Aleteia
Sexta-feira 23 Outubro |
São Paulo Tong Viet Buong
Atualidade

Japão, a Terra do Sol Poente?

Chikache

Steven W. Mosher - publicado em 15/06/14

Bispos japoneses relatam que os católicos de um Japão em vias de extinção são indiferentes aos ensinamentos da Igreja sobre casamento e família

É um estranho paradoxo.

O Japão tem uma das economias mais fortes do mundo. O povo japonês se alimenta e se educa melhor do que nunca. A renda per capita nunca foi tão alta e a expectativa de vida nunca foi tão longa. Ao mesmo tempo, no entanto, as taxas de natalidade caíram para níveis anêmicos e a população envelhece mais a cada ano. Mesmo “The Economist”, que não é dado a hipérboles, escreve que "o Japão está envelhecendo mais rápido que qualquer outro país na história".

As mulheres japonesas têm atualmente a média de 1,39 filhos, bem abaixo dos 2,1 que os demógrafos consideram como o número necessário para manter a população estável. Acontece que faz 50 anos que a taxa de natalidade japonesa está abaixo dessa média.

O Japão já tem a população mais velha do mundo e, com relativamente poucos imigrantes, não parece haver nenhuma forma de o país fugir deste iminente democídio. Os idosos vão morrer e, nos anos vindouros, haverá menos pessoas e muito menos trabalhadores nas ilhas nipônicas. Não é exagero dizer que os japoneses desaparecerão da face da Terra em poucas gerações se algo não for feito logo.

Seria de se esperar que os católicos japoneses fossem uma exceção a esse quadro sombrio. Afinal, em seu casamento, eles prometem viver abertos à vida; seu livro sagrado, a Bíblia, se refere às crianças como bênçãos; e a pessoa de ninguém menos que o papa os encoraja a ser fecundos.

Mas os bispos japoneses relatam que não é assim que as coisas acontecem na prática.

Em resposta ao questionário que o Vaticano enviou aos episcopados de todos os países com perguntas sobre a família, os bispos do Japão observam que a concepção cristã do casamento baseado na lei natural "não é geralmente entendida nem aceita" no país.

Um dos motivos deste panorama é que 76% dos católicos japoneses casados têm um cônjuge não católico. Ao contrário dos casamentos mistos em outros países, o cônjuge não católico no Japão tende a não se batizar e a ter pouca compreensão ou apreço pela visão cristã do mundo no tocante à vida e à família.

Além disso, a sociedade japonesa é agressivamente laica: tanto o aborto quanto a contracepção são vigorosamente promovidos em aulas de educação sexual nas escolas. Os bispos admitem que o rebanho é "mais influenciado por normas sociais" do que pelos ensinamentos da Igreja, "especialmente quanto ao controle da natalidade".

O relatório não diz quantos filhos o casal católico tem em média no Japão. Mas a minha impressão, com base em discussões anteriores com bispos japoneses e com padres missionários, é que os católicos do país, especialmente nos casamentos mistos, têm o mesmo número de filhos que a sociedade japonesa em geral.

Apesar dos séculos de esforços de dedicados missionários, desde São Francisco Xavier no século XVI até hoje, só existem cerca de 440 mil católicos japoneses, o que representa cerca de 0,33% da população. O Japão como um todo tem sido notoriamente resistente à conversão e, como os bispos observam, "as oportunidades de influenciar a sociedade com os valores e ensinamentos do Evangelho são profundamente limitadas".

Se existe esperança, ela está na população de imigrantes, muitos dos quais provêm de países católicos como as Filipinas e o Brasil. Missas em inglês são hoje relativamente comuns nas grandes cidades, pensando-se especialmente nas centenas de milhares desses imigrantes, que também tendem a ser mais formados na fé e mais fervorosos na sua prática do que os católicos locais.

Os esforços cada vez mais frenéticos do governo para aumentar a taxa de natalidade oferecem outra possibilidade. Os líderes e os leigos da Igreja poderiam combinar os seus esforços com os do governo para encorajar os jovens casais a serem mais abertos a ter filhos, já que duas das perguntas da pesquisa vaticana foram justamente estas: “Como promover uma atitude mais aberta aos filhos?” e “Como promover o aumento dos nascimentos?”.

Os bispos japoneses, liderados pelo arcebispo Peter Takeo Okada, de Tóquio, responderam: "Para melhorar a situação atual, a Igreja deve trabalhar de várias maneiras com o governo e com as organizações cívicas. Além disso, a preparação para o matrimônio deve incluir o planejamento familiar e o entendimento de que ter e educar filhos faz parte do casamento".

Espera-se que os bons bispos consigam fazer o seu povo entender que os esforços da Igreja são essenciais para a sobrevivência do Japão –e que, ao falarem de "planejamento familiar", eles querem dizer planejamento familiar natural, é claro.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
Cristianismo
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
nuvens sinais
Reportagem local
Estão sendo fotografados "sinais do céu"?
Extremistas queimam igrejas no Chile
Francisco Vêneto
Por que queimam igrejas: Dom Henrique e Pe. J...
Rosário
Philip Kosloski
Benefícios do Rosário: 3 virtudes que aprende...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia