Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Segunda-feira 23 Novembro |
Santo Anfilóquio
home iconAtualidade
line break icon

Francisco convida funcionário do Vaticano para viajar com ele à Coreia

Ary Waldir Ramos Díaz - publicado em 11/08/14

“Acho que o Papa quer estar perto de mim e da minha família neste momento tão triste”, conta Giovanni Albertini, que acabou de ficar viúvo

Giovanni Albertini, de 50 anos, é um funcionário administrativo na central telefônica do Vaticano há 25 anos. Ele é pai de duas crianças e ficou viúvo há 4 meses. “Meus filhos me disseram que ficariam muito contentes se eu aceitasse viajar com o PapaFrancisco à Coreia do Sul”, comentou, em uma conversa com a Aleteia.

O assessor da sala de imprensa do Vaticano não revelou detalhes de quem era a pessoa escolhida e os motivos pelos quais viajaria com o Papa. Na coletiva de imprensa sobre a visita de Francisco à Coreia do Sul, o Pe. Federico Lombardi comentou apenas que este é um gesto simbólico do Papa para manifestar seu apreço e envolver a comunidade de funcionários da Cidade do Vaticano nesta experiência.

Albertini contou à Aleteia alguns detalhes deste acontecimento único na história das viagens internacionais de um pontífice.

Como você recebeu o convite a viajar com o Papa Francisco à Coreia do Sul?

Inicialmente, o secretário-geral (o cardeal Pietro Parolin) me comunicou que existia esta possibilidade. Ele me perguntou se eu poderia viajar com o PapaFrancisco em meados do mês de agosto. Naturalmente, foi uma honra.

Depois, falei com a minha família. Também fui contatado pelo substituto da Secretaria de Estado (Giovanni Angelo Becciu), quem voltou a falar sobre esta possibilidade, que aceitei com muito prazer.

Quantos anos de serviço no Vaticano?

Já são 25 anos. Trabalho atualmente na parte administrativa e na programação.

Casado?

Infelizmente, minha esposa faleceu há 4 meses. Estávamos casados há 17 anos.

Ela não fumava e tinha uma vida muito saudável (a esposa de Giovanni faleceu devido a um fulminante tumor no pulmão, aos 44 anos, N. da R.).

Você tem filhos?

Sim, dois filhos pequenos, de 13 e 9 anos.

Você acha que o convite do Papa é um gesto de atenção diante da sua dor?

Acho que o PapaFrancisco quer estar perto de mim e da minha família neste momento tão triste.

Você teve a oportunidade de encontrar-se com o Papa Francisco?

Encontrei-me com o PapaFrancisco há um ano, na Missa celebrada para os funcionários em Santa Marta. Só essa vez.

Como você vai se organizar durante a viagem, com seus filhos pequenos?

É, a organização desses 6 dias de ausência não será fácil. Mas tenho a ajuda dos avós das crianças, que estarão com elas enquanto eu estiver fora.

O que seus filhos acharam do convite do Papa?

Meus filhos estão muito contentes. De fato, eles me disseram: “Pai, o senhor precisa ir! Não se preocupe conosco”. Então, eu decidi aceitar fazer esta viagem.

Como será a viagem?

Estarei com o séquito do PapaFrancisco. Portanto, ficarei atrás do Papa. Acompanharei todos os seus movimentos, que são muitos.

Como a comunidade de funcionários do Vaticano – seus colegas – recebeu a notícia da viagem?

Meus colegas estão muito contentes pela proposta que me foi feita; vários deles me disseram que fiz bem em aceitar.

Com sua experiência de tantos anos de serviço no Vaticano, você diria que este é um gesto sem precedentes?

Sim, realmente sem precedentes.

Tags:
Papa FranciscoViagem
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
FATHER PIO
Maria Paola Daud
Quando Jesus conversou sobre o fim do mundo c...
ŚWIĘTA TERESA WIELKA
Philip Kosloski
Oração de Santa Teresa de Ávila para acalmar ...
IOTA
Lucía Chamat
Imagem da Virgem resiste a furacão que devast...
EL TOCUY
Aleteia Brasil
Pe. Gabriel Vila Verde: há muita diferença en...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Aleteia Brasil
Atenção: versão falsa e satânica da Medalha M...
POPE AUDIENCE
Reportagem local
A oração de cura que pode ser dita várias vez...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia