Aleteia
Quinta-feira 22 Outubro |
São Moderano
Estilo de vida

Dia de São Valentim: 4 dicas para renovar o amor

© conrado / SHUTTERSTOCK

LaFamilia.info - publicado em 14/02/14

É preciso buscar caminhos para enamorar-se do próprio cônjuge todos os dias

Há uma grande diferença entre esperar que as coisas aconteçam e fazer que as coisas aconteçam. Para manter o amor vivo ao longo dos anos, é preciso trabalhar nisso, pois não é algo que se dá por descontado. Ambos os cônjuges precisam buscar caminhos para enamorar-se todos os dias.


Costumamos ouvir que o amor é como uma planta, que precisa ser regada diariamente, exposta ao sol, receber adubo, livrar-se das folhas deterioradas, enfim, precisa ser cuidada para que se mantenha viva. Da mesma forma, na relação conjugal, todos os dias deve haver um cuidado para fazer que o coração não pare de bater.


Apresentamos, a seguir, 4 propostas para fortalecer o amor:

1. Dedicar tempo ao outro


Para conectar-se novamente, é preciso dedicar tempo ao outro, tempo de qualidade: sem pressa, sem filhos, sem reclamações, sem exigências. Os especialistas garantem que uma saída semanal a dois fortalece o casamento, pois melhora a comunicação, alivia o estresse e favorece a relação romântica e sexual.


Além de um momento semanal a dois, é importante que o casal busque outros espaços para desfrutar da companhia mútua, como, por exemplo, compartilhar um hobby, praticar algum esporte, tomar um vinho no final do dia, ir ao cinema etc.


Também se pode aproveitar as atividades cotidianas: fazer compras no supermercado, levar os filhos ao colégio, tomar café antes de sair de casa, encontrar-se para almoçar, entre outras.

2. Recuperar o romantismo


Ainda que o romantismo costume ser associado somente ao namoro, no casamento ele tem mais importância ainda. "Há casais que acham que já não estão apaixonados, porque não sentem mais essa emoção da adolescência, mas isso é um mal-entendido, porque, quando estamos realmente enamorados da pessoa com quem nos casamos, os sentimentos são diferentes: houve um amadurecimento do amor, do sentimento, da relação em geral", explica a escritora e educadora Maria A. Pérez.


O romantismo é, portanto, a forma como os cônjuges recordam e revivem a decisão de amar-se. Por isso, mais do que uma flor, uma caixa de chocolates ou um jantar (que também são necessários), o romantismo exige uma volta aos detalhes: pode ser uma ligação, um abraço, um gesto de colaboração, uma palavra carinhosa, o cuidado da aparência física para agradar o outro, as boas maneiras etc. Enfim, um trato cálido e delicado, próprio de um casal que procura cultivar o seu amor.

3. Demonstrar ao outro que ele é importante


A rotina e as diversas ocupações muitas vezes fazem com que nos esqueçamos do cônjuge; achamos que ele está bem e não nos damos ao trabalho de escutá-lo ou perguntar-lhe como se sente. Isso gera um clima de despreocupação pelo outro e pode levar a discussões.


O diálogo é o caminho por excelência para conhecer o que acontece com o outro. Talvez, por trás do mau humor e das disputas, haja temores e inseguranças que só podem ser descobertos após uma conversa de completa intimidade.


Dessas conversas costumam sair frutos que melhoram a relação, pois se toma consciência de que o cônjuge é essa pessoa que nos preenche, nos escuta, nos apoia e, por isso, reafirma-se a decisão de tê-lo escolhido.

4. Aproveitar as crises


Os especialistas garantem que as crises que acompanham as diferentes etapas do casamento, se bem aproveitadas, ajudam a descobrir situações de melhoria em ambos e acabam com a rotina, que é o inimigo número 1 do amor conjugal.


Disposição e vontade: este é o começo de todo bom plano de ação. Para levar o casamento adiante, é preciso cuidar dessa mulher ou desse homem que está ao nosso lado, ao invés de procurar sua substituição.


(Artigo publicado originalmente por LaFamilia.info)

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
AmorCasamentocrise
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
CARLO ACUTIS
John Burger
Como foram os últimos dias de vida de Carlo A...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
nuvens sinais
Reportagem local
Estão sendo fotografados "sinais do céu"?
Papa Francisco São José Menino Jesus
ACI Digital
Papa Francisco reza esta oração a São José há...
violência contra padres no Brasil
Francisco Vêneto
Outubro de cruz para padres no Brasil: um per...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia