Aleteia logoAleteia logoAleteia
Segunda-feira 26 Setembro |
São Cosme e São Damião
Aleteia logo
Estilo de vida
separateurCreated with Sketch.

Tratamentos de fertilidade com três “pais” no Reino Unido

lk37zjngbkaqy1b0upklvgsw3knjuasakicin9t-hbzvzcaoud5pieu28aqkixjw_krs7ki7-te8mtj5pcoqgbm-ovte.jpg

Manuel Bru - publicado em 11/07/13

Finalidade terapêutica ou eugênica?

O governo britânico autorizou o tratamento de fertilidade com três "pais". O pretexto, como sempre que se quer ultrapassar os limites da bioética, é a suposta finalidade terapêutica.

A partir da manipulação de dois embriões, seria gestada uma terceira vida humana, para neutralizar uma previsível mitocôndria doentia da mãe. A proposta legislativa não cumpre pelo menos 5 princípios bioéticos fundamentais:

Em primeiro lugar, supõe a manipulação destrutiva de duas vidas humanas (o embrião dos pais e o embrião dos doadores), de maneira de ambas as vidas, com sua própria identidade genética, são sacrificadas em prol da monstruosa geração de uma terceira vida humana.

Em segundo lugar, é uma manipulação genética que requer jogar fora muitas vidas humanas em gestação. Além dos dois embriões manipulados, existem os que sempre são providenciados para agilizar o processo. Como toda fecundação in vitro, e ainda que isso costume ser ocultado da opinião pública, comporta vários micro-abortos por cada fecundação pretendida.

Em terceiro lugar, tem uma finalidade eugênica, ou seja, de purificação seletiva da raça. Ao invés de dizer "finalidade eugênica" eufemisticamente, diz-se "finalidade terapêutica". Mas isso é falso, porque a terapia significa processo de cura, e aqui não se cura ninguém, mas se busca, mediante métodos seletivos, a gestação de bebês encomendados.

Em quarto lugar, introduz uma segunda mãe, que também eufemisticamente é chamada de "mãe biológica", tentando separar a dimensão familiar da biológica. É contra a natureza que uma criatura humana nasça de uma combinação genética para cuja gestação intervêm um pai e duas mães, ou no futuro, vários pais e mães. Isso supõe anular o direito natural de ter um pai e uma mãe, e não um pai coletivo.

Finalmente, em quinto lugar, segundo a comunidade científica mais prestigiada, trata-se de um processo de manipulação genética sem nenhum conhecimento sobre seus efeitos. Não se sabe que tipo de vida humana se está fabricando.

Desde que, no paraíso, Adão e Eva pretenderam ser como Deus, nunca seus descendentes haviam chegado tão longe na hora de substituí-lo como Criador, com o fim de recriar, manipular e controlar seus semelhantes.

Tags:
AbortoPaternidade
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia