Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Newsletter Aleteia: uma seleção de conteúdos para uma vida plena e com valor. Cadastre-se e receba nosso boletim direto em seu email.
Registrar

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Como escolher os padrinhos de Batismo do meu filho?

Jeffrey Bruno
Compartilhar

Entenda o papel e a importância dos padrinhos de Batismo, muito além dos compromissos sociais e familiares

Recordo com alegria e gratidão a época em que eu era pároco. Houve momentos muito gratificantes e até emotivos. Quando eu conversava com os pais que iam pedir o Batismo para seu filho recém-nascido, via neles a emoção de ser pais e, às vezes, não encontravam sequer palavras para exprimir o que sentiam.
 
Sempre busquei que a acolhida fosse o mais cálida possível, pois este é um momento especial para a família. Além e parabenizá-los, eu lhes apresentava o programa de preparação que a paróquia tinha para os pais e padrinhos, já que o Batismo é um momento decisivo na vida dos filhos. Quase todos aceitavam a proposta e resolviam as dificuldades de horário que às vezes surgem para participar dos encontros.
 
Mas também havia gente que não entendia a necessidade de uma preparação dos pais, e muito menos dos padrinhos. Às vezes, escolhiam padrinhos que não tinham recebido a Crisma ou não tinham a indispensável experiência de fé para desempenhar a missão que a Igreja confia a um padrinho de Batismo; então, era necessário muito esforço para que entendessem.
 
Quando os padres e catequistas me falam das dificuldades que encontram na pastoral pré-batismal, eu entendo perfeitamente. Com estas palavras, quero incentivá-los a continuar cuidando desses momentos de evangelização que realizam por meio das catequeses de preparação para este e outros sacramentos.
 
É preciso levar em consideração os critérios e orientações que a Igreja oferece para receber os sacramentos e, de maneira particular, compreender o que significa ser padrinho de Batismo. Os pais garantem solenemente, na celebração batismal, sua decisão de transmitir a fé aos seus filhos, e de fazer isso com a ajuda dos padrinhos.
 
Pais e padrinhos precisam dar exemplo de vida cristã àquele que será batizado, dentro de casa e participando na vida da Igreja – sobretudo da Missa dominical. Para isso, a paróquia oferece esse meio de formação, as catequeses pré-batismais, e recorda aos pais que é preciso escolher padrinhos idôneos, tanto por sua maturidade humana e cristã como pela sua disposição a colaborar com eles na educação do batizado na fé.
 
Esta idoneidade dos padrinhos se concretiza em: pertencer à Igreja Católica, ter feito a Primeira Comunhão e recebido a Crisma, levar uma vida congruente com a fé e a missão que assumem e não ter se afastado da Igreja por um ato formal de apostasia.
 
Recomendo aos pais que notifiquem a paróquia sobre sua intenção de batizar seus filhos com antecedência suficiente para que possam se organizar e participar das catequeses pré-batismais. Seria belíssimo e os ajudaria muito a viver o nascimento do filho como um dom de Deus, se participassem destas catequeses antes de o filho nascer, durante a gestação.
 
Tenho certeza de que os sacerdotes continuarão acolhendo cordialmente os pais e os ajudarão a superar as situações conflituosas que às vezes surgem. E que convidem os paroquianos adultos a receber a Crisma, caso ainda não o tenham feito, pois ela completa o Batismo e proporciona o dom do Espírito Santo para crescer na vida cristã.
 
(Artigo de Dom Alfonso Milián Sorribas, publicado originalmente por SIC)
Boletim
Receba Aleteia todo dia
São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.