras. O cardeal segue os passos de seu tio-avô, o cardeal Franz Graf Schönborn, que era também o chefe do episcopado austríaco.

Após a 2ª Guerra Mundial, a família Schönborn foi forçada a abandonar Boêmia. Christoph entrou na Ordem Dominicana em 1963, estudando teologia em Paris, Filosofia e Psicologia em Bornheim-Walberberg. Ele completou outros estudos no Institut Catholique de Paris e estudou cristianismo eslavo e bizantino na Sorbonne. Foi aluno de Joseph Ratzinger em Ratisbona, fez doutorado em Teologia Sagrada em Paris, e lecionou teologia na Universidade de Friburgo (Suíça). É fluente em sete línguas e conhecido como o principal editor do Catecismo da Igreja Católica.

Como arcebispo de Viena, o cardeal Schönborn enfrentou tempos difíceis, tendo de lidar com uma Igreja em crise, ajudando-a a estabilizar-se depois de um escândalo de abuso sexual. Parecia, no entanto, impotente para enfrentar uma rebelião aberta de alto nível no clero liberal, que pede a reforma da Igreja em questões como o celibato e a ordenação de mulheres. Também entrou em choque com altos funcionários do Vaticano e foi criticado por interferir nas disputas internas em setores da Igreja que vão além da sua autoridade.

Como seria um pontificado de Schönborn? Ele definitivamente tem perspicácia intelectual para liderar a Igreja. Ele tem sido chamado de "filho espiritual" de Bento XVI, de modo que seria conservador e um confiável defensor da fé. Não é apenas um bom acadêmico, pois se comunica bem com as pessoas comuns também. E sabe usar os meios de comunicação: tem eloquência, é popular e capaz de se comunicar com pessoas de diferentes contextos, incluindo os jovens.

O cardeal Schönborn é ativo na Nova Evangelização e é um grande apoiador da nova missão e dos movimentos espirituais que atraem os jovens. Eu me encontrei com ele quando visitei Viena para uma conferência sobre a Nova Evangelização. Falou bem e com paixão, e estava à vontade com os muitos jovens que queriam ouvi-lo e falar com ele. Falando muitos idiomas e sendo um comunicador hábil, ele se daria bem na posição mais elevada. Saberia gerenciar todos os aspectos do pontificado de Bento XVI.

A questão é que Schönborn muitas vezes parece assumir uma posição, envolver-se em um problema, colocar um pé errado e depois tentar fazer as pazes. Nele há uma ambiguidade e uma incerteza desconcertantes. Sua maneira de lidar com a crise em sua arquidiocese foi um exemplo de liderança fraca e ineficaz, ou ele era sensível no âmbito pastoral, pronto para ouvir e comprometer-se, para trabalhar nos bastidores, a fim de manter a unidade? Uma ambiguidade similar poderia significar uma falta de espinha dorsal para iniciar a reforma da qual a Igreja precisa neste momento.

Com o cardeal Schönborn, teríamos um intelectual aristocrata europeu guiando a Igreja. Ainda que ele fale sete idiomas e tenha um profundo interesse e conhecimento em relação às Igrejas Orientais, será que tem a experiência necessária para liderar a Igreja global? A Igreja precisa de outro intelectual que fale alemão ou de um líder de um país em desenvolvimento? Ela precisa de um aristocrata nascido em um castelo e educado nas melhores escolas ou de um homem com uma sensibilidade mais comum?

Talvez sejam questões irrelevantes. O sacerdócio católico é um grande nivelador; questões relacionadas à origem familiar e à bagagem tornam-se menos importantes quanto mais uma pessoa ocupa as posições mais altas. As vestes roxas dos cardeais os deixam todos iguais. Se o cardeal Schönborn for eleito papa por obra do Espírito Santo, ele saberá superar os limites de sua linhagem aristocrática, assim como o filho de um fazendeiro poderia superar seu próprio conjunto de obstáculos.

Este é, em última análise, o papel dos eleitores: avaliar os requisitos de um homem, sua bagagem social e étnica, sua experiência e seus relacionamentos, as necessidades de toda a Igreja, e depois discernir "algo" extra – as indefiníveis qualidades espirituais que distinguem o homem que entrará no "Lacrimatoio" para usar as vestes brancas.

— —

Tags:
CardeaisConclavePapa
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Top 10
1
Vulcão Cumbre Vieja
Violeta Tejera
Vulcão Cumbre Vieja obriga pároco a evacuar capela às pressas
2
Maria Paola Daud
O dia em que Nossa Senhora parou a lava do vulcão Etna
3
Sangue de São Januário ou San Gennaro
Reportagem local
Milagre do sangue de São Januário volta a ser registrado em Nápol...
4
Jim Caviezel
J-P Mauro
Jim Caviezel presta uma homenagem eletrizante a Maria
5
Exorcista padre Gabriele Amorth
Gelsomino Del Guercio
Os assombrosos diálogos entre o diabo e um exorcista do Vaticano
6
RECONSTRUCTED CHRIST
Lucandrea Massaro
Assim era Jesus: o misterioso Homem do Sudário, reconstruído em 3...
7
Oração católica para pedir chuva
Reportagem local
Existe oração católica para pedir chuva? Sim, e aqui vai ela
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia