Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Segunda-feira 01 Março |
São Félix III (II)
home iconAtualidade
line break icon

Forças iraquianas rompem o cerco à principal refinaria do país

<p>(Arquivo) A principal refinaria do Iraque, a 10 km da cidade de Baiji, em foto de 2003</p>

Agências de Notícias - publicado em 16/11/14

Uma coalizão liderada pelos Estados Unidos realiza ataques aéreos contra o EI na Síria e no Iraque

As forças iraquianas romperam neste sábado o cerco à principal refinaria de petróleo do país, cercada há meses pelos jihadistas do grupo Estado Islâmico (EI), anunciou o governo.

A expulsão dos combatentes do EI desta refinaria, situada ao norte do Iraque, representa mais um triunfo para Bagdá, um dia depois da retomada da cidade de Baiji pelas tropas iraquianas.

"As forças iraquianas alcançaram a entrada da refinaria, que fica 12 quilômetros ao norte da recuperada cidade de Baiji", declarou à AFP o governador da província de Saladino, Rad al-Juburi.

Três oficiais confirmaram que as forças iraquianas chegaram à refinaria, que no passado chegou a produzir 300.000 barris de petróleo por dia e abastecia 50% da demanda local.

Baiji é a maior cidade reconquistada pelas tropas governamentais desde que o EI iniciou uma ofensiva, em junho, nas áreas sunitas do Iraque, conquistando amplas faixas de território.

A reconquista desta cidade estratégica, que fica ao norte de Bagdá e na principal estrada que leva a Mossul, localidade mais ao norte e ainda sob controle dos extremistas, pode representar um novo impulso aos soldados iraquianos em sua tentativa de inverter a tendência antes os jihadistas.

Desde junho, o EI tomou a iniciativa na maioria das vezes, diante de tropas governamentais que não conseguiam conter o avanço dos jihadistas.

O fato do governo e do Curdistão iraquiano terem anunciado um acordo preliminar para acabar com um longo conflito sobre o petróleo desta região autônoma também permite prever uma coordenação maior na luta contra o EI.

A operação para retomar Baiji começou há quatro semanas. Após superar as bombas deixadas pelos jihadistas no meio do caminho, as tropas do governo e os milicianos leais a Bagdá conseguiram entra na localidade em 31 de outubro.

Nova fase

O comandante do Estado-Maior Conjunto dos Estados Unidos, general Martin Dempsey, desembarcou neste sábado em Bagdá para discutir as próximas etapas da ofensiva contra o Estado Islâmico.

Uma coalizão liderada pelos Estados Unidos realiza ataques aéreos contra o EI na Síria e no Iraque. Washington anunciou um plano para aumentar o número de conselheiros militares no Iraque 3.100.

Dempsey viajou para debater com autoridades políticas e da área de segurança a nova fase da campanha para derrotar o EI, afirmou Brett McGurk, adjunto do comandante da coalizão internacional, o general da reserva John Allen.

Washington e outros governos prometeram enviar conselheiros para ajudar as tropas iraquianas.

O governo americano descartou o envio de tropas de combate ao Iraque, mas Dempsey afirmou na quinta-feira que existe o plano para enviar os conselheiros ao encontro das tropas iraquianas.

Enquanto as forças governamentais, os peshmergas curdos e a milícias xiitas lutam contra o EI em várias frentes de batalha, os atentados não dão trégua em Bagdá. Pelo menos 17 pessoas morreram neste sábado em explosões na capital.

Tags:
Mundo
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
KOMUNIA NA RĘKĘ
Claudio de Castro
Padre chora copiosamente diante da falta de respeito com a Eucari...
2
PRAYER
Desde la Fe
Coisas que você não deve fazer na Missa e talvez não saiba
3
RECONSTRUCTED CHRIST
Lucandrea Massaro
Assim era Jesus: o misterioso Homem do Sudário, reconstruído em 3...
4
HOLY FAMILY
Philip Kosloski
A antiga oração a São José que é “conhecida por nunca ter falhado...
5
MEXICO
Pablo Cesio
México: homem chega à própria missa de corpo presente
6
missionárias mártires iêmen
Reportagem local
A corajosa última oração destas 4 freiras antes de serem mortas p...
7
PRAY YOUNG
Arquidiocese de São Paulo
Rezar o terço sem contemplar os mistérios é válido?
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia