Aleteia
Sábado 24 Outubro |
São Maglório
Estilo de vida

Eu decidi levar a gravidez adiante

© Phil Jones/SHUTTERSTOCK

Aleteia Vaticano - publicado em 05/05/14

Confidências de uma mãe diante do diagnóstico de má-formação congênita da filha

Ela diante de mim, com um olhar cheio de dor, mas firme: “Eu decidi tê-la”.

Não tenho palavras, uma coisa assim não se pode dizer com a carne. Agora, o abraço. Decidiu tê-la, depois de dias de tormento, de perguntas e de lágrimas, compartilhados com seu esposo, com os pais, com os amigos.

Agora compartilhado também comigo, que acreditava apenas conhecê-la.

Anna espera seu segundo filho, uma menina, que é doente. Uma má-formação congênita, Trissomia 18, doença rara que deixa poucas esperanças de sobrevivência.

A notícia caiu como um raio sobre a pequena família deles, junto à necessidade de decidir se enfrentar os longos meses de espera pelo parto, na perspectiva de um percurso doloroso, ou interromper a gravidez, como muitos lhe sugeriram, repetindo os argumentos de sempre: "Mas por que você deveria sofrer ainda por tanto tempo assim?", "E se levar até o fim, depois também o parto, para quê?", "Não terá futuro, e se tiver, não será um futuro normal!", "Não é apenas para o seu bem, é também para o dela, é uma questão de bom senso" etc.

A mãe suspira:

"Sabe, acho que foi o próprio apelo ao bom senso que me incomodou mais. É possível decidir uma coisa assim com base no bom senso? Agora, o Franco e eu somos considerados como pessoas sem bom senso porque queremos manter a gravidez? Não, eu acredito que são eles que não compreendem, com toda a lógica deles."

Um momento de silêncio, depois continua:

"Se agora decido que não a quero, porque não é perfeita, como poderei contar ao seu irmão, quando for maior, que nós o recebemos como um dom, que sabíamos que o teríamos amado por si só, do jeito que ele fosse, e que o amaremos sempre da mesma maneira?"

(Artigo de Assunta Steccanello, publicado originalmente por Vino Nuovo)

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
AbortoGravidezMaternidade
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
SAINT MICHAEL
Philip Kosloski
Oração a São Miguel por proteção contra inimi...
Rosário
Philip Kosloski
Benefícios do Rosário: 3 virtudes que aprende...
Papa Pedro João Paulo II Bento XVI Francisco
Reportagem local
Pedro, João Paulo, Bento e Francisco: 4 Papas...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia