Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Cadastre-se e receba Aleteia diretamente em seu email. É de graça.
Receber

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Papa a padres e bispos: lutar contra tentação do dinheiro e da vaidade

Marcin Mazur/Catholic NewsUK
Compartilhar

Quando um sacerdote ou um bispo está atrás de dinheiro, o povo não o ama, e eles mesmos terminam mal, comentou Francisco em sua homilia diária

Rezem para os padres e bispos, para que não cedam à tentação do dinheiro e da vaidade. Esse foi o pedido do Papa Francisco na homilia da missa desta manhã, na Casa Santa Marta.

 

O Papa centrou sua homilia na passagem dos Atos dos Apóstolos em que Paulo pede que os anciãos da Igreja de Éfeso cuidem de si e do rebanho, como pastores atentos aos lobos.

 

“Um bispo não é bispo para si mesmo, é para o povo; e um padre não é sacerdote para si mesmo, é para o povo: para o seu serviço, para fazê-lo crescer, para pastorear o povo, o próprio rebanho”, afirmou Francisco.

 

O Papa pediu que os católicos rezem pelos padres e bispos, porque “também o bispo e o sacerdote podem ser tentados”.

 

Mas quais seriam essas tentações? Segundo o Papa, Santo Agostinho fala de duas: a riqueza e a vaidade. 

 

Francisco afirmou que “quando um sacerdote, um bispo está atrás de dinheiro, o povo não o ama, e isso é um sinal. Mas ele mesmo termina mal.” 

 

São Paulo recorda ter trabalhado com as próprias mãos, “não tinha uma conta no banco, trabalhava. E quando um bispo, um sacerdote vai pelo caminho da vaidade, entra no espírito do carreirismo – e faz muito mal à Igreja –, faz o ridículo no final, se envaidece, gosta de deixar-se ver, todo poderoso… Mas o povo não ama isso”.

 

O Papa indicou a leitura e a oração sobre os versículos 28-30, do capítulo 20 dos Atos dos Apóstolos:

 

“Cuidai de vós mesmos e de todo o rebanho sobre o qual o Espírito Santo vos constituiu bispos, para pastorear a Igreja de Deus, que ele adquiriu com o seu próprio sangue. Sei que depois da minha partida se introduzirão entre vós lobos cruéis, que não pouparão o rebanho. Mesmo dentre vós surgirão homens que hão de proferir doutrinas perversas, com o intento de arrebatarem após si os discípulos.”

Boletim
Receba Aleteia todo dia