Aleteia logoAleteia logoAleteia
Domingo 02 Outubro |
Santos Anjos da Guarda          
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Boko Haram ameaça devastar o nordeste da Nigéria

WEB-AP281903709017 – pt

AP Photo/Sunday Alamba

Aleteia Brasil - publicado em 31/01/15

Bispo pede intervenção internacional

Dom Oliver Dashe Doeme, bispo de Maiduguri, capital do Estado nigeriano de Borno, declarou à agência Fides que "o Boko Haram tentou se infiltrar em Maiduguri em duas ocasiões neste final da semana. A primeira vez foi na sexta-feira, dia 23, e a outra no domingo, dia 25 de janeiro".

É interessante notar que os militantes do Boko Haram tentaram se infiltrar na área depois de já terem tomado o controle de outras cidades na porção nordeste do país. O Estado de Borno se localiza na região norte da Nigéria.

Dom Doeme continuou: "Os militantes do Boko Haram foram barrados e repelidos pelo exército e pelas milícias civis, que estão encarregados de defender a cidade. Já aconteceram combates extremamente intensos por lá. O Boko Haram perdeu um bom número de homens. No momento, a situação parece ter se acalmado em Maiduguri". O bispo confirmou que está fazendo uma visita pastoral a Damaturu, capital do estado de Yobe, também situado no território da sua diocese. Seus assessores, no entanto, ficaram em Maiduguri para monitorar a situação.

"Estamos passando por uma época muito precária e difícil", continuou o bispo. "Corremos o risco de que o Boko Haram devaste completamente o nordeste antes do final das eleições, a menos que aconteça uma intervenção de forças estrangeiras".

As eleições a que ele se refere são as presidenciais, previstas para meados de fevereiro. Operações militares em coordenação com os países vizinhos estão sendo lançadas contra o Boko Haram depois das últimas incursões dos extremistas nigerianos em Camarões e da tomada de uma base de forças internacionais em Baga, às margens do Lago Chade. "A situação é muito complicada e as primeiras vítimas são sempre civis inocentes", observa o bispo de Maiduguri.

Em nota, ele também afirmou que há "sabotadores" e colaboradores do Boko Haram dentro do exército nigeriano, que preferem o grupo terrorista por razões políticas.

Tags:
ÁfricaMundoTerrorismo
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia