Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quarta-feira 21 Fevereiro |
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Papa Francisco na capa da Rolling Stone: jornalismo superficial

rolling stone pop cover – pt

rolling stone

rolling stone pop cover

Ary Waldir Ramos Díaz - publicado em 30/01/14

Porta-voz vaticano lamenta que Francisco tenha sido aclamado na revista americana em um artigo que menospreza o pontificado de Bento XVI

O Pe. Federico Lombardi , porta-voz do Vaticano, afirmou que a capa da revista Rolling Stone dedicada ao Papa Francisco como personagem de 2013 foi banalizada, ao tentar explicar o porquê da decisão em um artigo pouco jornalístico contra o Papa Bento XVI.

Lombardi afirmou que o artigo faz parte da atenção da mídia pela novidade que o Papa Francisco representa.

De fato, é o primeiro papa não europeu em quase 1.300 anos, o primeiro papa latino-americano, seguido por jovens e pessoas de outras confissões religiosas inclusive na internet, como mostra a pesquisa feita pela Aleteia, por meio da agência 3rdPlace, publicada esta semana.

O diretor da Sala de Imprensa do Vaticano disse que o artigo que acompanha a capa da revista é superficial porque cai no erro típico do jornalismo, ressaltando aspectos positivos do Papa Francisco, mas menosprezando o pontificado de Bento XVI.

Lombardi destacou que se vai além de considerar positivamente o Papa: ele é comparado negativamente com o papa emérito, e isso, segundo o porta-voz, é feito "com uma vulgaridade surpreendente".

Ele também afirmou que esta não é a melhor maneira de prestar um serviço ao jornalismo, nem tampouco a Francisco, que "sabe o quanto a Igreja deve ao seu predecessor". Lombardi recorda, a respeito disso, as palavras e gestos de admiração e respeito do Papa Francisco com relação a Bento XVI.

Além dos reconhecimentos das revistas Time e Rolling Stone, o Papa Francisco é considerado um líder de opinião na internet.

Francisco foi considerado o personagem do ano no mundo da rede, com o maior número de buscas mensais no Google (1.737.300) e foi o mais mencionado na internet (49.000.000), sendo comparado com alguns dos líderes mundiais mais populares em 2013, como Barack Obama, Vladimir Putin e Ángela Merkel.

Além disso, o Pontífice tem 11 milhões de seguidores no Twitter, como mostra a pesquisa "Internet loves Pope Francis".

Tags:
Bento XVIPapa FranciscoVaticano
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia