Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quinta-feira 21 Outubro |
São Bertoldo de Parma 
Aleteia logo
home iconPara Ela
line break icon

Quando vou encontrar o homem ideal?

© Antoine K / Flickr / CC

Impaciente en el banco

La Opción V - publicado em 12/12/14

O que fazer enquanto se espera pelo príncipe encantado

Suas certezas podem ser muitas: sua vocação é o casamento; você nasceu para estar felizmente casada; seu caminho rumo à santidade está destinado a ser uma pessoa especial; há uma pessoa que, por suas qualidades, virtudes e defeitos, a ajudará a chegar ao céu.

Mas é fácil deixar-se levar pela impaciência e desesperança ao não encontrar essa pessoa, ao não ver aquele que lhe prometerá o amor verdadeiro diante de Deus, ao não conhecer o homem a quem você dirá um firme e rotundo “sim”, com a segurança de que ele lhe corresponderá da mesma maneira.

Quantas vezes? Se começarmos a contar, provavelmente acabaremos envergonhando-nos da nossa grande falta de confiança em Deus.

Se é Ele quem nos conhece em totalidade, se sabe dos nossos pensamentos e sentimentos, nossos sonhos e anseios, se é Ele quem deseja e se preocupa, inclusive mais do que nós, por que sejamos eternamente felizes e vivamos a alegria e paz plenas em nossos corações, é também Ele quem sabe o que nos dará toda essa felicidade e o que nos fará realizar nossos sonhos.

Ninguém melhor que Ele tem a resposta a tudo o que, do mais profundo do nosso ser, buscamos.

Se isso é assim, se verdadeiramente acreditamos nisso, porque sabemos que Ele é o Amor, que viemos do amor e estamos destinados ao amor, e que tudo o que buscamos poderemos encontrar nele, como duvidar do seu plano?

É verdade que, neste mundo, é muito difícil acreditar que ainda existem pessoas dispostas a amar de verdade, a valorizar, respeitar, buscar o bem etc. Mas também é verdade que nós somos parte deste mundo e que, portanto, nossas próprias decisões têm repercussões nele.

Tudo o que fazemos nos afeta, e não só a nós, mas também os outros, os que nos rodeiam, até mesmo a natureza. Sendo assim, depende muito de nós que este conceito do mundo mude. Para isso é preciso começar mudando a nós mesmos.

Não se trata de refugiar-se no “porque todos são assim, eu sou assim” ou “como ninguém está disposto a amar, eu renunciarei ao meu desejo de ser amada”. Se todos tivessem esta mentalidade, o mundo simplesmente não existiria.

No entanto, não é assim. A ressurreição do Senhor Jesus deu sentido à sua crucificação. Não há glória sem cruz e, se há cruz, é porque a glória é possível. Esta é a razão pela qual, até o fim da vida, devemos lutar por amar e ser amados de verdade, porque foi Jesus quem, ao morrer por nós, nos mostrou seu infinito amor, um amor humano, um amor que todos estamos chamados a viver.

Então, se sabemos que nossa vocação é o casamento, que nascemos para um dia nos casar, com certeza, em algum lugar, perto ou longe, já existe nosso futuro esposo.

Essa pessoa, que Deus pensou para você, vive. Como não esperá-la? Como perder a esperança de encontrá-la? Como renunciar a conhecer aquele que a ajudará a chegar ao céu, a ver o rosto de Deus?

O que fazer, então, enquanto esperamos? O melhor caminho é trabalhar em nós mesmos, fortalecer nossas virtudes, diminuir nossos defeitos e preocupar-nos em ser a pessoa ideal para aquele que estará disposto a nos amar!

Todos nós precisamos crescer como pessoas, em amor e em virtudes. Precisamos nos fortalecer com o amor de Deus, curar nossas feridas, perdoar e pedir perdão, para que, no dia em que Ele colocar no nosso caminho a pessoa indicada e pensada para nós, sejamos capazes de dar-lhe o melhor de nós mesmos, amando sem resíduos das nossas feridas, com autenticidade, sem egoísmos, de maneira incondicional e total.

Assim, quando somos pessoas virtuosas, que respeitam e exigem respeito, que amam e buscam ser amadas, que valorizam e pedem que as valorizem, aqueles que estiverem dispostos a entrar em nossas vidas serão aqueles que respeitam, amam e valorizam, porque os que não o fazem simplesmente nem se aproximarão.

Dessa maneira, a pessoa que Deus pensou para nós chegará mais rápido à nossa vida, ajudaremos o plano divino a se realizar, colaboraremos com o Senhor para que sua vontade seja feita.

No entanto, se estamos cobertos pelo pecado, se não nos preocupamos por amar, se não colocamos meios concretos para ser pessoas melhores, se usamos e nos deixamos usar, só estaremos cercados disso e não conheceremos mais.

Nossa vida, assim, poderá ficar muito limitada, deixando-nos cegos diante da verdade, e isso nos desviará do caminho que nos leva à eterna felicidade, pela qual ansiamos e continuaremos desejando até o final das nossas vidas.

Pense nisso!

(Via Opción V)

Tags:
Casamento
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
VENEZUELA
Ramón Antonio Pérez
Quando a vida surge do abuso atroz a uma jovem deficiente
2
Pe. Zezinho
Reportagem local
Pe. Zezinho faz alerta sobre orações de cura e libertação
3
COMMUNION
Philip Kosloski
Oração ao seu anjo da guarda antes de receber a comunhão
4
Carlo Acutis
Gelsomino Del Guercio
“Ele fechou os olhos sorrindo”: foi assim que Carlo Acutis morreu
5
Reportagem local
A bela lição que este menino deu a todos ao se aproximar do Papa
6
São José
Francisco Vêneto
Padre irmão de piloto de avião partido em dois: “São José tem mui...
7
Aleteia Brasil
O segredo da cidade bósnia onde jamais houve um divórcio
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia